Revista Colaborativa Rio Claro Online Contato WhatsApp: +55 19 9 9801.7240 | 3597.0881 contato@rioclaroonline.com.br


casa-do-joaofeira-agosto
15 de agosto de 2019

Feira de Agosto na Casa Do João – Venha Participar!


Sábado e Domingo tem Feira linda na Casa do João, com vários sorteios e brindes!

 

Lindos artesanatos, moda feminina e masculina, e muita comidinhas deliciosas.

 

No domingo tem teatro com pipoca para a criançada.

Teatro Infantil: Branca de Neve e os Sete Anões.

 

Feijoada para comer no local ou marmitex com área de alimentação e brinquedoteca.

 

Sábado. Das 11:00H às 18:00H | Domingo. Das 11:00H às 17:00H
LOCAL: RUA 2, AVS.22 E 24 N°2174 – CENTRO

Venham conhecer a Casa do João!

 

 

feira-agosto

Entrada gratuita. 


site_educacao
18 de maio de 2019

Memecracia: a força destrutiva por trás do Ministério da Educação


Ao desafiar a lógica, a ética e a Constituição, o ministro Abraham Weintraub consegue superar seu antecessor em inépcia, e reduz o MEC a um mero produtor de memes governistas.

 

O Ministério da Educação é um dos gigantes do governo. Pelos dados recentes do orçamento, ele só gastou menos, até agora, do que a previdência, a saúde e a assistência social. Dos R$ 117 bilhões orçados, a educação já usou R$ 29,5 bi. Sob o guarda-chuva do ministério está uma complexa rede de programas de apoio a Estados e municípios, o que inclui a compra de livros didáticos e a administração de universidades federais e dos hospitais ligados às instituições de ensino. A grande especialidade do MEC nos últimos meses, porém, foi a produção de memes para os apoiadores mais radicais do presidente Jair Bolsonaro.

 

No reinado de Ricardo Vélez Rodriguez, o breve, tivemos o hino nacional gravado e obrigatório – e depois o recuo para nem gravado, nem obrigatório. Ele também rotulou os brasileiros de canibais e propôs uma revisão dos livros de história para que eles refletissem a visão do presidente sobre o período. Vélez caiu, mas seu sucessor, Abraham Weintraub, se mostrou um sucessor ainda mais competente na tarefa de produzir material de apoio à campanha eleitoral permanente do governo. Poucas pessoas seriam capazes de provocar tanto rebuliço em tão pouco tempo.

 

Em cinco semanas no cargo, Weintraub desafiou o bom senso, a Constituição e a ética. Ele propôs cortar investimentos na área de humanas, filosofia e sociologia para privilegiar áreas que, segundo ele, seriam mais úteis. Faltou combinar com a história – não a disciplina, mas o registro das mudanças do pensamento humano. Também faltou um consultor jurídico, já que a medida é ilegal. A legislação do País garante autonomia para as universidades. Por fim, ainda faltou combinar com a realidade. Afinal, filosofia e sociologia consomem uma quantidade ínfima de recursos públicos no ensino superior.

 

O corte de 30% afeta mais as áreas de biológicas e exatas, que o governo diz priorizar, do que as de humanas.

 

Como o MEC é brasileiro e não desiste nunca, Weintraub dobrou a aposta. Anunciou corte de 30% do orçamento de três universidades que, segundo ele, produziam “balbúrdia”. Uma vez que balbúrdia não é critério técnico, o ministro teve de voltar atrás. Ele corria o risco de sofrer, no mínimo, um processo por improbidade administrativa. Parecia uma grande oportunidade de retorno à normalidade. Não foi.

 

O ministro estendeu o corte para todas as universidades. Segundo ele, a ideia era priorizar a educação básica. E, claro, atrapalhar a vida dos professores universitários. Porém, a realidade, essa grande produtora de balbúrdias, atrapalhou novamente os planos da dupla Bolsonaro-Weintraub.

 

O corte de 30% afeta muito mais as áreas de biológicas e exatas do que as de humanas. O orçamento público, grosso modo, tem duas áreas. Uma é formada por despesas obrigatórias, como salários. A outra tem mais flexibilidade e é chamada de custeio. Entram aí a compra de materiais para laboratório, salário de funcionários terceirizados, comida para o bandejão, energia elétrica, água. Nos cursos de humanas, muitas vezes basta giz e professor. Exatas e biológicas dependem de experimentos em laboratório, substâncias para fazer testes, viagens para conferências. O ministro mirou na antropologia e acertou a medicina. Mirou os estudos de gênero e afetou a veterinária. Mirou o professor de esquerda e acertou a faxineira terceirizada. É um erro tão impressionante que merece umas três teses de doutorado em ciência política.

 

A justificativa de que os cortes se transformariam em investimentos na educação básica também flopou. Os programas de apoio a essa área também sofreram com cortes. Em alguns casos, de 40%. O principal argumento do MEC foi desmentido pelo próprio MEC. Em um governo normal, o ministro sairia dos holofotes, voltaria para as planilhas, reuniria os aliados e criaria um programa. Foi, aliás, o que alguns militares tentaram fazer, sem sucesso, na transição de Vélez para Weintraub. Esses militares, é bom lembrar, foram demitidos.

 

Em vez de seguir o bom senso, Weintraub resolveu desafiar a ética. Numa transmissão ao vivo feita junto com o presidente Bolsonaro, ele disse que o corte não era de 30% nas verbas universitárias, mas de 3,5%. Malandramente, juntou as despesas obrigatórias, como salários, junto com o dinheiro de custeio. Aglutinou o que pode cortar com o que não pode para diminuir o impacto das suas declarações.

 

Tudo isso acontece num ministério-chave. Embora o MEC administre apenas 0,4% das cerca de 185 mil escolas brasileiras, ele é, ou deveria ser, o maestro das políticas públicas na área. É o papel, aliás, que o ministério assumiu durante os últimos 30 anos.

 

Nas gestões do PSDB, do PT e do MDB, com diferenças de visão aqui e ali, o MEC teve um programa claro. Na década de 1990, o foco foi em universalizar o acesso ao ensino fundamental, do primeiro ao nono ano. Também dessa época é a criação de um fundo, com recursos do governo federal, Estados e municípios, para garantir o financiamento da área. Deu certo. O País fez em pouco mais de dez anos o que não tinha feito em 150. Pela primeira vez, estávamos conseguindo colocar (quase) todo mundo nas escolas.

 

Na década de 2000, o foco foi em avaliação da qualidade educacional, na ampliação do acesso e no ensino superior. Aos poucos, o Brasil ia fazendo valer aquilo que está na Constituição de 1988: educação era direito de todas as pessoas e um dever do Estado diante dos seus cidadãos. Os investimentos na área cresceram em números absolutos e em proporção ao PIB, cobrindo os buracos das décadas anteriores. Quando Michel Temer deixou o Palácio do Planalto, havia um caminho a seguir. Embora nem tucanos nem petistas admitam, eles provavelmente concordariam com muitas das políticas do ex-presidente – afinal, boa parte delas foram gestadas por petistas e tucanos.

 

Os grandes desafios da área de educação são claros. É preciso investir na formação de professores, para melhorar substancialmente a qualidade da aprendizagem dos alunos. É urgente colocar mais dinheiro em infraestrutura, já que muitas escolas sobrevivem em condições precárias. É preciso garantir, num cenário de escassez de dinheiro público, mais recursos para a educação – e isso passa por trabalhar junto com Estados e municípios para priorizar a área em vez de, digamos, publicidade.

 

O caminho é óbvio. Do PSOL ao DEM, provavelmente a maior diferença não esteja no programa, mas em como executá-lo. Há um certo consenso entre os partidos normais sobre o papel do MEC. Infelizmente, porém, não estamos vivendo em tempos normais. Estamos em uma memecracia. Animar as bases de apoio parece mais relevante do que o futuro das milhões de crianças que, todos os dias, vão às escolas para, quem sabe, ter um futuro.

 

 

Por Leandro Beguoci

Foto:  Fernando Frazão – Agência Brasil


segunda-parada-lgbt-rioclaro-sp-2019
25 de abril de 2019

Festa em Prol a Segunda Parada LGBT de Rio Claro/SP – Joaquina Lounge Bar


O Joaquina Lounge Bar abre as suas portas novamente para o Movimento LGBT em apoio a Segunda Parada LGBT de Rio Claro/SP.

 

O Movimento LGBT agradece a toda equipe do Joaquina pelo espaço e resistência de sempre, e aproveita para parabenizar as ações desenvolvidas pelo Joaquina no sentido de proporcionar para a comunidade LGBT existente no município mais segurança e entretenimento.

 

Venha somar forças conosco e fazer história novamente na cidade.

Força e Resistência LGBT, A LUTA é todo dia e ela continua!

Só chegar no Joaquina!

APRESENTADOR
Bruno Santoro

APRESENTADORA
Brennah Satiez

PERFORMANCE E LINE UP:

PINK / São Carlos – Ganhadora do Primeiro Concurso de

Drag Queen de Rio Claro/SP

O que vai tocar? Um pouco de tudo!
E vai rolar aquela famosa performance e bate cabelo da PINK

 arte-joaquina2019

 

Link Oficial do Evento: https://www.facebook.com/events/426945268064736/

Venha rever os amigos e somar forças novamente em prol da

Segunda Parada LGBT de Rio Claro/SP.

O Movimento LGBT estará arrecadando doações voluntária de agasalhos.

 

arte-joaquina2019-agasalhos

 

O Movimento LGBT nasceu no intuito de difundir e disseminar mais conhecimento sobre as lutas, causas e festas da comunidade LGBT, para que as novas e futuras gerações que ainda estão por vir, não passem o descaso e preconceito que nós passamos!

 

O Movimento LGBT visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

 

Acesse o Website Oficial do Movimento LGBT:

www.movimentolgbt.com.br

QUER SER NOSSO PARCEIRO?

Entre em contato com a nossa
Assessoria de Comunicação e Imprensa:
contato@movimentolgbt.com.br
contato@rioclaroonline.com.br
contato@nautiluspublicidade.com.br
WhatsApp: (19) 9 9801.7240

Participe!


oficial_cartaz_carnatal_2018
4 de dezembro de 2018

Venha curtir o CARNATAL na Escola de Samba A Casamba do Movimento LGBT – Rio Claro


E ai todo mundo preparado para curtir uma folia às vésperas do Natal e no estilo carnavalesco?

 

Com o melhor do pop/funk/trash/indie/black/axé que a gente ama, só chegar NACASAMBA!

 

Dia 15 de Dezembro de 2018 a partir das 18:00 horas esperamos você e a sua turma para curtir um CARNATAL com a galeraaa.

 

LINE UP:

Naomi-X
Pink

 

Apresentação Grupo de Dança Over-X
Apresentação da Bateria Oficial
Escola de Samba A Casamba

 

A Casamba se apresenta com o melhor do Carnaval de Rio Claro/SP e região, seguida por diversos foliões apaixonados por sua magia, a Escola promete agitar a noite do sábado de dezembro, relembrando a magia que é o Carnaval e encanto que a Escola proporciona!

 

A noite vai rolar solta :P

 

Local: Escola de Samba A Casamba
Endereço: Rua 3A N° 1105 – Vila Martins – RIO CLARO/SP
ENTRADA R$10,00
Aceitamos crédito e débito.

 

Compartilhando esse Post ou pedindo sua música no mural do evento, você automaticamente concorre a 1 Entrada Free!

 

Link Oficial do Evento #CARNATAL #NACASAMBA:
https://www.facebook.com/events/2393385104022443/

UiIiIiiiiiI UiIiIiiiiiI rsss
CoOooOrreeee SORTEIO FREE

 

*** Precinho Joia no Bar ***
*** Aninha Pastéis – Fritos na Hora ***
*** Bolos & Bolotas ***

 

Durante o evento campanhas socioeducativas estarão sendo realizadas, e arrecadação voluntária de donativos, tais como: alimentos perecíveis, shampoo’s – condicionadores, sabonetes líquidos – meias – leites – lenços umedecidos – fraldas geriátricas – Pomadas para assadura – hidratantes – livros – brinquedos.

 

A iniciativa das arrecadações são da Organização Solidária do Consolação e Tia Dai Pet Shop.
Venha somar forças, dançar muito, rir conosco e curtir o Carnatal do Movimento LGBT

 

Participe!

 

oficial_cartaz_carnatal_2018

  
Se for dirigir não beba!
Proibido a venda de bebida alcoólica para menores de 18 anos.


equinocio2018
26 de novembro de 2018

Equinócio 2018 faz doação de dezenas de caixinhas de leites para serem distribuídas em Rio Claro


A XVII Edição do Equinócio Rio Claro/SP foi bombástica novamente, com muito som pesado, a galera das antigas da cidade de Rio Claro/SP se reuniu no dia 27 de outubro de 2018 no Tortuga’s Music Pub, o pessoal que representa o verdadeiro underground como sempre compareceram e bateram muito a cabeça com várias bandas incríveis que tocaram por mais esse ano de 2018.

 

A organização somou forças com a parceria do Tortuga’s para realizar a arrecadação voluntária de caixinhas de leite para o município de Rio Claro/SP, sendo entregues para as assistentes sociais responsáveis da UDAM – União dos amigos, onde a remessa de doações serão repassadas para as famílias mais carentes e em situação de maior vulnerabilidade na cidade.

 

O Encontro de Rock do Equinócio, ou simplesmente Equinócio, como é mais conhecido, surgiu em 2001 por iniciativa de Júlio Pizzotti, e tem como objetivo principal reunir a juventude num evento cultural e artístico, dando total apoio ao Rock Alternativo.

 

O Equinócio é Projeto de Lei de autoria do Vereador Yves Carbinatti, projeto que institui o Evento de Rock do Equinócio Rio Claro/SP no Calendário Oficial do Município de Rio Claro/SP, de 13 de Novembro de 2017.

 

Durante a realização dos eventos são desenvolvidas campanhas como “Diga Não às Drogas” e “Diga Não à Violência”.

 

O Evento ARRECADA CAIXINHAS DE LEITE, que por 16 anos foram encaminhadas ao Fundo Social de Solidariedade do Município, reforçando a iniciativa e parceria de movimentos populares com a Prefeitura.

 

O local escolhido para a realização desse evento cultural, que sempre recebe o apoio das secretarias de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Rio Claro/SP, é a Estação Ferroviária de Rio Claro, na Rua 1 com Avenida 1.

 

O evento recebe em média acima de 3.000 pessoas, reúne bandas do Estado de São Paulo e do Brasil, e faz parte do calendário cultural anual da cidade, é um dos maiores eventos do Rock Underground Brasileiro e referência nacional.

 

“Todo ano o Equinócio arrecadou quantidade significativa de caixinhas de leite para apoiar e dar suporte para as famílias que se encontram em situação de maior vulnerabilidade na cidade de Rio Claro/SP.

 

O Evento pioneiro denominado Rock do Equinócio, é um evento que abriu portas para diversos novos produtores de eventos/fazedores de cultura independentes a ocuparem e desenvolverem da melhor forma a ocupação do espaço público que é a Estação Ferroviária, é um evento muito importante na cidade, mas infelizmente ano passado e esse ano tivemos que alterar a sua data e o local de última hora (formalizamos todos os documentos e solicitações no começo do ano, como sempre fazemos), devido as respostas equivocadas, atrasadas e não formalizadas das diversas secretarias procuradas e da Prefeitura Municipal de Rio Claro/SP, nos trazendo muita dor de cabeça, exposição desnecessária e nos trazendo sérios prejuízos para com o festival e jovens que frequentam e seguem o Festival desde 2001.

 

Lamentável essa gestão não apoiar eventos beneficentes e organizações pioneiras na cidade, uma vez que esses mesmos eventos ajudam muitas pessoas voluntariamente. De qualquer forma, realizamos a doação anual do Equinócio para explicitar, que apesar da Prefeitura estar realizando visivelmente uma retaliação pelo segundo ano seguido acerca do Festival, afirmamos o nosso compromisso de continuar com as doações, uma vez que não participamos de “joguinhos políticos e não nos vendemos”, e o nosso interesse é maior: o bem comum das pessoas que vivem em situações de risco, como é o caso de muitas famílias na cidade, que não tem nem o que dar de comer para os  seus filhos.

 

Independente da ajuda da Prefeitura, ano que vem terá mais Equinócio, e a organização espera que em 2019 a situação melhore, assim como a capacidade das pessoas que recebem altos salários pagos com o dinheiro dos nossos impostos, pois do jeito que está as ações dessa gestão municipal do Sr. João Teixeira Junior não é aceitável, onde comissionados e incompetentes dessa administração terrível, se sobrepõem frente a pessoas concursadas e capacitadas para atendimento da população.

 

Agradecemos a todos que compareceram e seguem o festival que é referência e pioneiro em Rio Claro/SP e na região, agradecemos toda a participação e compreensão, que fique aqui registrado o nosso muito obrigada novamente a todos que foram prestigiar o evento beneficente”, comenta Leila Pizzotti – Assessora de Imprensa e Comunicação da Organização do Equinócio.


cartaz
5 de outubro de 2018

CONVITE PARA A PRIMEIRA SEMANA E PARADA LGBT DE RIO CLARO


O Movimento LGBT nasceu no intuito de difundir e disseminar mais conhecimento sobre os direitos, movimentações, lutas e festas da comunidade LGBT, para que as novas e futuras gerações que ainda estão por vir, independente do que escolherem para as suas vidas, não passem o descaso e preconceito que nós passamos. E a ideia da Primeira Semana LGBT é justamente interligar todas as pessoas interessadas nessa causa e unir a comunidade LGBT, oferecendo atenção, apoio e orientação.

 

Nossa Primeira Semana e Parada vêm com tudo! Conheça e se aproxime de muita gente do bem que está somando forças com a organização e Causa LGBT no município de Rio Claro/SP.

 

A semana contará com rodas de conversa, palestras, atividades socioculturais e socioeducativas, teatro, cine-debates, documentários, depoimentos e relatos da comunidade LGBT/ família/ amigos, com temas relevantes e pertinentes para a comunidade LGBT. Equipes de saúde estarão à disposição, assim como profissionais capacitados para orientações sociais e psicológicas, terá muita dança e música, Concurso Drag Queen, três apresentadores luxuosos e cheios de carisma, um time de Dj’s de arrepiar! Mais uma atração bombástica que promete abalar as estruturas da parada é a nossa querida artista transformista e madrinha OFICIAL: Angel.

 

Viver é lembrar, e como é bom juntarmos as boas lembranças de tudo que passamos neste ano, onde lutamos e resistimos até aqui com muita coragem e dedicação, cada um com a sua forma de presenciar essa experiência humana que é intrigante e maravilhosa ao mesmo tempo, estar vivo (a) para compartilhar todos esses momentos com todos (as) supera qualquer expectativa de ser, e isso só reforça o verdadeiro sentido do Movimento LGBT existir no país. Cada um de nós, por nenhum direito a menos!

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO (A)!

 

Assista ao vídeo da 3ª Festa Oficial Pré Parada do Movimento LGBT da cidade de Rio Claro/SP – 17/04/2018:

 

https://www.facebook.com/movimentobrasileirolgbt/videos/733838026961378/

 

A cidade de Rio Claro/SP nunca realizou uma semana e parada LGBT, com ações, apoio e passeata nas ruas.

 

Contudo, Rio Claro/SP é a primeira cidade do país a começar a realizar festas pré parada para arrecadar fundos independentes para a Organização da Semana e Parada do Orgulho LGBT, seguida por São Carlos e depois Piracicaba.

 

ANOTE O CRONOGRAMA NA AGENDA:

 

PRIMEIRA SEMANA E PARADA LGBT – RIO CLARO/SP – ANO DE 2018

Realização Movimento LGBT.

 

15 de Outubro de 2018

ABERTURA DA SEMANA

 

13:30 hrs – Apresentação do Cronograma da Semana e Roda de Conversa – Convidada: Valdirene Santos – Coordenadora do CR LGBT DE Campinas/SP e

Presidente do Fórum Nacional LGBT

19:00 hrs – Over-X – Grupo de Dança

20:00 hrs – Angel – Performance

 

DIA 15

 

 

16 de Outubro de 2018

CONSCIÊNCIA E MANIFESTAÇÃO ARTÍSTICA LGBT

 

14:00 hrs – Roda de Conversa sobre Identidade de Gênero – com o Ativista LGBT e Educador João Paulo Ferraz

16:00 hrs – Roda de Conversa com Psicólogos e Assistentes Sociais Parceiros da Comunidade LGBT – com Leticia Wolf – Psicóloga e Paula Agus – Assistente Social

20:00 hrs – Cia Tempero D’Alma de Artes Cênicas apresenta:

Teatro “O Delicado” de Nelson Rodrigues e Dança  “Diferente Mas Normal” – com Lucas Oliveira e Marcos Jr.

Direção: Cláudio Lopes

 

DIA 16

 

 

17 de Outubro de 2018

A EDUCAÇÃO COMO BASE DA FAMÍLIA NA CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE SEM LGBTFOBIA

 

14:00 hrs – Roda de Conversa – SENAC – Tema:

A Educação como base da família na construção de uma sociedade sem LGBTFOBIA – com Andrea Bernardes – Psicóloga

17:30 hrs –  Roda de Conversa sobre Identidade de Gênero – com o Ativista LGBT e Educador João Paulo Ferraz

19:30 hrs – Intervenção Artística “Inevitável Sentir” com o bailarino e coreógrafo:

Rafael de Paula

 

DIA 17

 

 

18 de Outubro de 2018

SAÚDE E CULTURA LGBT

 

10:30 hrs – Roda de Conversa sobre Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis – com Cristiane Midori Nakanishi Nakahara – Assistente Social e Rafaela Martinez – Psicóloga – Fundação Municipal de Saúde, Equipe SEPA – Prevenção e Saúde da Comunidade LGBT

14:00 hrs – Roda de Conversa sobre Preconceito Induzido, Intolerância Religiosa, Defesa Contra LGBTFOBIA, Documentários, Curtas e Cine-debate LGBT – Depoimentos e Relatos da Comunidade LGBT  – com a Ativista LGBT e Educadora Leila Pizzotti.

20:00 hrs – Cia Tempero D’Alma de Artes Cênicas apresenta:

Teatro “O Delicado” de Nelson Rodrigues e Dança  “Diferente Mas Normal” – com Lucas Oliveira e Marcos Jr.

Direção: Cláudio Lopes

 

DIA 18

 

 

19 de Outubro de 2018

GÊNERO, RAÇA E LGBT EM EVIDÊNCIA

 

14:00 hrs – Apresentação do fluxo de acolhimento da população LGBT e informações sobre a cirurgia de transgenitalização – com os psicólogos Jonas Fornitano Cholfe e Rafaela Martinez

16:30 hrs – Roda de Conversa sobre Consciência Negra e Militância  LGBT – com a Transativista e Educadora Gabriela Naomi de Souza

18:00 hrs – Relatos de Famílias e Amigos de LGBT

19:00 hrs – Apresentação de Dança – com Marjorie Baltieri

20:00 hrs – Intervenção Artística – Rafael de Paula

 

DIA 19

 

 

20 de Outubro de 2018

CONCURSO DRAG QUEEN DA PRIMEIRA PARADA LGBT+ RIO CLARO/SP

 

10:00 hrs – Reunião geral somente com as participantes

13:00 hrs – Concurso de DRAG QUEEN

Local: Casa do João – Rua 2, com avenidas 22 e 24 n° 2174 – Centro

Apresentadores: Brennah Satiez e Bruno Santoro

22:00 hrs – Resultado e Premiação do Concurso no Joaquina Lounge Bar

Local: Rua 14 Nº 2486 Jd. São Paulo

Todas as atividades serão realizadas na Casa do João.

Endereço: Rua 2, Avs. 22 e 24 N° 2174 – Centro.

As apresentações da Cia. Tempero D’Alma de Artes Cênicas nos dias 16 e 18 a partir das 20:00 hrs serão realizadas em sua sede.

Local: Avenida Saburo Akamine, entre as Ruas 16 e 17, N° 376 – Jardim São Paulo.
Para todos os dias a Entrada é 1 kg de alimento não perecível ou 1 caixinha de leite.

 

 CONCURSO DRAG QUEEN

DJLARI

angel

 

21 de Outubro de 2018

PRIMEIRA PARADA LGBT+ DE RIO CLARO/SP

Domingo a partir das 13:00 horas.

Concentração no Jardim Público

Praça Central de Rio Claro/SP

Avenida 1 com a Rua 3, N°945 – Centro – Rio Claro/SP

 

cartaz

 

 

MADRINHA OFICIAL DA PARADA

Angel

 

angel

 

 

APRESENTADORES

Bruno Santoro

Brennah Satiez

Marcia Moro

 

perfil

 

 

ATRAÇÃO PRINCIPAL

 

Sasha Zimmer

 

APRESENTAÇÃO DOS DJ’s

Lari Mori – Piracicaba/SP

Naomi X – Rio Claro/SP

Morana Evermore – Rio Claro/SP

Tigger – Limeira/SP

Storn – Limeira/SP

Vinicius Armando – Limeira/SP

Rodrigo Valentim – São Paulo/SP

Akemy Fernandes – Limeira/SP

Drama Graysky – Piracicaba/SP

Giorgia Morgan – Piracicaba/SP

JC Hernandes – São Paulo/SP

Lana Deville – Americana/SP

Wesla Bravo – Americana/SP

 

 

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

 

PRIMEIRA SEMANA E PARADA LGBT DE RIO CLARO/SP

VISIBILIDADE AOS DIREITOS,
MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS E CULTURAIS LGBT

 

O objetivo do projeto é fomentar a “VISIBILIDADE AOS DIREITOS, MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS E CULTURAIS LGBT” na cidade de Rio Claro/SP.

 

O objetivo da primeira semana e parada LGBT é promover e proporcionar para a população LGBT existente no município e para a comunidade rio-clarense uma semana socioeducativa e cultural, com atividades e ações inclusivas, mobilizando a população LGBT, com intuito participativo social.

 

O Projeto visa construir uma sociedade livre, justa e solidária, garantindo assim o desenvolvimento da comunidade LGBT, erradicando a violência e a marginalização das classes menos favorecidas, reduzindo as desigualdades sociais, promovendo o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, orientação sexual e quaisquer outras formas de discriminação.

 

O objetivo do projeto é promover a descentralização dos recursos sociais destinados à atividades artísticas e culturais do município de Rio Claro/SP para a comunidade LGBT.

 

O Projeto em questão garante a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade da população LGBT na cidade de Rio Claro/SP.
O acesso à cultura e educação poderá tornar mais tolerante a sociedade em que vivemos, além de medidas sócio educacionais de criminalização de crimes causados por opressores.

 

A primeira semana e parada LGBT de Rio Claro/SP tem o importante papel de enfatizar que o ser humano não pode sofrer opressão e muito menos ser descriminalizado por sua orientação sexual, credo, etnia ou ideais.

 

A população LGBT e suas lutas por direitos existenciais ainda é um tabu da nossa sociedade, talvez seja de difícil enquadramento de debate na maioria das vezes, porém ao mesmo tempo é instigante e o propósito do projeto é justamente a troca de experiência entre todos os envolvidos nessa sociedade, um pré-debate sobre o tema da diversidade sexual, suas lutas e avanços / derrotas, começando a partir do tema da intolerância dos outros quando a vítima não é você.

 

O Projeto incentiva o exercício do combate à intolerância e violência para com a população LGBT, e vale explicar para a sociedade no todo que o preconceito que as pessoas carregam nas suas mentes, sem qualquer justificativa ou razão, não é normal assim como a atitude de ameaçar pessoas de condições sexuais divergentes, simplesmente fazerem o que gostam, seria uma atitude autoritária, arbitrária e de perseguição sem sentido. Até onde vai o limite do preconceito e da intolerância? Será apenas o início de um exercício de reflexão, dentre vários que manteremos no projeto como alicerces.

 

A Cultura e a Educação podem ajudar as pessoas a se conscientizarem que LGBT Não É Doença!

 

Foi em 1990 que a Organização Mundial da Saúde, em resposta a mobilização das pessoas LGBT, tirou a homossexualidade da sua lista de doenças. Não devem existir tratamentos de reversão sexual para nenhuma identidade de gênero, porque ser LGBT é uma condição saudável, e não doente!

 

A marginalização da população LGBT no Brasil não diminuiu – pelo contrário: é o país onde mais assassinam transexuais, gays e travestis; é aqui que a juventude LGBT não se insere no mercado formal de trabalho; a população de transexuais que vive marginalizada sem acesso a empregos; é a sociedade LGBT que sofre opressões constantes; são os jovens expulsos de suas casas, e que perdem as perspectivas de um futuro melhor… Isso é inaceitável! Além de catalogarem a bissexualidade e identidade de gênero como doenças.

 

A luta que forjou uma resolução mundial em 1990 que reconhecia que viver a sexualidade faz parte de quem o sujeito é, e que isso não é perversão, está em perigo constante com a falta de medidas preventivas e corretivas para a promoção da segurança e legalidade da população LGBT. Se existe sofrimento na vida das pessoas LGBT, ele surge da opressão social e da ignorância coletiva, que tira dos LGBT o direito de simplesmente existir dignamente.

 

Reivindicamos a força que vai nos fazer barrar todo tipo de ataque contra os nossos, nas ruas e nas redes de pessoas que assim como nós só desejam a liberdade de existir e de exercer seus direitos como cidadãos livres e do bem.

 

E o fato de conseguirmos quebrar nossos limites e barreiras impostas muitas vezes pela ignorância, pelos preconceitos e pré-conceitos já fixados ao longo da história, pela falta de cultura, e educação de eficácia duvidosa desenvolvida principalmente pelo ensino arcaico e outros fatores externos, nos faz acreditar que a cultura e a educação para a comunidade LGBT, assim como para a sociedade no todo, são de extrema importância. Necessitamos explicitar que a sociedade precisa de mais informação LGBT, mais conhecimento sobre LGBT, mais tolerância para com os LGBT, e que é apropriada a validar-se contemporaneamente a causa LGBT.

 

As motivações metodológicas do projeto apontam aos resultados esperados com mais suporte para as técnicas de inclusão sociais participativas e coletivas, contribuindo assim para mais ações educacionais e colaborativas para que esse projeto pioneiro seja o porta-voz para a cultura social/artística da população LGBT em Rio Claro, tornando-se também referência nacional neste segmento.

 

A Justificativa do projeto visa exatamente equiparar de forma adequada uma população inteira que ao longo da história foi vítima de discriminação social e cultural devido ao posicionamento do seu livre-arbítrio e da existência do seu eu interior muitas vezes não ser aceito pelo seu próximo, que consequentemente é diferente de você, mas que são iguais de outras formas como seres humanos.

 

A juventude requer ser orientada; só assim não haverão de malograr os esforços e a inteligência dos que amanhã, por sua vez, deverão preparar as gerações que lhes sucederão.

 

O fomento do estudo em todas as suas formas, das atividades sadias, do culto ao saber, à humanidade, à família, e, muito particularmente, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, é o fundamental para que tal orientação cumpra seu grande objetivo, que é o de formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

 

Visando uma mobilização dos resgates de valores culturais e buscando possíveis soluções, a Produção do Projeto desenvolverá atividades que despertem o interesse da sociedade pelos temas LGBT e Ações Comunitárias ambas interligadas, a fim de que os mesmos se sensibilizem na tentativa de mudanças de atitudes para que gerem conteúdos positivos em sua formação pessoal em vez de pré-conceitos, intolerância e discriminações.

 

A intolerância pode estar baseada no preconceito, podendo levar à discriminação. Intolerância é uma atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferentes crenças e opiniões. A intolerância deve ser combatida com Cultura e Educação! E a LGBTFOBIA criminalizada. Todos os recursos e esforços serão empregados na preservação e difusão das manifestações culturais com temática LGBT.

 

O cidadão do hoje tem que ser mais bem articulado e desenvolvido para ser o cidadão de amanhã, que possivelmente será mais tolerante em relação ao próximo, mesmo que este seja diferente dele. Quebrarmos nossos limites e barreiras impostos muitas vezes pela ignorância, pelos preconceitos e pela educação de eficácia duvidosa desenvolvida principalmente pelo ensino antigo/arcaico e outros fatores externos é uma luta e uma causa apropriada a validar-se contemporaneamente.

 

As motivações metodológicas do projeto apontam aos resultados esperados com mais apoios nas técnicas de inclusão sociais e coletivas, que o evento seja o porta voz para a cultura social/artística LGBT tornando-se referência nacional neste segmento.

 

Os objetivos específicos são metas quantificáveis e qualificais que permitam a avaliação do projeto ao seu final: ações a desenvolver, bens culturais a produzir, público a mobilizar, sendo elas: descentralização dos recursos, aquecimento do mercado interno da cidade, do comércio e turismo, incentivar a inclusão social das classes menos favorecidas, revelar e divulgar novos talentos e novas lideranças para a causa LGBT em âmbito nacional, mobilizar e interagir a comunidade da cidade, beneficiar a imagem da cidade de Rio Claro, expor que a Cidade nunca possibilitou um evento desse porte e intuito social, produção de filmagem do evento para geração de um documentário, exposição dos direitos LGBT e outras atividades artísticas desta natureza, dias culturais que promoverão a integração da sociedade e seu público-alvo, divulgando e interagindo através de campanhas, palestras e movimentos de ação social, realização de eventos posteriores voltados para o público LGBT, para promover e difundir os ideais do da luta contra a ignorância, violência e contra a LGBTfobia, divulgando assim as ações sociais/culturais na cidade.

 

Público-Alvo: Pessoas interessadas no Movimento LGBT, colaboradores/as da causa LGBT, LGBT em geral. A Estimativa é de aproximadamente 3.000 mil pessoas.

 

A Semana e Parada LGBT tem o importante papel para enfatizar que o ser humano não pode ser discriminado por sua orientação sexual, e o projeto visa exatamente equiparar de forma adequada uma comunidade inteira que ao longo da história foram vítimas de discriminação social, cultural e artística, devido ao posicionamento do seu livre-arbítrio e da existência do seu eu interior.

 

Contudo a cidade de Rio Claro/SP foi a 2° cidade brasileira e a 1° cidade paulista a receber energia elétrica e ainda não possibilitou a realização de um projeto determinante para tal ação e causa da comunidade LGBT.

 

A Primeira Parada LGBT da Cidade de Rio Claro/SP está comprometida a se reunir na Praça Central da Cidade, Av 1. Com a Rua 3, no dia 21 de Outubro de 2018 a partir das 13:00 horas, onde mantém um espaço amplo para a sua concentração e para começar a receber os primeiros discursos de pessoas e entidades apoiadoras relevantes empenhados na causa e luta do movimento social e popular  LGBT para assim dar início a passeata pacífica rumo ao Espaço Livre do Lago Azul que será a sua localização final da trajetória da passeata, local esse onde será concentrado o público LGBT e proporcionará o acesso as suas principais manifestações e apresentações culturais artísticas/musicais.

 

A chegada prevista para a Parada no seu trajeto e rota final está marcada para as 17:00 horas no Espaço Livre do Lago Azul, área  externa do Centro Cultural Roberto Palmari.

 

O término da Primeira Parada LGBT Rio Claro/SP está prevista para as 20:00 horas.

 

A estimativa de abordagem de público para a Semana e Parada LGBT Rio Claro/SP de 2018 é de aproximadamente 3.000 pessoas.

 

Durante a Realização do Projeto serão Promovidas Campanhas e Ações Socioeducativas.

 

O Projeto desenvolvido tem todas as suas atividades previstas com entrada franca, não sendo cobrado nenhum tipo de ingresso ou valor, apenas é sugerido a doação de um litro de leite ou 1 kg de alimento não perecível para a coleta e arrecadação através das ações e dias culturais que o projeto promoverá, as arrecadações serão doadas para entidades carentes do município.

 

As manifestações e expressões culturais da população LGBT visa resgatar os direitos fundamentais básicos e liberdade de expressão.

 

A partir da apresentação de iniciativas inéditas desenvolvidas em alguns coletivos e movimentos, os pontos abordados e medidas técnicas adotadas promoverão uma ampla conscientização e mobilização para todos os munícipes rio-clarenses, será possível uma troca de conhecimentos com a população em geral.

 

O Projeto tem por objetivo ofertar um conjunto de ações visando garantir o mais amplo acesso da população em geral ao produto cultural gerado na semana voltada para a população LGBT, objetivando também, a descentralização e/ou garantia da universalização do benefício ao cidadão, sempre em consideração ao interesse público e a democratização do acesso aos bens culturais resultantes, assim como o incentivo a promoção de novos agentes atuantes e destaques no processo educacional e consciente da sociedade.

 

A primeira Parada LGBT de todas as outras cidades foi de extrema importância para que pudesse possibilitar as paradas dos anos seguintes. A primeira e essas seguintes paradas são devidamente organizadas e articuladas para receberem a demanda de adeptos a causa LGBT e seus conceitos ideológicos e de inclusão e integração social assim como a sociedade por completa. As atividades e atrações artísticas e culturais dessa grande semana de celebração dos direitos LGBT confirmam-se no âmbito da necessidade urgente que a população LGBT precisa de atenção e ajuda para lidar com o pré-conceito e a intolerância exacerbada de grupos extremistas, conservadores e preconceituosos.

 

A Prefeitura de Rio Claro/SP, assim como o devido policiamento nas ruas e o apoio da população possibilitarão que a primeira semana e a Parada LGBT aconteça de forma tranquila e estável.

 

O encerramento da Parada LGBT será com um ato de agradecimento a todos os participantes, parceiros, organizações públicas e privadas, e com a organização do evento.

 

Este projeto visa à inclusão social, a inclusão das manifestações culturais da população LGBT, tornando acessível a todos, os produtos produzidos culturais gerados, independente de classe social, raça, orientação sexual ou credo, e de acordo com o Estado Laico.

 

As atividades oferecidas pelo projeto são gratuitas, mas dentre as de maior caráter cultural socioeducativo destacam-se as campanhas educativas e preventivas (Contra Violência e Contra LGBTfobia), e palestras de cunho social com palestrantes designados pela sociedade para abordagem dos temas LGBT. Apostando na preservação e difusão das manifestações culturais com temática LGBT que serão voltadas para toda a comunidade rioclarense e cidades próximas como Americana, Analândia, Araraquara, Araras, Campinas, Charqueada, Cordeirópolis, Corumbataí, Capivari, Indaiatuba, Ipeuna, Iracemápolis, Jundiaí, Leme, Limeira, Santa Gertrudes, Lins, Matão, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Osasco, Rio das Pedras, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Salto, Santa Bárbara D’Oeste, Sorocaba, Sumaré, São Paulo e entre outras.

 

A partir da apresentação de iniciativas inéditas desenvolvidas em alguns coletivos e pontos, será possível uma troca de conhecimentos da comunidade.

 

O WebSite Oficial do Movimento Brasileiro LGBT – Website próprio da Organização sem fins lucrativos, e de caráter filantrópico, conta com um Website do Movimento LGBT Brasileiro, devidamente atualizado e monitorado, servindo principalmente como canal de denúncias online atuante para proteção da população LGBT.

 

O Movimento LGBT é pioneiro em desenvolver um canal de comunicação de defesa da população LGBT no país, conteúdo dinâmico e informações são disponibilizados 24 horas por dia.

 

O Projeto é Promovido pelo Movimento LGBT e apoiado por diversas outras Cidades, Estados e Movimentos Sociais.

 

 

Acesse o Website:

www.movimentolgbt.com.br

 

Link da Primeira Semana LGBT+ de Rio Claro/SP:

https://www.facebook.com/events/380795379007949/

 

Link da Primeira Parada LGBT+ de Rio Claro/SP

https://www.facebook.com/events/1987158644887736/

 

Quer ser nosso parceiro?! Entre em contato através do email:

contato@nautiluspublicidade.com.br ou WhatsAPP: (19) 9 9801.7240

Participe!

 

CARTAZ DA PRIMEIRA SEMANA LGBT DE RIO CLARO SP - ANO DE 2018


senac
16 de agosto de 2018

Senac Rio Claro promove mais uma edição do Casa Aberta com atividades gratuitas para toda a comunidade


Com extensa programação, a unidade apresenta suas experiências educacionais por meio de workshops, oficinas e palestras no sábado, dia 18 de agosto

 

Que tal participar de uma partida do popular jogo eletrônico League of Legendes ou aprender a se maquiar para as diferentes ocasiões? Ou, ainda, conhecer mais sobre as principais características das cervejas e degustar diferentes tipos da bebida? Essa é apenas parte da extensa programação da terceira edição do Casa Aberta, que o Senac Rio Claro oferece, dia 18 de agosto (sábado), das 10 às 16 horas.

 

O evento acontece em todas as 57 unidades Senac na capital, Grande São Paulo, litoral e interior do Estado. O Casa Aberta é uma oportunidade para conhecer a infraestrutura da instituição ao mesmo tempo em que se vivencia, na prática, a experiência Senac por meio de atividades nos ambientes educacionais dedicados à formação e ao desenvolvimento profissional.

 

Como uma forma de apresentar as opções em educação profissional da instituição, docentes e especialistas convidados do mercado comandarão workshops, palestras e oficinas. A agenda também envolve prestação de serviços em saúde, educação, cultura e lazer. A programação é voltada para toda a família. Neste ano, estão previstas mais de 1.600 atrações em toda a rede. Em 2017, 16 mil pessoas prestigiaram o evento nas unidades do Senac São Paulo.

 

 

Programação Senac Rio Claro

 

 

Em Rio Claro, 30 atividades gratuitas estão programadas, entre os principais destaques está o popular jogo eletrônico League of Legendes mais conhecido como LOL. A batalha irá ocorrer em formato de campeonato com oito times e terá início às 10 horas. As inscrições são gratuitas e acontecem por ordem de chegada.

 

E que tal incorporar em seu repertório cultural e gastronômico conhecimentos sobre as principais características das cervejas? Os interessados por esse universo podem participar do workshop: Degustação de Cervejas, que será realizado das 11 às 12 horas. Para se inscrever na atividade, exclusiva para maiores de 18 anos, é preciso chegar com 30 minutos de antecedência. As vagas são limitadas.

 

Para os apaixonados por maquiagem, uma oficina especial irá apresentar as técnicas básicas de automaquiagem para uso em diversos locais e ocasiões sociais. A atividade será guiada pela maquiadora e youtuber Camila Miamo em dois horários, das 10h30 às 11h30 e das 13 às 14 horas. As inscrições devem ser feitas pelo Portal Senac: www.sp.senac.br/casaaberta.

 

A diversão para toda a família fica por conta do Circo Vox, que está entre os três principais picadeiros contemporâneos do Brasil. O espetáculo “A arte sobre humanos”, traça um paralelo entre as dificuldades dos números circenses e a vida de um trabalhador comum. A apresentação começa as 14h30 e recomenda-se chegar com 30 minutos de antecedência para a retirada do ingresso.

 

Durante o evento, os visitantes poderão participar ainda de atividades com foco em saúde e bem-estar, prevenção de acidentes domésticos, arte de combate Krava Maga, produção de terrários e computação gráfica etc.

 

“Todos estão convidados a conhecer a nossa unidade e participar das atividades que programamos. O Casa Aberta é um evento voltado para toda família, estudantes, parceiros e pessoas interessadas em se divertir, aprender e conhecer mais sobre as diversas áreas de atuação do Senac”, afirma Fabiana Martins Vilela, gerente em exercício do Senac Rio Claro.

 

Para conferir a programação completa e inscrever-se nas atividades, acesse o Portal Senac, em www.sp.senac.br/casaaberta e escolha a unidade de sua preferência.

 

 

Serviço

Casa Aberta
Data: 18 de agosto de 2018
Horário: das 10 às 16 horas

 

Partidas “League of Legends”

Horário: das 10 ás 16 horas

Workshop: Degustação de Cervejas

Horário: das 11 às 12 horas

 

Oficina: Dicas de Maquiagem com a Youtuber Camila Miano 

Horário: das 10h30 ás 11h30

Horário: das 13 às 14 horas

 

Apresentação: Circo Vox – espetáculo A Arte Sobre Humanos

Horário: das 14h30 às 15h30

 

 

Senac Rio Claro
Endereço:
Avenida Dois, 720 – Centro – Rio Claro/SP

Inscrições: www.sp.senac.br/rioclaro

Programação e inscrições: www.sp.senac.br/casaaberta

 


arte-joaquina-6festa pre 2018-NAOMI-X
4 de julho de 2018

6 ª Festa Oficial Pré Parada LGBT de Rio Claro/SP


Venha conferir a delicinha que vai ser a 6 Festa Pré Parada do Movimento LGBT de Rio Claro/SP!!!
 
Confere só as News
 
Dia 07/07/2018, um Sabadão para curtir os amigos e conhecer as atividades/ações que estamos realizando para a NOSSA GRANDE E PRIMEIRA SEMANA E PARADA LGBT DE RIO CLARO/SP  ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
 
A partir das 20:00 hrs esperamos você e a sua turma, vem que vem, utilizaremos a cor de nossa bandeira: ROSA.
 
Endereço: Avenida 24 A , esquina com a Rua 12B
Bairro: Bela Vista – Rio Claro/SP
 
Durante todo o ano de 2018, nós do Movimento LGBT+ de Rio Claro/SP, junto com nossa comissão organizadora e nossos patrocinadores, iremos realizar uma festa por mês até a data de nossa Primeira Semana e Parada Oficial para arrecadarmos fundos para o Evento.
 
Nossa Semana e Parada Oficial ocorrerá do dia 15/10 ao dia 21/10/2018.

O Tema será: Chega de Opressões! É hora de dar close !
 
Escolhemos a cor Rosa pois significa romantismo, ternura, ingenuidade e está culturalmente associada ao universo feminino. Aliás, outras características como beleza, suavidade, pureza, fragilidade e delicadeza manifestadas pela cor rosa, geralmente, são também atribuídas às mulheres.

 

Apresentadora: Brennah Satiez 

 

arte-joaquina-6festa pre 2018-brennah

Apresentador: Bruno Santoro 

arte-joaquina-6festa pre 2018-bruno

IMPERDÍVEL –  Atrações e Atividades 

DJ, Performer, atriz, dançarina, educadora e trans ativista:

Naomi X – 20:00 Hrs 

 

arte-joaquina-6festa pre 2018-NAOMI-X

Banda Iguais – Música Ao Vivo – 22:00 Hrs

arte-joaquina-6festa pre 2018-BANDA IGUAIS

Link Oficial do Evento: https://www.facebook.com/events/252262225335220/

  

Entrada: FREE
Arrecadação: Durante o evento a Organização do Movimento LGBT estará realizando arrecadação voluntária para angariar fundos para

 
A NOSSA Primeira Semana e Parada LGBT. A doação será livre, sem valor específico. Colabore conosco como puder.

 

Agradecemos novamente a todos que estão somando forças conosco nessa PRIMEIRINHA PARADA.

 

Vai ter muito Glitter simmmm e muito amor!!!

 

Importante – Não é permitido o consumo de álcool por menores de 18 anos – Leve o RG


1
19 de junho de 2018

MP vs José Basílio Lemes Neto e Município de Rio Claro /SP – evento clandestino de halterofilismo


MP vs José Basílio Lemes Neto e Município de Rio Claro /SP – evento clandestino de halterofilismo – ACP – Juiz determina que o MP demonstre a sua legitimidade ativa bem como aponte o doc. da taxa de inscrição de 50 reais.

 

1

 

Entenda o caso.

Seguem anexos.

 DOWNLOAD – CLIQUE AQUI

 

 

“A luta do MP continua, em defesa dos direitos e interesses dos consumidores”.

Dr. Gilberto Porto Camargo

Promotor de Justiça do Consumidor de Rio Claro​

 

Vara da Fazenda Pública da Comarca de Rio Claro – SP.

Processo Digital n° 1002276-19.2017.8.26.0510.

 

 

Mm. Juiz:

 

 

 

 

  1. Fl. 444: quanto “à necessidade deste representante do Ministério Público esclarecer acerca de sua atuação nestes autos, especificadamente na defesa de qual interesse defende”, consigna-se que a propositura da presente Ação Civil Pública pelo membro do Parquet está respaldada nas disposições contidas nos artigos 127, caput e 129, inciso III, da Constituição Federal de 1988.

 

 

Em sede infraconstitucional, a legitimidade do Ministério Público para ajuizar ações em defesa dos direitos transindividuais dos consumidores está sedimentada nos artigos 81 c/c 82, I da Lei nº 8.078/90.

 

 

Sustenta-se, ainda, tal legitimidade no art. 1º, inciso II, art. 5º, art. 11 e art. 12 todos da Lei nº 7.347/85, que regulamenta as Ações Civis Públicas por ofensa aos direitos assegurados ao consumidor.

 

 

No mesmo sentido, prevê a Lei nº 8.625/92 – Lei Orgânica Nacional do Ministério Público, em seu art. 25:

 

 

“Art. 25. Além das funções previstas nas Constituições Federal e Estadual, na Lei Orgânica e em outras leis, incumbe, ainda, ao Ministério Público:

(…)

 

IV – promover o inquérito civil e a ação civil pública, na forma da lei: a) para a proteção, prevenção e reparação dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, aos bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico, e a outros interesses difusos, coletivos e individuais indisponíveis e homogêneos;”

 

 

Da mesma forma, estipula a Lei Complementar Estadual 734/93 – Lei Orgânica do Ministério Público do Estado de São Paulo, em seu art. 103, inc. VIII:

 

 

“Art. 103. São funções institucionais do Ministério Público, nos termos da legislação aplicável:

(…)

 

VIII – promover o inquérito civil e a ação civil pública, para a proteção, a prevenção e a reparação dos danos causados ao patrimônio público e social, ao meio ambiente, ao consumidor, aos bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico, e a outros interesses difusos, coletivos, homogêneos e individuais indisponíveis;

 

 

Os atos normativos ora mencionados, portanto – sobremaneira a Constituição Federal -, evidenciam a atribuição do Ministério Público para o exercício da Ação Civil Pública e assentam a adequação dessa via para a defesa de direito transindividual a ser resguardado.

 

 

Desta forma, em hipóteses como a vertente, a legitimidade do Ministério Público resta inconteste e decorre do fato de se tratar de ofensa a direito transindividual a ser defendido por meio de ação civil pública.

 

 

A presente questão merece análise aprofundada das consequências dos atos ilícitos expostos na lide, haja vista a coletividade de atletas consumidores envolvidos com o esporte que tiveram a saúde e a integridade física expostas a risco e seus esforços físicos e econômicos em vão, diante da invalidade de campeonatos para os quais investiram tempo, suor e recursos financeiros.

 

 

Portanto, constatando tratar-se de lesão a direito transindividual de atletas consumidores, incumbe ao Ministério Público o dever de zelar pelo efetivo respeito a esse direito, posto que se trata de matéria de relevância pública e de interesse social.

 

 

 

No mesmo sentido o entendimento do Colendo Superior Tribunal de Justiça:

 

 

 

“O Ministério Público tem legitimidade para a defesa de direitos individuais homogêneos, desde que a dimensão dos interesses defendidos seja socialmente relevante” (AGRESP 201301705209, MARCO AURÉLIO BELLIZZE, STJ – TERCEIRA TURMA, DJE DATA:01/06/2015).

 

 

Destarte, o Ministério Público se encontra suficientemente autorizado para constar no polo ativo desta ação, estando a pretensa medida judicial, inclusive, amparada em seguras provas colhidas em procedimento investigatório.

 

  1. Quanto “ao dever de indicar qual documento, juntado aos autos comprova o pagamento da indicada taxa de R$ 50,00 (cinquenta reais) para a participação no evento”, justifica-se que este valor está explicitamente demonstrado no documento a fl. 50, bem como nas declarações do próprio denunciante Sr. Gerverson Eduardo Ramos[1], em sua representação às fls. 45/46, prova esta que o autor pugnou também produzir na fase instrutória a fl. 429, agora na qualidade de prova testemunhal, submetendo-a ao crime do devido processual legal, contraditório e ampla defesa, ao postular a sua oitiva em Juízo, na medida em que as suas testemunhas arroladas a fl. 429 possuem pleno conhecimento da clandestinidade do evento impugnado nestes autos, com a ciência e adesão da Prefeitura Municipal de Rio Claro/SP, à época dos fatos.

 

 

 

 

 

 

Diante do exposto, reitere-se o pedido de fl. 429.

 

 

Rio Claro, 15 de junho de 2018.

 

 

 

 

Gilberto Porto Camargo

  5º Promotor de Justiça

 

[1] Representante da Federação Paulista de Levantamentos Básicos do Interior.


arte-joaquina-vini
24 de abril de 2018

3ª Festa Pré Parada LGBT de Rio Claro/SP – 27/04/2018


Durante todo o ano de 2018, nós do Movimento LGBT+ de Rio Claro/SP, junto com nossa comissão organizadora e nossos patrocinadores, iremos realizar uma festa por mês até a data de nossa Primeira Semana e Parada Oficial para arrecadarmos fundos para o Evento.

 

Nossa Semana e Parada Oficial ocorrerá do dia 15/10 ao dia 21/10/2018.

O Tema será: Chega de Opressões! É hora de dar close!

CAMPANHA 2018 CONTRA A LGBTFOBIA ;)

CHEGA DE OPRESSÕES! É HORA DE DAR CLOSE

Você quer apoiar as pessoas que sofrem com a LGBTFOBIA e mostrar para todo mundo que BASTA DE TANTA INTOLERÂNCIA E FALTA DE RESPEITO?! QUE CHEGA DE OPRESSÕES?! POR MAIS AMOR?!

Então Junte-se a nós!!!

PRIMEIRA PARADA LGBT+ DE RIO CLARO/SP
21 DE OUTUBRO DE 2018 <3 <3 <3
Domingo – HRS: 13:00
Concentração no Jardim Público – Praça Central de Rio Claro/SP – Avenida 1 com a Rua 3, N°945 – Centro, Rio Claro – SP

COMPARTILHA!!!

Link da Primeira Semana LGBT+ de Rio Claro/SP:
https://www.facebook.com/events/1987158644887736/

Link da Primeira Parada LGBT+ de Rio Claro/SP
https://www.facebook.com/events/380795379007949/

Acesse o Website

www.movimentolgbt.com.br

 

A terceira festa será no dia 27/04, a partir das 21h no Joaquina Lounge Bar, onde utilizaremos a cor de nossa bandeira: Amarela.

  

arte-joaquina-3festa

Escolhemos a cor Amarela, pois desejamos chamar a atenção CONTRA A LGBTFOBIA que anda ocorrendo no Brasil todo,

a falta de tolerância MATA e isso é gravíssimo!

Não aceitamos tanta intolerância e continuamos lutando
Contra a LGBTFOBIA – Junte-se a nós!
Por mais Educação e Informação para todos!
Acreditamos que o mundo está precisando!
Amor as coisas, a si mesmo e principalmente ao próximo!

A cor amarela também significa luz, calor, descontração, otimismo e alegria. É uma cor inspiradora e que desperta a criatividade. Estimula as atividades mentais e o raciocínio.

#VemVem2018 #MovimentoLGBT #ResistênciaLGBT #RioClaro #SP

Apresentadora: Brennah Satiez   

arte-joaquina-brennah

Apresentador: Bruno Santoro   

arte-joaquina-bruno

IMPERDÍVEL – Line Up:

DJ Vinícius Harmando – Comemorando seu BDay 

arte-joaquina-vinicius

DJ Storn 

arte-joaquina-STORN (1)

Pocket Show: Lauren Folks   

arte-joaquina-lauren

Drag Performance: Verônica Drag   

arte-joaquina-veronica

Link do Evento: https://www.facebook.com/events/232609723955538

 

Portaria: R$ 15,00 sendo R$ 10,00 consumíveis.
*** Importante – Não é permitido a entrada de menores de 18 anos.
Será solicitado o RG na portaria.