Revista Colaborativa Rio Claro Online Contato WhatsApp: +55 19 9 9801.7240 | 3597.0881 contato@rioclaroonline.com.br

Autor: Redação Rio Claro Online

equinocio
18 de setembro de 2019

Nota de Esclarecimento – FESTIVAL ROCK DO EQUINÓCIO – EDIÇÃO XIX – Rio Claro/SP – Ano de 2019


A Prefeitura de Rio Claro/SP através do Diretor da Secretaria de Esportes e Turismo Talcidio do Carmo Luciano informa para a organização do Equinócio – Edição XIX:

“Rio Claro, 29 de Agosto de 2019.

O local solicitado – ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE RIO CLARO/SP – Ano de 2019 – será deferido após a liberação dos respectivos alvarás.

Teremos 2 barracas disponíveis para a utilização nesta data.

Não temos o som para atender o rider técnico solicitado para bandas ao vivo.

Com respeito a iluminação, banheiros químicos, luzes para bandas e cartazes, não temos como atender.”

 

 

equinocio

A Organização do Equinócio registra que teve acesso ao processo no Atende Fácil com o retorno da resposta do Diretor apenas na data 16/09/2019.

 

Em nota pública para quem possa servir, a Organização do Equinócio XIX se posiciona e afirma que está aguardando apenas a obtenção do Alvará do local em mãos e da formalização dos protocolos/processos que se encontram ainda em abertos desde o começo do ano na data supra de 29 de janeiro de 2019, referente ao Evento e ao Alvará do local público solicitado.

 

A Organização informa ainda que não foi solicitado nenhum som e iluminação embasado em rider técnico com banda ao vivo, somente foi solicitado som e iluminação existente atualmente da Prefeitura de Rio Claro/SP, formalização e pedido foram necessários uma vez que o Evento está no calendário municipal da cidade e é de caráter filantrópico.

 

Aguardando providências para a tomada de decisões, a organização do Evento, que já está as vésperas de sua realização, que demanda tempo, planejamento e ações estratégicas junto a promoção dos artistas/bandas e a situação da cultura local rioclarense, se coloca á disposição para continuar somando forças com a população e com o município de Rio Claro/SP e aguarda assim os últimos processos e trâmites da Administração Municipal para iniciar o desenvolvimento da divulgação.

 

A data do Evento está agendada para 19 de Outubro de 2019 na Estação Ferroviária de Rio Claro/SP, a partir das 13:00 horas. Para maiores informações entre em contato com a nossa Assessoria de Imprensa e Comunicação.

 

Organização Equinócio
contato@rioclaroonline.com.br
contato@nautiluspublicidade.com.br
ou pelo Whatsapp: (19) 99801.7240

Participe! 


conselho-saude-rioclaro-sp
18 de setembro de 2019

Conselho Municipal de Saúde de Rio Claro/SP – Ata do Mês de Agosto/2019 – 20.08


Aos vinte dias do mês de agosto de dois mil e dezenove, deu-se inicio a reunião ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Rio Claro, às 19h00 na sala de reuniões da Fundação Municipal de Saúde, Rua 06, 2572 entre avenidas 30 e 32 – Centro.

 

Estiveram presentes na reunião, os seguintes conselheiros: Aretuza Maria Ferreira Nagata, Maria Helena Betanho Romualdo, Hilda de Lourdes Uhlmann, Agnaldo Luís Biscaro, Carmelita Brescansin e Leila Duckur Pizzotti, representando Associação de Moradores e Movimento Popular; José Domingos de Almeida, representando os Conselhos Gestores Locais; Maria Clélia Bauer e Amanda da Silva Servidoni, representando a Fundação Municipal de Saúde; Eduardo Kokubun, representando Entidade Formadora de Ensino Superior; Maria Valéria Di Donato e Diego Reis, representando Outras Secretarias ou órgãos da Prefeitura; Milena Di Grazia Zanfelice e Marta Teresa Gueldini Linardi Bianchi, representando os Trabalhadores da Fundação Municipal de Saúde; e Dr. Álvaro Salvio Bastos Camarinha, representando Sindicatos e ou Conselho de Profissionais.

 

Justificou ausência: Selma Varzeloni Beccaro, representando os Conselhos Gestores Locais; Eliana Cristina Vaz da Silva, representando portadores de patologia; Ariane Cristina Arruda Zamariola, representando Prestadores Privados contratados ou conveniados do SUS; Nádia Maria Augusta de Oliveira Joaquim, Guiomar do Amaral Ribeiro de Souza e Sonia Conceição Devidé Minucci, representando os trabalhadores da Fundação Municipal de Saúde; e Talita Camargo Claro Pedroso, representando Sindicato e ou Conselho de Profissionais.

 

Estiveram presentes ainda, Karla Pereira, secretária executiva do CMS; Viviane Reginatto e Paula Abreu Kannebley.

 

Assuntos de pauta: I – Assuntos Gerais; II – Expediente: 1. Aprovação da ata de 16 de Julho de 2019; III – Ordem do Dia: 1. Lei Orçamentária Anual – 2020; 2. Comparativo preço de imóveis; 3. Aprovação emendas 2019; 4. Formação da comissão para processo eleitoral 2020-2021.

 

O presidente, Sr. José Domingos saúda a todos e passa a discutir a pauta do dia.

 

 

I – 1.  Karla informa que recebemos um boletim de 05/08 da GVE sobre a falta de vacina BCG em toda regional. Informa que contatou a Vigilância Epidemiológica consultando se regularizou a distribuição e informaram que o município tem recebido, porém não suficiente e à medida que chegam as doses, os profissionais entram em contato com os usuários que aguardam.

 

A Sr.ª Maria Clélia informa que o Ministério da Saúde suspendeu a vacina pentavalente. A Sr.ª Maria Helena questionou se está disponível a vacina contra sarampo, sendo esclarecido que sim, a orientação é que a vacinação inicie com um ano de idade e posteriormente as atualizações. Para as pessoas com a idade superior a 59 anos não é recomendado à vacinação.

 

Karla informa que recebemos o convite para a XIII – SIPAT “Reportar incidentes é prevenir acidentes” de 27 a 29 de agosto de 2019. Informou ainda, que recebemos os requerimentos nº 1986/2019, nº 2089/2019, nº 1011/2019, nº 2090/2019 e nº 2303/2019 e realizou a leitura dos mesmos que solicitavam cópia das atas e também questionamentos técnicos sobre a reorganização da saúde mental. Com relação aos questionamentos técnicos, os mesmos devem ser feitos para Fundação Municipal de Saúde. Recebemos ainda, o requerimento nº 2127/2019 que solicita dados do PMAQ, bem como, a cópia das atas deste Conselho de Janeiro até a presente data, com a assinatura de cada conselheiro e segmento que representam.

 

A Sr.ª Maria Helena salienta que o Conselho já decidiu em reuniões anteriores que não ficaria respondendo requerimentos e que essa decisão deveria ser enviada para os vereadores.

 

O Sr. José Domingos ressalta que os momentos para os esclarecimentos são: Conferências, prestações de contas, porém os vereadores não aparecem.

 

O Sr. Eduardo questiona se é competência do Conselho responder, pois os vereadores são eleitos e pagos, já os conselheiros são eleitos também, mas não recebem, trabalham voluntariamente e tem como papel estabelecer diretrizes e acompanhar as propostas do corpo técnico da Fundação.

 

Nesse sentido, propõe que o ofício seja respondido, convidando os vereadores a estarem na próxima reunião e pautarem as duvidas, sendo aprovado por todos.

 

A Sr.ª Leila menciona o caso de suicídio envolvendo o Sr. L.M. Informa que houve atendimento, mas não conseguiram salvá-lo e reforça a importância de divulgar e conscientizar com ações durante o “setembro amarelo” solicitando mais participação na campanha e se colocando a disposição para contribuir.

 

A Sr.ª Maria Clélia informa que houve uma tentativa de suicídio de uma criança de 10 anos, porem conseguiram socorrê-la a tempo e encaminharam para acolhimento no CAPS. É possível identificar uma precarização das relações e os números de suicídios vêm aumentando, principalmente nos jovens e cita que a intoxicação exógena vem aparecendo como a 2ª causa de óbito.

 

A Sr.ª Leila solicita uma resposta referente o Sr. R.F.L que está com pedra na uretra, com cateter, aguardando por cirurgia, afastado pelo INSS e a família está desesperada. A Sr.ª Valéria irá verificar o caso e dará um retorno para a conselheira.

 

A Sr.ª Maria Helena informou que o Abrigo da Velhice São Vicente de Paulo tem farmácia que anteriormente tinha parceria com o Lions e recebiam doações, porém o Lions fechou e agora recebem somente doações de munícipes. As doações são de remédios que muitos compram e acabam não usando a cartela toda. Informa que a média mensal é de 2.000 a 2.300 atendimentos. Foi divulgado anteriormente que aceitavam doações de medicamentos e embalagens, porém é somente dos medicamentos.

 

O Sr. Álvaro sugere que entre em contato com a Associação de médicos pedindo doações de amostra grátis.

 

A Sr.ª Aretuza questiona casos na UPA Cervezão que estão aguardando por leito na Santa Casa.

 

A Sr.ª Maria Clélia cita os exemplos do pé diabético, que são usuários que devem aderir o tratamento na Atenção básica, pois quando chega nessa etapa é por não aderir o tratamento e acompanhar, pois as insulinas são oferecidas na rede, exceto duas que são fornecidas pelo Alto Custo. Com relação a regulação, é um ato médico, que analisa as prioridades. O município está buscando parcerias com hospitais particulares para cirurgias eletivas, porém ressalta que existe o grupo de feridas, tanto na atenção básica, como no AME e o grupo acolhe o usuário para o cuidado.

 

Citou o atendimento realizado a uma senhora, que não tinha passado por atendimento com endocrinologista e vascular. Salienta que as UPAS e PSMI tem a mesma quantidade de leitos que a Santa Casa oferece e a discussão não é falta de leito e sim a falta de leito qualificado. Teve recentemente reunião com o Hospital Regional que está cedendo vagas e as famílias não aceitam por ser em outro município. Observa que na UPA o paciente está sendo assistido e no caso de judicialização é preciso observar que muitos ficam estimulando para que isso aconteça, mas se todos judicializarem como ficará. Sobre as especialidades, quando necessário o mesmo é chamado para avaliar o caso. Sobre o Hospital Regional informa que são 20 leitos UTI, 10 SEMI e ainda oferta leitos de retaguarda.

 

O Sr. Álvaro elogia o trabalho do grupo de ferida e a Sr.ª Maria Clélia reforça que toda Atenção Básica está preparada para receber e acolher o usuário.

 

O Sr. José Domingos reforça que na Atenção Básica tem o grupo hiperdia, que o atendimento e acompanhamento é qualificado e o que falta é a adesão dos usuários.

 

A Sr.ª Paula Kannebley e Milena Di Grazia apresentam rapidamente o relatório da participação na 16ª Conferência Nacional, que aconteceu em Brasília de 04 a 07 de Agosto. Foram 5.457 participantes credenciados discutindo diretrizes para o Plano Plurianual. Informa que houve um ato unificado – Saúde, democracia e direitos sociais para todos, com a participação dos ex-ministros e salienta que são espaços de muito aprendizado e troca de experiência.

 

A Sr.ª Milena agradece a oportunidade de representar o município e aprender ainda mais sobre o SUS.

 

II – 1. Karla informa que recebemos um ofício esclarecendo que a Lei Orçamentária Anual estava em processo de finalização e para tanto, será apresentada posteriormente em reunião extraordinária.

 

2. A Sr.ª Amanda apresenta o cronograma de Desembolso referente aos alugueis do CRIARI, CAPSij e CEO Infantil, totalizando R$ 14.227,41. Na oportunidade, a Sr.ª Maria Clélia reforça que foi feito o convite aos conselheiros, para conhecerem os espaços atuais, bem como, o novo prédio.

 

O Sr. José Domingos informa que já conhecia os prédios e esteve visitando o espaço novo. O Sr. Álvaro questiona quais outros serviços que utilizam prédios alugados e qual o custo anual e sugere a utilização do espaço da Ferrovia (Rua 1) para abrigar alguns serviços, sendo necessário mão de obra da Prefeitura para reforma.

 

A Sr.ª Valeria ressalta que está levando em consideração espaço adequado para atender os serviços e que se registre que o prédio ainda não foi alugado, pois o mesmo não concluiu as obras, portanto não pode passar por processo de locação. Karla ressalta que a visita foi aberta a todos conselheiros, mas não houve interesse em participar.

 

A Sr.ª Maria Clélia fala sobre o espaço, que poderá ter a área de acolhimento, classificação de risco, sala de estabilização, que hoje não acontecem nas Unidades mencionadas.

 

A Sr.ª Maria Helena informa que percebeu nas reuniões anteriores uma angustia de “misturar” as crianças, porém na visita não foi visto nada diferente, e sim crianças brincando, ambientes adaptados para crianças e percebeu que a equipe oferece o melhor para o atendimento e ao conhecer os espaços e atendimento, ficou triste, pois não havia nada de diferente que impedisse as crianças de conviverem e destaca que como mãe se sentiria chateada caso tivesse um filho sendo atendido pelos serviços. Informa que o CEO é um espaço todo adaptado e se preocupou com o telhado, sujeiras de pombo próximo a uma sala que estava em atendimento. Ressalta que o novo prédio é amplo, são 40 salas, que tem condições de acolher os três serviços.

 

A Sr.ª Viviane informa que gostou bastante das ultimas reuniões do Conselho, por considerar que desenvolve seu papel e por isso está presente, e informa que sua preocupação nunca foi o prédio em sim, pois isso cabe à administração, mas o atendimento do CRIARI e como será acolhido na nova modalidade, pois são crianças com sofrimento leve e isso causa preocupação.

 

Karla informa que a Sr.ª Cristiane contatou para a reunião com a comissão de políticas publicas e agendarão a reunião para apresentação do Projeto, na primeira semana de Setembro e o projeto será apresentado na próxima reunião ordinária.

 

3. A Sr.ª Amanda apresenta as emendas que já foram protocoladas, porém não estão disponíveis ainda. Total de emendas de recurso Federal: R$ 3.709.971,00 e mais recentemente conseguiram R$ 500.000,00 que serão utilizados para aquisição de equipamentos, custeio de santa casa, reforma da UBS 29 e UPA 29.

 

Total de emendas de recurso Estadual: R$ 250.000,00 Utilizados para compra de equipamentos.

 

A Sr. ª Leila questionou se seria aprovado, pois está muito vago e precisa ser detalhado, sendo esclarecido que foi erro de digitação na pauta.

 

4. Karla Informa que é necessário formar comissão para o processo eleitoral.

 

O Sr. José Domingos reforça que a vaga é sempre do segmento e que os membros da comissão não poderão se candidatar no próximo processo.

 

Serão membros da Comissão, o Sr. José Domingos e Sr.ª Aretuza.

 

5. Nada mais a ser tratado, o Presidente, Sr. José Domingos encerra a presente reunião.  Para constar, eu Karla Pereira, lavrei a presente ata que após lida e aprovada, será assinada por mim e pelos presentes.


ministerio
17 de setembro de 2019

Ministério Público obtém condenação de sete pessoas no âmbito da Operação Fumaça


Investigador e delegado estão entre os sentenciados.

 

Denunciadas pelo MPSP por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e da 1ª Promotoria de Justiça de Rio Claro no âmbito da Operação Fumaça, sete pessoas foram condenadas na última semana a penas que vão de dois a 28 anos de prisão em regime inicial fechado. Os réus foram considerados culpados pela prática de crimes como corrupção, extorsão, lavagem de dinheiro e exploração de prestígio. Entre os condenados estão um investigador de polícia e um delegado, que perderam os cargos por força da mesma decisão judicial.

 

A Operação Fumaça foi deflagrada em dezembro de 2017 com o objetivo de desarticular organização criminosa acusada de extorquir empresários com exigência do pagamento de quantias milionárias, visando a inviabilizar supostas operações do Gaeco e mandados de prisões falsos. O grupo era composto por delegado de polícia, investigador, empresários, advogados e consultores, e prometia intervir junto a autoridades públicas do sistema de Justiça Penal para resolver as pendências criminais das vítimas.

 

Na mesma sentença, foi declarada a perda, em favor da União, de bens obtidos com recursos oriundos da prática criminosa. Para um dos réus, a perda foi até o limite de R$ 100 mil. Já para outros quatro condenados, o limite estabelecido para a perda de bens e valores foi de R$ 550 mil.

 

Fonte: Núcleo de Comunicação Social.
Ministério Público do Estado de São Paulo
Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br
Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095


lgbt-rioclaro-sp
14 de setembro de 2019

Segunda Parada do Orgulho LGBT de Rio Claro/SP


13 de Outubro de 2019
Domingo a partir das 13:00 horas.
Concentração no Jardim Público – Praça Central, Avenida 1 com a Rua 3, N°945
Centro – Rio Claro/SP

 

Elenco da 2• Pride LGBT de Rio Claro:

 

APRESENTADORA OFICIAL
BRENNAH SÁTIEZ – RIO CLARO/SP

 

HINO NACIONAL E APRESENTAÇÃO
WANGORA LINS – RIO CLARO/SP

 

APRESENTAÇÕES / ARTISTAS

 

DJ LARI MORI – PIRACICABA/SP
DJ FELIPE OCTÁVIO – LIMEIRA/SP
DJ STORN – LIMEIRA/SP
DJ JH3FF – LEME/SP
DJ WESLA BRAVO – AMERICANA/SP
DJ GUSTAVO ESTEVES – PIRACICABA/SP
DJ JC HERNANDES – SÃO PAULO
NAOMI X – RIO CLARO/SP
NICK MONTERRANO – SÃO PAULO
DONATTELO SANCHEZ – CAMPINAS/SP
LORENA MADSON – CAMPINAS/SP
ALEXANDRITE MOONSUN – SUMARÉ
NALA VON ABE – ARARAS/SP
AGATHA MÜLLER – SÃO PAULO
THALITA PETROVANNI – CAMPINAS/SP
VIOLETTA SÁTIEZ – SÃO PAULO
LABELLY ASKOVITTY – PIRACICABA/SP
PINK FAIRY – ARARAS/SP
VERÔNICA DRAG – ARARAS/SP

 

Link Oficial do Evento:

https://www.facebook.com/events/400749833800007/

 

O Movimento LGBT nasceu no intuito de difundir e disseminar mais conhecimento sobre os direitos, movimentações, lutas e festas da comunidade LGBT, para que as novas e futuras gerações que ainda estão por vir, independente do que escolherem para as suas vidas, não passem o descaso e preconceito que nós passamos. A ideia da Primeira Semana LGBT é justamente interligar todas as pessoas interessadas nessa causa e unir a comunidade LGBT, oferecendo atenção, apoio e orientação.

 

A Segunda Semana e Parada do Orgulho LGBT no município de Rio Claro/SP contará com rodas de conversa, palestras, atividades socioculturais e socioeducativas, teatro, cine-debates, documentários, depoimentos e relatos da comunidade LGBT/ família/ amigos, com temas relevantes e pertinentes para a comunidade LGBT. Equipes de saúde estarão à disposição, assim como profissionais capacitados para orientações para a comunidade LGBT.

 

Rio Claro/SP é a primeira cidade do país a começar a realizar festas pré parada para arrecadar fundos independentes para a Organização da Semana e Parada do Orgulho LGBT, seguida por São Carlos e depois Piracicaba.

 

A abertura da Segunda Semana do Orgulho LGBT de Rio Claro/SP começa no dia 07 e vai até o dia 13 de Outubro de 2019, e as atividades serão realizadas nos locais:

 

Casa do João – Endereço: Rua 2, Avs. 22 e 24 N° 2174 – Centro, Rio Claro/SP.

Cia. Tempero D’Alma de Artes Cênicas – Endereço: Avenida Saburo Akamine, entre as Ruas 16 e 17, N° 376 – Jardim São Paulo, Rio Claro/SP

Escola de Samba A Casamba – Endereço: Rua 3-A, N° 1105, Bairro Vila Martins, Rio Claro/SP

 

O objetivo do projeto e manifestação é fomentar a “VISIBILIDADE AOS DIREITOS, MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS E CULTURAIS LGBT” na cidade de Rio Claro/SP.

 

O objetivo da segunda semana e parada LGBT é promover e proporcionar para a população LGBT existente no município e para a comunidade rio-clarense uma semana socioeducativa e cultural, com atividades e ações inclusivas, mobilizando a população LGBT, com intuito participativo social.

 

O Projeto visa construir uma sociedade livre, justa e solidária, garantindo assim o desenvolvimento da comunidade LGBT, erradicando a violência e a marginalização das classes menos favorecidas, reduzindo as desigualdades sociais, promovendo o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, orientação sexual e quaisquer outras formas de discriminação.

 

A juventude requer ser orientada; só assim não haverão de malograr os esforços e a inteligência dos que amanhã, por sua vez, deverão preparar as gerações que lhes sucederão.

 

O fomento do estudo em todas as suas formas, das atividades sadias, do culto ao saber, à humanidade, à família, e, muito particularmente, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, é o fundamental para que tal orientação cumpra seu grande objetivo, que é o de formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

 

As atividades oferecidas pelo projeto são gratuitas, mas dentre as de maior caráter cultural socioeducativo destacam-se as campanhas educativas e preventivas (Contra Violência e Contra LGBTfobia), e palestras de cunho social com palestrantes designados pela sociedade para abordagem dos temas LGBT. Apostando na preservação e difusão das manifestações culturais com temática LGBT que serão voltadas para toda a comunidade rioclarense e cidades próximas como Americana, Analândia, Araraquara, Araras, Campinas, Charqueada, Cordeirópolis, Corumbataí, Capivari, Indaiatuba, Ipeuna, Iracemápolis, Jundiaí, Leme, Limeira, Santa Gertrudes, Lins, Matão, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Osasco, Rio das Pedras, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Salto, Santa Bárbara D’Oeste, Sorocaba, Sumaré, São Paulo, entre outras. Participe!

 

*** PARCEIROS OFICIAIS ***

 

JOAQUINA LOUNGE
CIA TEMPERO D’ALMA DE ARTES CÊNICAS
TIA DAI PET SHOP
COLETIVO SOBREVIVER
PASTÉIS DA ANINHA
RUBI MODA FESTA
PERFIL SEGURANÇA VALLET
LR EVENTOS
CASA DO JOÃO
ESCOLA DE SAMBA A CASAMBA
REVISTA RIO CLARO ONLINE
AGÊNCIA INTERATIVA NAUTILUS PUBLICIDADE

 

*** REALIZAÇÃO ***
MOVIMENTO LGBT 

 

Venha somar forças conosco e ser resistência!

 

Para maiores informações entre em contato através dos emails da assessoria de comunicação e imprensa do Movimento LGBT:

contato@movimentolgbt.com.br
contato@rioclaroonline.com.br
contato@nautiluspublicidade.com.br
ou pelo Whatsapp: (19) 9 9801.7240

 

Participe! 

 CARTAZ INICIAL OFICIAL PARADA LGBT 2019 - RIO CLARO SP


capa-concurso-drag-queen-rioclaro-sp
14 de setembro de 2019

Segundo Concurso Drag Queen de Rio Claro/SP – Inscrições Abertas


A Cia Tempero D’Alma de Artes Cênicas em parceria com o Movimento LGBT apresenta: DRAGLICIOSAS – Programação Especial da 2ª Semana do Orgulho LGBT de Rio Claro/SP. Apresentadora Oficial: Brennah Sátiez.

 

SEGUNDO CONCURSO DE DRAG QUEEN DE RIO CLARO/SP

A Cia. Tempero D’Alma abre inscrições para todas as Drag Queens interessadas em participarem do Segundo Concurso de Drag Queen na cidade de Rio Claro/SP, com apresentações de dublagem, desfile de melhor figurino e maquiagem.

 

O Evento contará com as apresentações dos show’s dos artistas envolvidos em destaque e desfile exclusivo de moda/maquiagem Drag Queen.

 

INSCRIÇÃO:
Para participar acesse o link oficial:

www.ciatemperodalma.com.br/inscricao-concurso-drag-queen

Link Oficial dos Eventos:

https://www.facebook.com/events/420028005386826/

 

*** TRIAGEM, CLASSIFICAÇÃO E RESULTADO ***

A triagem será com os jurados nos dias 27 e 28 de Setembro e a classificação/resultado do Concurso Drag Queen será no dia 12 de Outubro de 2019, a partir das 19H na Sede da Cia. Tempero D’Alma.

Local: Av. Saburo Akamine nº 376 Jd. São Paulo.
Dúvidas entrar em contato através dos telefones: (19) 3557.5245 – Whatsapp: (19) 9 8175.2131

 

*** PREMIAÇÃO ***
1º LUGAR – R$ 300,00 + Desfile destaque no trio elétrico da Segunda Parada LGBT de Rio Claro/SP no dia 13 de Outubro de 2019 (Domingo).
2º LUGAR – R$ 200,00
3º LUGAR – R$ 150,00

 

Para @s interessad@s em assistir os dias de triagem e a final do Segundo Concurso de Drag Queen da Segunda Semana do Orgulho LGBT de Rio Claro/SP, a entrada é R$ 10,00 – Arrecadação em prol a Segunda Semana e Parada do Orgulho LGBT de Rio Claro/SP – Ano de 2019.
A Realização é do Movimento LGBT e da Cia. Tempero D’Alma de Artes Cênicas.
Patrocinadora Oficial: Loja Rubi Moda Festa

 

Para maiores informações entre em contato através dos emails da assessoria de comunicação e imprensa do Movimento LGBT:

contato@movimentolgbt.com.br
contato@rioclaroonline.com.br
contato@nautiluspublicidade.com.br ou pelo Whatsapp: (19) 9 9801.7240

 

Participe!

concurso-semana-2019-overx


pre-paradalgbt-rioclaro-sp-ano2019
14 de setembro de 2019

Festa em Prol a Segunda Parada LGBT de Rio Claro/SP no Joaquina


O Movimento LGBT em parceria com o Joaquina convida todos para somar forças novamente na cidade de Rio Claro/SP em Prol da Segunda Semana e Parada LGBT de Rio Claro/SP.

 

A festa de arrecadação nesse mês de Setembro vai estar muito bacana, participe!

 

ARTISTAS

 

Apresentação Mega Especial
Wangora Lins

Artista Drag Queen que vem se destacando na cena LGBT de São Paulo. Entre seus feitos artísticos ela também se destaca nas áreas da escrita e declamação. Atriz, comediante e digital influencer, a diva já teve passagem pelos mais disputados palcos da grande São Paulo, tendo passado por grandes teatros como o Bibi Ferreira e Sérgio Cardoso, a artista alcançou lugar de destaque em seus papéis, interpretando grandes cantoras da era do rádio como Dalva de Oliveira, Dolores Duran e Clara Nunes. Atualmente residente na cidade de Rio Claro, atua como digital influencer e YouTube, sendo assim um grande sucesso entre os seus seguidores.

 

Vai contar com a presença do DJ novo na city
Hell Claro vai tremer com o SET do
DJ Emerson Pavani – SÃO CARLOS

 

E o SET FERVOOoOOOoO fica por conta da
DJ Lari Mori – PIRACICABA

 

PERFORMANCE luxuOoOoOosa e arrebatadora com
Verônica Drag – ARARAS

 

PERFORMANCE Gótica
Nala Von Abe – ARARAS / RIO CLARO
A performancer e DJ Nala vem com tudo para agitar a PiiixXxtaaa.

 

PERFORMANCE
Donattelo Sanches – CAMPINAS
A Drag Queen Donattelo vem direto de Campinas para mostrar a Arte Drag Androgina e promete muito brilho para a galera, o remix é aquela surpresinhaw como sempre!

 

Fechando a night com muito ORGULHO E GLAMOUR
DJ e PERFORMANCE
Pink Fairy – ARARAS
Ganhadora do Primeiro Concurso DRAG QUEEN de Rio Claro/SP – Ano de 2018

 

A Pink vai daaaar aaaltaaas dicas para as futuras candidatas do Concurso DRAG QUEEN – Ano de 2019.

 

Endereço: Rua 14, 2486 Jd. São Paulo – Rio Claro/SP
ARRECADAÇÃO PARA A SEGUNDA PARADA DO
ORGULHO LGBT DE RIO CLARO/SP

 

Link Oficial do Evento:
https://www.facebook.com/events/439836269963258/

 

O Movimento LGBT nasceu no intuito de difundir e disseminar mais conhecimento sobre as lutas, causas e festas da comunidade LGBT, para que as novas e futuras gerações que ainda estão por vir, não passem o descaso e preconceito que nós passamos!

 

O Movimento LGBT visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

 

Força e Resistência LGBT, A LUTA é todo dia e ela continua!

 

Acesse o Website
Website Oficial do Movimento LGBT:
www.movimentolgbt.com.br

 

QUER SER NOSSO PARCEIRO?
Entre em contato com a nossa
Assessoria de Comunicação e Imprensa:
Email:
contato@movimentolgbt.com.br
contato@rioclaroonline.com.br
contato@nautiluspublicidade.com.br
WhatsApp: (19) 9 9801.7240

 

Canal Online de Denúncias:
www.movimentolgbt.com.br/denuncie-lgbt-brasil/

 

Participe, entre em contato conosco!

ARTE FINAL 20.09 LGBT (1)


hospital-fogo-rio
14 de setembro de 2019

Ao menos dez pessoas morrem em incêndio no hospital Badim, no Rio


Havia mais de 103 pacientes internados no momento em que o fogo começou. A suspeita é que um curto-circuito no prédio provocou a tragédia, mas a Polícia Civil ainda investiga as causas

 

Ao menos dez pessoas morreram no incêndio que atingiu o Hospital Badim, na zona norte do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira. Segundo o último balanço do Corpo de Bombeiros do Estado, divulgado na manhã desta sexta, dez corpos foram encontrados. A Defesa Civil chegou a confirmar 11 mortos na tragédia, mas no final da manhã o Instituto Médico Legal reiterou que recebeu os corpos de dez vítimas. Ainda não há a confirmação das identidades das vítimas do incêndio, nem detalhes sobre o estado de saúde dos pacientes que estavam no local no momento em que o fogo começou. As buscas pelas vítimas foram encerradas pelos bombeiros e, na manhã desta sexta, a Polícia Civil realiza a perícia no local para apurar o que iniciou o fogo.

 

Havia 103 pacientes internados no hospital Badim, um centro médico privado que pertence à Rede D’Or São Luiz e existe há 19 anos, no momento em que começaram as chamas. Noventa pacientes foram transferidos às pressas para os hospitais Israelita Albert Sabin, Municipal Souza Aguiar, Copa Dor, Quinta Dor, Norte Dor, Caxias Dor e São Vicente de Paulo.

 

As chamas começaram por volta das 18h30 (horário de Brasília) e, de acordo com as primeiras investigações, o incêndio foi provocado por curto-circuito em um gerador do edifício, segundo o jornal O Globo. O Corpo de Bombeiros conseguiu extinguir o fogo em duas horas. Segundo testemunhas, o fogo se alastrou rapidamente, causando pânico e correria dentro da unidade. Médicos, enfermeiros e funcionários do hospital, além de parentes dos pacientes, se mobilizaram para socorrer pessoas internadas.

 

Assim que o edifício foi atingido pelas chamas, vários pacientes chegaram a ser acomodados na rua. Quatro bombeiros também passaram mal por conta da intoxicação por fumaça durante o resgate às vítimas e foram encaminhados para o hospital da corporação.

 

“O Hospital Badim mais uma vez externa sua imensa tristeza diante do ocorrido”, disse a unidade, em nota. A direção do hospital disponibilizou um e-mail e um telefone de contato via WhastApp para fornecer informações aos familiares dos pacientes: suportefamiliares@badim.com.br e (21) 97101-3961.

 

 

Fonte: El País


renata-casa-interditada
14 de setembro de 2019

Hospital no Rio pega fogo, imóvel vizinho a hospital é interditado


Uma casa vizinha ao Hospital Badim, na Zona Norte do Rio, que pegou fogo na noite de quinta-feira 12, foi interditada na manhã desta sexta-feira, 13. Segundo a Defesa Civil do Estado, há risco de desabamento de parte do revestimento do prédio da unidade de saúde. A casa fica em uma vila atrás do hospital. O incêndio resultou na morte de dez pessoas, de acordo com o Instituto Médico Legal (IML).

 

A representante comercial Renata Zambroni, de 40 anos, soube do incêndio pela mãe, que estava em casa no momento em que o hospital pegou fogo. Renata mora na casa parcialmente interditada com o marido, a mãe, duas filhas e a enteada. “Minha mãe ouviu o barulho de explosão e do vidro da sala quebrando. Ficamos com medo do fogo afetar a casa porque tinha muita fumaça aqui”, disse.

 

Segundo ela, apesar de não ter sido orientada a deixar o local, não é possível ficar no imóvel devido ao cheiro de mofo e à condição em que a casa ficou após o incêndio. “Nos dividimos na casa de parentes porque o hospital não nos procurou em momento algum para oferecer suporte”, disse Renata, que vai contratar um engenheiro particular para fazer um laudo do imóvel. A casa é geminada ao hospital e ficou com vidros quebrados e paredes rachadas e estufadas. No chão da sala é possível ver algumas das pedras que faziam parte da decoração e caíram. “As paredes da cozinha e do banheiro estão ainda quentes por causa do calor e do fogo. Não temos como continuar aqui”, explicou.

 

Coordenador de Operações da Defesa Civil, Sérgio Gomes afirmou que, além desta casa, outras cinco localizadas nos fundos do prédio foram vistoriadas. Os prédios ao lado da unidade de saúde também passam por vistorias.

 

Até as 15h desta sexta, cinco imóveis haviam sido interditados. Além da casa de Renata, que foi interditada parcialmente, outros três imóveis foram interditados, todos na vila onde a representante comercial mora. Uma casa foi interditada parcialmente e outras duas de forma total. Uma garagem no número 392 da rua São Francisco Xavier também foi interditada.

 

 Pedras que decoravam as paredes caíram no chão da casa

Pedras que decoravam as paredes caíram no chão da casa

(Jana Sampaio/VEJA)

 

Perícia no hospital

 

O delegado da 18ª Delegacia de Polícia Civil, Roberto Ramos, disse que seis agentes fizeram a perícia do hospital desde as 8h. O trabalho foi dificultado por causa do forte calor, baixa luminosidade e fumaça que continuam no prédio. “Sabemos que o gerador pegou fogo, mas não sabemos se ele foi a causa do incêndio. Por isso, não descartamos nenhuma hipótese”, disse.

 

Segundo ele, ainda há muita água no chão do hospital e, por isso, está se certificando de que a luz do prédio está cortada para que não haja nenhum acidente com os peritos. O delegado informou ainda que foram coletadas imagens do circuito interno de segurança do hospital e o desenho da edificação para estudar como o fogo se propagou.

 

Os peritos deixaram o local por volta das 15h e vão retornar às 8h de sábado para continuar os trabalhos. A equipe conseguiu acessar o gerador e deixou uma bomba para drenar a água no chão do hospital.

 

 

Foto: Renata Zambroni teve a casa interditada após incêndio no hospital

Por Jana Sampaio

Fonte: Veja


ministerio
13 de setembro de 2019

Prefeitura de Rio Claro não poderá conceder alvarás provisórios para jogos eletrônicos


Prefeitura de Rio Claro não poderá conceder alvarás provisórios para jogos eletrônicos.
Decisão atende a pedido feito por Promotoria de Justiça.

 

Atendendo a pedido feito em ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Gilberto Camargo, a Justiça condenou o município de Rio Claro a deixar de expedir alvarás de funcionamento provisório/digital para atividades comerciais relacionadas à exploração de jogos eletrônicos recreativos. Com a decisão, o município fica ainda obrigado a realizar fiscalização prévia diante de pedidos de instalações e realizações de atividades comerciais relacionadas com este tipo de atividade antes da concessão dos respectivos alvarás, provisórios e definitivos.

 

A ação civil pública foi proposta após a 5ª Promotoria de Justiça de Rio Claro ter sido informada de que empresa vinha explorando jogos de azar, contando com alvará provisório expedido pela prefeitura. Para o membro do MPSP, existe a possibilidade de o alvará ter sido concedido pela prefeitura de forma imediata e prematura, por meio de sistema eletrônico, após simples registro do estabelecimento e sem realizar fiscalização no local. O alvará, concedido para “exploração de jogos eletrônicos recreativos”, só foi bloqueado após a atuação do Ministério Público.

 

Ao propor a ação, Camargo considerou, entre outros pontos, os riscos apresentados pela lei municipal que diz que a administração municipal “instituirá o alvará provisório-digital, que permitirá o início da operação do estabelecimento imediatamente após o ato de registro”. Para o promotor, o texto dificulta “a prévia fiscalização do poder público municipal, antecedente à concessão deste simples alvará (…), deferindo-se imediatamente, ou seja, antes de prévia fiscalização, pedidos de alvarás para o funcionamento de estabelecimentos voltados à prática de jogos de azar, dissimulados com o título de ‘Exploração de Jogos Eletrônicos Recreativos'”.

 

Fonte: Núcleo de Comunicação Social.
Ministério Público do Estado de São Paulo
Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br
Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095


PSMI-RIOCLARO-SP
12 de setembro de 2019

Fundação de Saúde divulga salários de médicos e funcionários da pasta


A Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro divulgou na tarde dessa segunda-feira (9), em seu portal na internet, lista com os salários mensais brutos de médicos e profissionais da pasta. Da listagem de 1.509 nomes, 36 profissionais receberam no mês de agosto deste ano valores acima do teto constituticional, que é R$ 19.226,48.

 

Dos 36 médicos e funcionários, 20 deles receberam até R$ 25 mil mensais cada um. Outro grupo de dez profissionais recebeu valores que variam entre R$ 27.042,52 a R$ 38.274,42. A soma para o pagamento destas dez pessoas chega a R$ 322.450,39.

 

ACIMA DE 40 MIL

 

Os números impressionam ainda mais. Apenas quatro servidores da Saúde receberam R$ 204.105,75. O valor equivale a quase metade da soma dos pagamentos dos 20 funcionários que tiveram contracheque entre a faixa de R$ 19.226,48 até R$ 25 mil.

 

PARA POUCOS

 

No informativo que consta a remuneração bruta, somente dois nomes aparecem com ganhos superiores a R 100 mil. Um deles mantém apenas uma função e recebeu em agosto de 2019 o montante de R$ 125.792,32.

 

O outro profissional figura duas vezes na listagem com valores diferentes em cada. No primeiro, soma R$ 79.879,09, enquanto que no segundo registra recebimento de R$ 39.521,26. Os dois pagamentos totalizam R$ 119.400,35.

 

LISTAGEM

 

Na listagem, alguns nomes aparecem mais de uma vez. De acordo com apuração da reportagem, se deve ao fato dos profissionais acumularem cargos concursados, situação que, segundo informações oficiais, é constitucional. O Diário do Rio Claro não publicou os nomes dos servidores para preservar a integridade, se reservando ao direito de publicar apenas os salários recebidos. A lista completa, que apresenta valores referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março, abril, maio, junho, julho e agosto, pode ser conferida no portal da Fundação de Saúde, no

www.saude-rioclaro.org.br

 

 

REDUTOR

 

Vale destacar que a partir do quinto dia útil no mês de setembro, a Fundação de Saúde aplicou o redutor salarial nos vencimentos de servidores da pasta. A medida visa atender a recomendação da 7ª promotoria Pública de Justiça, que cita inquérito civil relacionado aos altos salários e aos apontamentos do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, que solicita a devolução de recursos recebidos por servidores acima do teto constitucional.

 

No Diário Oficial Eletrônico (DO-e) da última sexta-feira (6), a Fundação de Saúde publicou informativo sobre a redução que, segundo consta no documento, trouxe economia de R$ 387.187,92 na competência do mês do agosto.

 

 

Fonte: Diário do Rio Claro