Revista Colaborativa Rio Claro Online Contato WhatsApp: +55 19 9 9801.7240 | 3597.0881 contato@rioclaroonline.com.br


julinho-lopes
7 de março de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Julinho Lopes


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador  Julinho Lopes.

 

 Julinho Lopes é Comerciante e Vereador pelo Partido Progressistas, nasceu em 04/10/1960.
Contato: (19) 3526-1316
Site: www.julinholopes.com.br
E-mail: julinholopes11@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/julinholopes.rioclaro/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: A questão aborda vários pontos, o recapeamento não tem condições de fazer na cidade toda, sou favorável em pontos ao empréstimo, o DAAE está quebrado, isso é evidente, 5 milhões não resolve a saúde, estou vendo outros projetos para viabilizar mais coisas para Rio Claro/SP, mas tem gente que reclama demais, o Hospital Dia do Cervezão poderia existir, podia ter mais coisas boas, em relação a ponte do Terra Nova estou cobrando também e outros projetos importantes estão em andamento, estamos buscando parcerias para a cidade. 

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: Olha, todos temos o direito de questionar, só que é o seguinte, está na Justiça, e é somente ela que vai decidir, ele está em fase de recurso ainda…ele pode estar sendo injustiçado…

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta:  Tem espaço para todo mundo, e todos devem ser respeitados, vou verificar o projeto com atenção eu prometo, toda vida é importante.


thiago-vereador-rioclaro-sp-2019
7 de março de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Thiago Yamamoto


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador Thiago Yamamoto.

 

Thiago Yamamoto é Vereador pelo Partido Socialista Brasileiro, nasceu em 01/12/1982.
Contato: (19) 3526-1336
E-mail: thiago_japones@hotmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/Thiago-Japon%C3%AAs-1217084234994285/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Empréstimo é a última opção, o DAAE tem dívida grande, tem que haver gestão e receber de quem deve primeiro. A saúde precisa de cuidados, acredito em ações preventivas, fazer funcionar bem as Unidades Básicas de Saúde, e não tem como negar, as carretas estão indo embora…e fica uma população sem atendimento, parcialmente sou contra a ideia de empréstimos, mas estou estudando também algumas ideias. Alguma coisa tem que ser feita.

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: O que a Justiça determinar eu sou favorável, mas sou contrário um ativismo judiciário quando entra na esfera legislativa e vice-versa. Vamos aguardar a Justiça!

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: A vida das pessoas todos nós temos que proteger sempre, independente de qualquer coisa, desde a sua concepção até a sua morte, eu apoio a vida e vou analisar o projeto com certeza.


seron
25 de fevereiro de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Ruggero Seron


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador Ruggero Seron.

 

Ruggero Seron é Policial Militar e Vereador pelo Partido Democratas, nasceu em 08/11/1982.
Contato: (19) 3526-1312
E-mail: seron@rioclaro.sp.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/policialseron/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Sou contra o empréstimo, estamos em um momento fiscal muito difícil, e a arrecadação não está boa, todo mundo sabe que empréstimo é emergencial, o Prefeito foi precipitado, deveria chamar as lideranças e bancadas para conversar melhor a respeito.

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: Gosto muito da constituição, sou Policial Militar, sempre vou agir dentro da legalidade, vou aguardar a decisão da Justiça.

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: Sou da Igreja Evangélica, o direito de um não deve sobrepor ao outro, sou contra dinheiro público para manifestações, em qualquer aspecto, seja para o Carnaval, para a Marcha de Jesus, ou mesmo, para a Parada LGBT, eu entendo e sei que aqui em Rio Claro/SP não foi utilizado nenhum dinheiro público nas atividades e manifestações no ano passado, e quero ressaltar que eu respeito manifestações pacíficas que sejam realizadas sem armas. Quero já olhar o Projeto, com muita calma primeiro antes de opinar totalmente, mas reforço a ideia que eu respeito todos os seres humanos, sem distinção.


luciano_bomsucesso
25 de fevereiro de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Luciano Bom Sucesso


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador Luciano Bom Sucesso

 

Luciano Bom Sucesso é Garçom e Vereador pelo Partido da República, nasceu em 29/08/1981.
Contato: (19) 3526-1315
E-mail: luciano.bonsucesso@rioclaro.sp.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/lubonsucesso/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Achei uma pouca vergonha, sou totalmente contra, e eu fui o primeiro vereador a fazer um vídeo e expor em público que eu sou contra o empréstimo, esse Prefeito aí vai afundar Rio Claro/SP. Tem dívidas com o DAAE já cobra quem deve, nada a ver essa ideia de empréstimo!

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: O povo e o partido tem que se posicionar e tem o direito ao manifesto sim, acho válido.

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: Respeito todo mundo, quem sou eu para julgar as pessoas, sou contra o preconceito e violência em todas as suas formas, não sou Deus, mas sei que tem que existir leis sim que defendam pessoas LGBT, eu respeito o espaço dos outros, sou a favor.


rafael_andreeta
25 de fevereiro de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Rafael Andreeta


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador Rafael Andreeta

 

Rafael Andreeta é Empresário e Vereador pelo Partido Trabalhista Brasileiro, nasceu em 30/06/1981.
Contato: (19) 3526-1310
E-mail: rafael.andreeta@rioclaro.sp.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/vereador.andreeta/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Tiraram o projeto mas ele vai voltar, e eu sempre fui contra esse empréstimo! Primeiro: O Prefeito não tem palavra, e eu aprendi na vida pública que político tem que honrar a sua palavra e segundo é que o Prefeito não vem cumprindo o que prometeu para o povo, um exemplo claro é a famosa Taxa de Iluminação né, o fim do carnaval para melhorar a saúde, e o que falar da saúde? A Saúde está um caos, e o que o Prefeito faz? Ele sempre cobrou a dívida da Santa Casa e hoje ele é outro Prefeito devendo, prometeu enxugar a máquina pública e diversos gastos à toa, mas se recusa a cumprir o pedido do Ministério Público de exonerar os comissionados… ele está gastando muito dinheiro em radares, em aluguéis caríssimos  de carros e milhões em contrato com empresas que não trazem benefícios reais e concretos para a nossa cidade, ai falta dinheiro na cidade mesmo.

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: O partido tem o direito dessa representação sim, mas nós vereadores precisamos esperar a Justiça em segunda instância, e se ele estiver errado mesmo, com certeza deve pagar.

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: Cobro sempre por mais saúde e segurança para todas as pessoas, sem distinção, com certeza eu respeito todas as pessoas, apoio o Projeto.


adriano_latorre
25 de fevereiro de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Adriano La Torre


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador Adriano La Torre

 

Adriano La Torre é Almoxarife e Vereador pelo Partido Progressista, nasceu em 14/08/1970.
Contato: (19) 3526-1323
Site: http://www.adrianolatorre.com.br/
E-mail: adriano.latorre@rioclaro.sp.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/AdrianoLaTorreOficial/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Nesse momento não seria viável, deram esperança para o povo, fui na Nova Rio Claro e já afirmaram que iriam fazer os serviços… com a retirada do projeto o povo fica frustrado, estão criando muita expectativa na população… a retirada do projeto foi uma ação correta, precisamos estudar melhor esse pedido de empréstimo, do jeito que foi apresentado para a população sou contra.

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: Não somos nós que temos que julgar, quem julga é a Justiça, eu sei que o Paulo tem família também… assim como todos nós.

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: Todo mundo é igual, cada um tem o direito de ser como é e de se manifestar, apoio projetos que valorizam a vida  humana. Sou a favor.


irander_augusto
24 de fevereiro de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Irander Augusto


A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

O entrevistado da vez é o Vereador Irander Augusto

 

Irander Augusto é Vendedor de Comércio Varejista/Atacadista e Vereador pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), nasceu em 15/12/1977.
Contato: (19) 3526-1301
E-mail: irander.lopes@rioclaro.sp.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/vereador.iranderaugusto/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Para asfalto não precisa de empréstimo, sou contra, não é necessário o empréstimo, e o Prefeito sabe muito bem disso… 

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: Situação muito complicada…independente da ideologia todos tem o direito de pedir a cassação, é direito do partido se manifestar.

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: Olha… não sou contra LGBT, eu respeito e até tenho amizade, mas acho que a maioria é desordeira, sou contra.


neypaiva
24 de fevereiro de 2019

Bate-Papo da Rio Claro Online na Câmara Municipal: Vereador Ney Paiva


A Revista Digital Rio Claro Online começa apresentar uma série de entrevistas curtas com os vereadores na Câmara Municipal de Rio Claro/SP, abordando rapidamente três assuntos de interesse público e que a população rioclarense ainda está com dúvidas sobre o que foi apresentado nesse começo de ano na cidade.

 

A Rio Claro Online traz com exclusividade para você algumas respostas e posicionamentos dos nossos representantes, a população rioclarense no geral quer saber a opinião de cada um deles, nobres vereadores, a Rio Claro Online agradece a colaboração e participação dos entrevistados (as).

 

Abrindo essa série de entrevistas, começamos com o vereador Ney Paiva.

 

Ney Paiva é Locutor, Gerente da Rádio Cultura e Vereador pelo Democratas (DEM), nasceu em 18/05/1959.
Contato: (19) 3526-1320
E-mail: ney.paiva@rioclaro.sp.leg.br
Facebook: https://www.facebook.com/NeyPaiva1140/

 

1- ) Pergunta: O que você achou do Projeto de empréstimo no valor de R$ 60 milhões de autoria do Poder Executivo, do Prefeito João Teixeira Júnior? Lembrando que o Projeto foi retirado para adequações.

Resposta: Existem vários pontos, não é só asfalto, me lembro que o DAAE emprestava dinheiro da Prefeitura, ele está abandonado, o DAAE tem muita dívida, pessoas que devem para o órgão tem que acertar seus débitos. A saúde está mal, e esse empréstimo eu vejo pelo lado bom, no cervezão por exemplo tem espaço para construir um mini hospital. Não tem outros caminhos, as carretas estão indo embora, então concordo com o empréstimo. Concordo com 30 milhões para o asfalto, nós pagamos o asfalto, e isso valoriza o terreno, e é claro que tem que ser muito bem explicado e acompanhado tudo que envolver esse empréstimo com certeza.

 

2- ) Pergunta: O que você achou do Pedido de Cassação representado pelo Partido Psol contra o vereador Paulo Guedes?

Resposta: Não é um caso nosso para resolver…nunca foi condenado ninguém em primeira instância, isso leva de dois a três anos para o juiz decidir, e a Câmara não pode tomar uma decisão sendo que é a Justiça que manda, sou favor sim que se cometeu erro tem que pagar, mas ressalto que quem julga é a Justiça, esse processo pode ser lento e podemos fazer uma injustiça.

 

3-) Pergunta: Você apoia o projeto de lei que institui a data da Semana e Parada LGBT do Movimento LGBT no município de Rio Claro/SP? Projeto LGBT que visa o fomento do estudo, das atividades sadias e socioeducacionais, saúde e segurança, do culto ao saber, à humanidade, à família, do culto ao respeito que o indivíduo deve a si mesmo, ao que é seu, ao respeito que deve aos demais e à propriedade alheia, visando direitos LGBT’s, para assim, formar na juventude a consciência cabal de sua responsabilidade perante a vida, seus semelhantes, sua cultura e o seu mundo.

Resposta: Apoio sim o Projeto, mas não gosto da exposição forçada de alguns LGBT’s, é o que eu sempre afirmo na rádio: “Quem bate em LGBT é gay, tá na cara”.


prefeito-juninho-rioclaro-sp
28 de janeiro de 2019

Prefeito defende economia, mas não corta comissionados, conforme determina MP


Em meio aos discursos de economia aos cofres públicos, prefeitura de Rio Claro segue sem acatar a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que determinou a exoneração de quase 300 cargos em comissão (cargos de confiança).

 

Levantamento feito no Portal da Transparência aponta que exatos 274 comissionados devem ser atingidos pela decisão por ocuparem os referidos cargos. Do total, 89, além de ocuparem as funções de confiança, também são funcionários de carreira.

 

DECISÃO

 

A decisão do TJ-SP se baseia no argumento do Ministério Público de São Paulo que alega que a disposição de cargos no âmbito da administração pública afronta as regras constitucionais.

 

De acordo com o MP, os cargos em questão não podem ser considerados de direção, chefia e assessoramento, visto que consistem em funções técnicas e burocráticas que devem ser exercidas por funcionários efetivos.

 

PRIORIDADES

 

Sem cortar os cargos em comissão, que representaria significativa economia aos cofres públicos, a prefeitura deixa de priorizar áreas de primeira necessidade, como a saúde, que padece de investimentos por falta de recursos.

 

As reclamações são cada vez mais constantes e as redes sociais se transformaram no instrumento da população para criticar o prefeito e seu secretariado.

 

PREFEITURA

 

Em entrevista ao Diário do Rio Claro, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria (Democratas), declarou que pretende atender a determinação judicial, tão logo for julgado o recurso apresentado pelo poder público. “Dependendo a decisão, vamos passar por uma readequação”, disse.

 

O secretário de Negócios Jurídicos, Rodrigo Ragguiante, disse que a lei que criou os cargos e é questionada pela justiça é de 2014. “Já ação foi ajuizada em 2018. Cabe à prefeitura elevar essa discussão e recorrer. O que a justiça determinar será feito. Decisão judicial não se discute, se cumpre”, finaliza.

 

Fonte: Diário do Rio Claro


camara-rioclaro-paulo-guedes
22 de janeiro de 2019

Decisão em primeira instância condena Paulo Guedes, que vai recorrer


Decisão em primeira instância condena o vereador Paulo Guedes (PSDB) a seis anos, sete meses e dez dias de reclusão, além da multa.

 

A sentença foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico na sexta-feira (18) e diz que o vereador teria obtido vantagem indevida, conforme previsto no artigo 316 do código penal.

 

A sentença, dada pelo juiz da 3º Vara Criminal, Sergio Lazzarreschi de Mesquita, esclarece que o vereador poderá recorrer em liberdade. A perda de mandato também só acontece depois do trânsito em julgado, quando será feita a execução da pena. Vale ressaltar que, se o Supremo Tribunal Federal (STF) não mudar o entendimento, o apenamento é aplicado no término do julgamento em segunda instância.

 

AÇÃO

 

A ação penal foi proposta pelo Ministério Público, que iniciou a investigação em 2014. Segundo a procuradoria, duas ex-funcionárias do gabinete do parlamentar confirmaram que eram obrigadas a entregar parte do salário, que ultrapassava 50% dos rendimentos, para Guedes.

 

ESQUEMA

 

Conforme explicado pelo promotor André Vitor de Freitas, em 2015, tanto uma quanto a outra funcionária podiam ficar apenas com R$ 2 mil, sendo que uma tinha vencimentos de R$ 11.318,53 e a outra de R$ 4.448,83.

 

Na época, o promotor observou que no dia do pagamento ou no seguinte, o salário era sacado integralmente das respectivas contas. O dinheiro era supostamente para ser entregue ao vereador e, conforme declarações do promotor, havia pelo menos um registro de transferência bancária de uma das funcionárias para a conta de Guedes.

 

PRÁTICA

 

A prática, denominada rachid (expressão da palavra rachar), supostamente seria utilizada também por outros vereadores, ainda de acordo com declarações de Freitas em 2015. No entanto, mesmo com informações de que outros vereadores se beneficiaram do mesmo esquema, não foram reunidas provas pela promotoria pública.

 

OUTRO LADO

 

Em nota ao Centenário, o vereador Paulo Guedes enfatizou que recebeu com surpresa a notícia de que a ação penal foi julgada procedente.

 

“Estou seguro da lisura dos meus atos e, conforme assegura a Constituição Federal, estarei interpondo recurso de apelação. Acredito na justiça e, por ser assim, continuarei a trabalhar como sempre fiz, certo de que os tribunais, ao final, reverterão a sentença que contra mim foi prolatada.

 

Ademais, a Constituição Federal assegura que ninguém será considerado culpado até que haja sentença final, transitada em julgado. Prosseguirei firme no meu compromisso com a cidade e com o povo de Rio Claro, certo de que a verdade e a justiça prevalecerão”, se defende.

 

Aldo Demarchi diz que não desviou salários

 

Na Assembleia Legistativa do Estado de São Paulo (Alesp), pelo menos cinco deputados foram alvo do Ministério Público por suspeita de apropriação de salários de funcionários [o rachid]. Entre os nomes estão o de Campos Machado (PTB), Aldo Demarchi (Democratas), Clélia Gomes (Avante), Feliciano Filho (PRP) e Luiz Fernando Teixeira Ferreira (PT).

 

Questionado, o deputado Aldo Demarchi enfatizou: “é uma história requentada que surgiu na época em que fui segundo secretário da Mesa Diretora da Assembleia e que não me envolveu diretamente, mas alguns servidores. Não se tratou, portanto, de nada vinculado a mim ou aos funcionários do meu gabinete. Prova disso é que a investigação foi encerrada”.

 

 

Fonte: Diário do Rio Claro