Revista Colaborativa Rio Claro Online Contato WhatsApp: +55 19 9 9801.7240 | 3597.0881 contato@rioclaroonline.com.br


1
12 de março de 2019

Garrafa Vazia: entrevista exclusiva com a nova formação!


O Garrafa Vazia, banda de Rio Claro/SP, comemora em 2019 uma década de existência.

 

Com muita história na bagagem, disco novo saindo do forno (feito na Europa) e convite para tocar na Inglaterra, agora a banda está mais viva do que nunca.

 

Recentemente, o Garrafa Vazia passou por mudanças na formação. Antes trio, agora é um quarteto, ou, como costuma dizer “um quarteirão”.

 

A Rio Claro Online entrevistou o fundador da banda, Mário Mariones e os dois novos guitarristas, Saulo DS e Vancil Cardoso. Confira:

 

Rio Claro Online: Como é estar na ativa por dez anos?

Mário Mariones:  É divertido e pura correria. A gente olha com orgulho pra nossa história, feliz em saber quantas pessoas curtem o nosso som, também a energia que as apresentações emanam. Agora, queremos cada vez mais ensaiar, compor, cair na estrada. Que venha mais dez anos!

 

Rio Claro Online: Quais os planos pra 2019?

Mário Mariones:  Estamos na nossa tour de 10 anos, né – vai rolar muita coisa. A agenda de shows está bem movimentada, vamos ter o show de comemoração de 10 anos de banda e também de lançamento do nosso vinil, com 14 músicas. Ele chama “Cirrose” foi produzido no Lab Sound, em Piracicaba, pelo Max Matta e o Rodrigo Bigga e prensado na Europa. Em breve vai estar disponível. Estamos muito orgulhosos e confiantes que esse ano vai ser especial, ainda mais que fomos selecionados pra tocar na Inglaterra, no Rebellion Festival, o maior festival punk do mundo, com as bandas mais fodas, um festival de quatro dias, que acontece desde os anos 90!

 

Rio Claro Online: E a nova formação? Agora a banda é um quarteto?

Mário Mariones: Vou deixar os caras se apresentarem. Sim, somos um quarteirão agora, bastante criativo, paredão de guitarras e riffs que vão grudar na cabeça! Em breve mais novidades!  Agora, passo a bola pros chefias se apresentarem.

 

INTEGRANTES

 

Vancil Cardoso: Meu nome é Vancil Cardoso, 38, professor e tradutor, toco guitarra e escrevo  músicas. Já toquei em diversas bandas e também componho o projeto Garagem Clandestina. As minhas influências sonoras que refletem no som que eu faço decolam no garage rock dos anos 60, sobrevoando Stooges, Ramones, The Clash e Pixies, e aterrisando  no punk surrealista do Sonic Youth. Fiquei honrado com o convite para entrar na banda, coincidindo com a comemoração de dez anos e também dez que conheci o Mariones, torna – se também uma comemoração pessoal. Com duas guitarras vamos fazer uma parede, será um ano punk rocker que o Garrafa Vazia merece, fico muito feliz em participar de tudo isso.

 

Saulo DS: Sou Saulo, 27 anos, formando em Pedagogia, recém desempregado pelas injustiças da vida. Vocalista, guitarrista e letrista na banda Alerta Mental. Influenciado por punk rock no geral, e rock dos leves aos pesados. Garrafa Vazia conheço há bastante tempo, comecei gostar de punk rock e achava ótimo os eventos organizados pelo Mário onde o Garrafa Vazia tocava, assim como o punk rock do Garrafa que sempre ouvi e compareci aos shows. Animei pela entrada, e a confirmação de que foi uma boa escolha ocorreu no primeiro show sentindo prazer em tocar a musica que já gostava.

 

 

O Garrafa Vazia nas redes sociais:

 

Spotify: https://open.spotify.com/artist/2V00y3YbLqg30TYFUg4I5l

Instagram: https://www.instagram.com/garrafavaziatour10anos/

Facebook: https://www.facebook.com/garrafavaziaoficial/

Youtube: https://www.youtube.com/user/rioclaropunk


arte-joaquina-6festa pre 2018-NAOMI-X
4 de julho de 2018

6 ª Festa Oficial Pré Parada LGBT de Rio Claro/SP


Venha conferir a delicinha que vai ser a 6 Festa Pré Parada do Movimento LGBT de Rio Claro/SP!!!
 
Confere só as News
 
Dia 07/07/2018, um Sabadão para curtir os amigos e conhecer as atividades/ações que estamos realizando para a NOSSA GRANDE E PRIMEIRA SEMANA E PARADA LGBT DE RIO CLARO/SP  ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
 
A partir das 20:00 hrs esperamos você e a sua turma, vem que vem, utilizaremos a cor de nossa bandeira: ROSA.
 
Endereço: Avenida 24 A , esquina com a Rua 12B
Bairro: Bela Vista – Rio Claro/SP
 
Durante todo o ano de 2018, nós do Movimento LGBT+ de Rio Claro/SP, junto com nossa comissão organizadora e nossos patrocinadores, iremos realizar uma festa por mês até a data de nossa Primeira Semana e Parada Oficial para arrecadarmos fundos para o Evento.
 
Nossa Semana e Parada Oficial ocorrerá do dia 15/10 ao dia 21/10/2018.

O Tema será: Chega de Opressões! É hora de dar close !
 
Escolhemos a cor Rosa pois significa romantismo, ternura, ingenuidade e está culturalmente associada ao universo feminino. Aliás, outras características como beleza, suavidade, pureza, fragilidade e delicadeza manifestadas pela cor rosa, geralmente, são também atribuídas às mulheres.

 

Apresentadora: Brennah Satiez 

 

arte-joaquina-6festa pre 2018-brennah

Apresentador: Bruno Santoro 

arte-joaquina-6festa pre 2018-bruno

IMPERDÍVEL –  Atrações e Atividades 

DJ, Performer, atriz, dançarina, educadora e trans ativista:

Naomi X – 20:00 Hrs 

 

arte-joaquina-6festa pre 2018-NAOMI-X

Banda Iguais – Música Ao Vivo – 22:00 Hrs

arte-joaquina-6festa pre 2018-BANDA IGUAIS

Link Oficial do Evento: https://www.facebook.com/events/252262225335220/

  

Entrada: FREE
Arrecadação: Durante o evento a Organização do Movimento LGBT estará realizando arrecadação voluntária para angariar fundos para

 
A NOSSA Primeira Semana e Parada LGBT. A doação será livre, sem valor específico. Colabore conosco como puder.

 

Agradecemos novamente a todos que estão somando forças conosco nessa PRIMEIRINHA PARADA.

 

Vai ter muito Glitter simmmm e muito amor!!!

 

Importante – Não é permitido o consumo de álcool por menores de 18 anos – Leve o RG


weba
14 de março de 2018

É QUINTA-FEIRA: NOITE GRINGA NO SUJINHOS!


weba

Quinta-feira vai ser o bicho!

Gosta de ska?

Gosta de música nos trinques, com arranjos de qualidade, 100% sambarilóvi?

Então essa noite é pra você!

Você vai dançar, você vai curtir – vai se amarrar na sonzera dessas feras.

Direto do Equador, começando a tour no Brasil eles são o:

THE RUDE MONKEY BONES

TRMB.WEB02

Formado no ano de 2007 na cidade de Quito/Equador, o septeto The Rude Monkey Bones tem suas raízes cravadas na sonoridade dos anos ’50 e ’60.Fundindo o Ska original com a segunda onda surgida em Londres no final da década de ’70, também conhecida como 2tone.
Músicas empolgantes e dançantes com arranjos que esbarram no jazz, neo-swing e rocksteady fazem do Rude Monkey Bones um grupo ímpar, respeitado na cena musical de seu país e também na vizinha Colômbia (onde já estiveram em tour).
FotoVivo8
O grupo é conhecido por seus shows energéticos e intensos, habitualmente colocando todos para dançar e fazendo com que cada apresentação se torne única e inesquecível. Com três Ep’s e um disco full em sua discografia, o Rude Monkey Bones virá ao Brasil pela primeira vez no mês de Março/2018 promovendo seu mais recente registro, o álbum “Monkeys go to
Town”.
Se prepare para a festa QUINTA NO SUJINHOS porque os Rude Monkey Bones estão chegando!!!

Conheça a sonzera dos chefias:

Anália :
Camargo Skanking :
Rudies Groovin’ :
The Rude Monkey Bones :
- Daniel Millán (Bateria)
- Galo Acosta (Percussão)
- Mateo Villalba (Guitarra)
- José Báez (Teclado, Coros)
- Leonardo Eras (Sax Tenor)
- Pablo Báez (Trompete)
- Ismael Loján (Baixo, Coros)
Sujinhos (1)


Anguere
13 de março de 2018

Anguere HC – Anuncia Novo Álbum


Após sua primeira turnê internacional a banda Anguere, retornou sem descanso e está finalizando seu mais novo trabalho em estúdio, ainda não foi definido o nome do álbum que terá dez faixas, todo processo artístico ainda está sendo finalizado, desde as últimas gravações, parte técnica de estúdio até a arte do álbum.

 

Em breve a banda divulgará a capa do CD que tem como responsável o designer Wildner Lima e o título que a banda ainda não definiu, o CD que está sendo produzido no FeedBack Estúdio, em parceria com Thiago Zepon, em São Carlos/SP, terá lançamento nacional e internacional , além dos países que a banda passou em sua turnê, Europa e Nepal onde a banda foi lançada também em 2017. O Cd terá uma agressividade notória devida as composições expressas de um verdadeiro Thrash Core Brazuca, no qual mostra bem a particularidade da banda em suas criações, com um arsenal de peso a banda logo menos apresentará o novo trabalho.

 

 

Mais Informaçoes:

SITE: www.anguerehc.wix.com/banda

Facebook: https://www.facebook.com/anguere?ref=br_rs

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCEMsKxdt0gzw–J4zlJ04eg

Twitter: https://twitter.com/anguere

Bandcamp: https://anguerehardcore.bandcamp.com/


headbones
13 de março de 2018

Head Bones: entrevista exclusiva


headbones

 

Rio Claro Online: Em que ano surgiu o Head Bones?

 

Head Bones surgiu em 2010, anteriormente a banda chamava-se Entre Parentes, onde fazíamos covers de várias bandas, incluindo Misfits, da qual decidimos por um tempo fazer show tributo e mudar a apresentação da banda, nisso surgiu o Head Bones, que de 4 anos pra cá, resolvemos focar no nosso próprio som, concluindo o álbum “A Queda do Sistema”, com músicas focadas em revolução e protesto.
 

Rio Claro Online: Recentemente, passaram por uma mudança de formação. Como foi todo esse processo?

 

Recentemente sofremos com a perda irreparável do nosso Irmão baixista Reginaldo (RIP), que saiu da banda por motivos pessoais e saúde, desde sua saída contamos com a enorme ajuda e força dos baixistas de bandas amigas, Saulão do Processo Criminal, Mariones do Garrafa Vazia e Thaís do Funeral Sex que se desdobraram para tirar nossas músicas e ensaiar conosco para realizar alguns shows que estavam agendados, e fizeram apresentações memoráveis da qual somos muito gratos.

 

Depois disso, nosso vocalista Noët, mudou-se para outro estado e também teve que se afastar da banda, com isso tivemos que procurar um baixista fixo para voltar aos ensaios e nos virar com os vocais, nosso guitarrista Eberman em conversa com Rogério Jazz do Dezakato HC, lembraram do Felipe, Ex Delunes, que estava sem banda, aí surgiu o convite, e estamos firmes e focados nos novos projetos.

 
Obs, não temos intenção de colocar um novo vocalista, pois cremos que o mundo da voltas e o lugar do Noët no pedestal central está reservado.

 

Rio Claro Online: Eu, Mário Mariones, colei no último Carna Rock em Hell Claro, organizado pela Thaís Pancheri (Funeral Sex) e curti demais a apresentação de vocês e do Anemoma. O Head Bones fez um puta show massa, com baita vigor nos backing vocals, coesão como trio, e bastante energia nos novos sons. Aliás, me chamou bastante atenção a canção “O velho punk rocker”. Do que fala a letra? Como surgiu essa composição?

 

O velho punk rocker fala sobre as dificuldades de manter o espírito jovem durante a vida adulta.

 

Quantas pessoas conhecemos que passaram pela cena, tiveram banda ou curtiam os shows e hoje por conta do trabalho e ou família não tocam mais? Não colam mais no rolê? Fala sobre a desilusão com o mundo, com política, sociedade no geral e muitas vezes o que alivia tudo isso é encontrar velhos amigos, seja na cozinha de casa ou na mesa do boteco… A música foi baseada em uma história verídica, sabe aquelas manhãs em que acorda de ressaca e de saco cheio de ter que ir trabalhar, pagar conta, enfim: viver? Estava com a melodia na cabeça (Eber), começaram a surgir algumas frases, fui cantarolando e gravando no celular para não esquecer. Depois de achar as notas certas, gravei e mandei para o pessoal da banda, cada um veio com uma melhoria e assim foi…

 
Rio Claro Online: Felipe entrou agora no baixo. Gostaria que ele se apresentasse, falasse um pouco das influências e o que espera da banda nessa nova fase.

 

Felipe: Passei 5 anos longe de banda, o convite para assumir o baixo no Head Bones veio em um momento de mudanças na minha vida pessoal e logo de cara rolou uma afinidade muito boa com o Eber e o Romux, musicalmente e pessoalmente falando. (olhinhos brilharam e corações bateram mais forte kkk).

 

Não é fácil entrar em uma banda com uma imagem e conceito formado como o Head Bones, mas como os caras são muito gente boa não tive dificuldades em me adaptar.

 

Foram quase 10 meses de ensaios até nossa primeira apresentação em Rio Claro. Nas primeiras semanas priorizamos o álbum “a queda do sistema” e alguns covers para dar aquele entrosamento, dar a liga no trio. Depois começaram a surgir algumas ideias, todos sempre muito participativos e canções novas estão surgindo sem dificuldade. Eu me sinto confortável tocando com o pessoal, temos muitas infuências em comum, misfits e ramones são unanimidade, mas sou bem eclético, ultimamente tenho ouvido muito mukeka di rato, merda, os pedrero (que aliás estão com álbum novo, vale muito a pena conferir!), agnostic front, madball, dropkick murphys, rancid e por ae vai… Acredito que essa nova fase do Head Bones será uma boa e divertida surpresa.

 
Rio Claro Online: Quais os planos do Head Bones? Vem disco novo na praça?

 

Head Bones voltou com força total, pretendemos marcar o máximo de shows possíveis na agenda de 2018 e pretendemos até o final desse ano lançar mais um trabalho, o “gás está aberto” e novas músicas estão surgindo, cremos que esse ano será de grande importância para a história do Head Bones no Underground Rioclarense.

 

Rio Claro Online: O espaço é vocês! Sorta o verbo, rapeize!

 

Baseando-se nos comentários, experiências, opiniões de amigos, parceiros e do público que acompanha a gente, percebemos que conseguimos êxito em fazer um trabalho significativo na cena, atingindo nosso objetivo primário quando decidimos encarar o desafio de formar a banda autoral – isso foi de suma importância para que possamos dar continuidade em nossa atividade após tantas mudanças e dificuldades,

 

Com o “gás” renovado, estamos muito felizes e empolgados com o rumo da banda, os comentários continuam bons e as novas músicas foram muito bem aceitas.

 

O Noët, apesar de estar afastado, continua nos dando maior apoio na comunicação e vai fazer shows esporádicos com a gente, o que nos anima bastante – além de continuar a mantermos contato pelo respeito, parceria e broderagem que temos, que aliás, nunca vai se dissipar aconteça o que acontecer.

 

Os ensaios estão cada vez melhores e a química entre nós está excelente! Novas letras e pegadas estão surgindo e fazendo com que a gente se motive mais para que possamos surpreender e levantar essa galera, como sempre temos feito.

 

Vamos lutar com tudo para que consigamos continuar o trabalho na cena underground maravilhosa que temos aqui na região e torcemos muito para que todas as bandas que nela fazem parte continuem essa vigorosa energia que nos motiva e faz nosso coração palpitar e esquecermos da realidade de nosso país, nem que seja por algumas horas.


1
9 de março de 2018

GIMME DANGER FEST: SÁBADO ROCK AND ROLL!


 

Noite dasantiga, mó astral.

1

100% curtição.

No cardápio?

Três bandas consagradas.

E mais: uma playlist diferenciada, botando fogo na pista.

Venda de materiais exclusivos das bandas.

Encontro de amigos, com diversão à beça no esquema da boemia sem freio.

Quando?

Neste sábado, no Tortugas Music Pub, em Rio Claro.

A festa marca a estréia de Netão Lombada no Garrafa Vazia.

Netão, músico experiente, que já rodou o mundo com o The Mullet Monster Mafia, onde é baixista,  também toca na conterrânea e clássica dos anos 90, o Dezakato.

A festa traz também o Test (São Paulo) e o Deaf Kids (Rio de Janeiro).

As duas bandas estão em turnê pelo Brasil “No Hope Tour” e tem moral na gringa, e lançamentos exclusivos por lá também.

E atenção:

Vai ter birita, turma:

Promoção de caipirinha a noite toda!

E lembre-se:

Entre uma banda e outra, playlist fogo fire – uma pista recheada de clássicos do rock não-careta, que vão incendiar sua noite de sábadão!

 

Maiores detalhes na página do evento:
https://www.facebook.com/events/595252054158039/

 


Final Holocaust Thrash your mind!
28 de fevereiro de 2018

Final Holocaust: entrevista exclusiva


Thrash metal de verdade.

 

Do interior de São Paulo, da cidade do rock: Cordeirópolis.

 

Power trio from hell, o Final Holocaust é:

 

Annyldo Ravishers – Baixo
Baxos Girotto – Bateria
Celss Morris – Guitarra & Vocal

 

Confira entrevista exclusiva – na lata, true, direta e reta.

O novo álbum, o futuro, tudo sem frescura: Thrash Your Mind!

 

Rio Claro Online: Vamos disseminar as raízes do Final Holocaust. Ano de formação, cidade de origem e o porque do nome.

 

Final Holocaust: Formada em setembro 2005 em Cordeirópolis. O nome representa toda demência da humanidade no mundo e a situação caótica que vivemos.

 

Rio Claro Online: Quais shows mais memoráveis nesses anos de estrada?

Final Holocaust: Cada show é único, todos têm sido memoráveis, pelo pessoal que comparece e todas as bandas que temos tocado junto.

 

Rio Claro Online: Pergunta crássica e clichê, mas que não pode faltar. Quais as influências da banda?

Final Holocaust: Metal dos anos 80.

 

Rio Claro Online: Como foi o processo de gravação do disco “PLAGUES AND DISGRACES”?

Final Holocaust: Foi um pouco trabalhoso por conta de nossos compromissos. Mas conseguimos concluir e o álbum foi lançado.

 

Rio Claro Online: Quais os planos para o futuro?

Final Holocaust: Lançar um novo Ep e continuar na estrada o máximo possível.

 

Rio Claro Online agradece o grupo e deseja força na caminhada!

 

Final Holocaust Thrash your mind!

 

Compre o novo disco e curta a página do Final Holocaust:

https://www.facebook.com/Final-Holocaust-200917673324282/

Ouça Ultimate Power´s Rising, faixa de abertura de Plagues and Disgraces:

 


1366c2ba-2991-469d-91d8-aa07900358fc
27 de fevereiro de 2018

Garrafa Vazia: banda anuncia nova formação


Com a saída amigável de Hebert Nascimento, o Garrafa Vazia está de cara nova.

 

Netão Lombada assume a guitarra e também os vocais.

 

Netão é velho irmão dos Garrafa, e também toca em bandas seminais, como o The Mullet Monster Mafia e o Dezakato.

 

Em comum, a sintonia, a irmandade e as mesmas referências sonoras: Ramones, Mummies e Muzzarelas.

 

Agora, o Garrafa Vazia é:

Ralph “Vadio” Faust – bateria

Mário Mariones – voz e baixo

Netão Lombada – guitarra e voz

 

Uma das bandas mais tradicionais do interior paulista, em 2019 o Garrafa completará dez anos de correria.

 

Em fase de pré produção do novo álbum, o power trio rock da roça segue com sua agenda – levando alegria, bagunça e cachaça espiritual por onde passa.

 

A estréia de Netão Lombada é no próximo sábado – dia 10, no Tortugas Music Pub.

 

Não perca esse bailão, o Gimme Danger Fest, com Garrafa, Test e Deaf Kids:

https://www.facebook.com/events/595252054158039/

 


oncrash
3 de novembro de 2017

Conheça a Banda On Crash


A Banda On Crash de encontros e desencontros, aos poucos, mas no momento certo, foi se tornando realidade. Após alguns anos de idealização, foi em 2016 que a banda ‘começa a existir’: finalmente acontecem os primeiros ensaios, ainda que, a princípio sem vocal. Não demorou muito tempo, e o time ficou completo.

 

A sonoridade passava a convergir, o entrosamento foi acontecendo… e em poucos meses, algumas músicas já estavam prontas. Era fim do ano quando a estreia rolou. Foi no “1° Risca Disco” (show de lançamento do vinil do Garrafa Vazia).

 

Agora em 2017 a banda vem se apresentando com certa frequência. Em eventos importantes e com bandas de renome, como MagüeRbeS, no Hell Claro Rock Fest. E continua criando mais sons. Pretendendo gravar daqui a poucos meses seu primeiro EP.

 

A On Crash é uma banda da cidade de Rio Claro, autoral e independente.

 

A sonoridade tem influências diversas. Do Metal ao Punk, é também Hard Core, é rock chocante!

 

Formação: Eder Cruz – Baixo Gabriel Ragghiante – Bateria Julio Freschi – Guitarra Marília Martins – Vocal

 

Confira a Banda tocando em Sumaré, sucesso total!

On Crash – Irracional ;)

(Riot Fest – HEUZ – Sumaré – 2017)

 


motorhead-rioclaroonline14
2 de outubro de 2017

O Projeto do Moto Grupo MotorHead em Prol da ADERC está Arrecadando Doações para Revitalizar a Entidade – Participe!


O 1° Point do MotorHead Moto Grupo em Prol da ADERC foi um sucesso e aconteceu no último Sábado (30) na ADERC – Associação Dos Deficientes de Rio Claro – Av 8, N° 1397 – Bela Vista – Rio Claro/SP,  o Moto Clube MotorHead realizou o coletamento de novos integrantes e está desenvolvendo ações coletivas para a recuperação e replanejamento do espaço na Entidade.

 

O Evento reuniu diversos integrantes de outros moto clubes da região e a energia de solidariedade imperou.

 

A Banda Los Corleones se apresentou proporcionando um show fera para a galera que compareceu novamente para somar forças com o movimento solidário, animando a moçada, a planejar os novos passos para a arrecadação de materiais de construção conforme O Projeto do MotorHead de Revitalização do Espaço da ADERC.

 

motorhead-rioclaroonline

 

As Doações já começaram a chegar por parte de algumas empresas, a Tigre Brasil Tubos e Conexões Somou Forças com o Projeto e já realizou a sua doação! Obrigado #TIGREBRASIL

 

Participe das Próximas Ações do Clube MotorHead, a Solidariedade Prevalece e é Repassada! #MotorHead  \0/

 

O Moto Clube MotorHead está arrecadado doações através do

WhatsAPP – (19) 9 9842.4286  

e da Página do Facebook: www.facebook.com/motorheadmotogrupo

Qualquer Ajuda é Sempre Bem Vinda

Seja Voluntário!

 

motorhead-rioclaroonline-02

 

Revitalização do Espaço ADERC ;)