Instituto Adolfo Lutz confirma duas mortes pelo vírus H1N1 em Rio Claro, SP

1
10 de abril de 2018

Vítimas morreram na semana passada em um hospital particular.

 

Os resultados dos exames feitos pelo Instituto Adolfo Lutz em dois pacientes que faleceram em um hospital particular com problemas respiratórios em Rio Claro (SP), na última semana, deram positivo para o vírus da Influenza H1N1. As vítimas eram marido e mulher, tiveram os mesmos sintomas e morreram com poucos dias de diferença.

 

Esses são os primeiros casos de H1N1 confirmados na cidade que ainda está investigando mais dois casos suspeitos: um homem e uma mulher que estão internados em observação.

 

A Secretaria de Saúde de Rio Claro disse que a população não precisa ficar em alerta porque a cidade não vive surto da doença e que a vigilância epidemiológica está tomando todas as providências que fazem parte do protocolo de ações do Ministério da Saúde para suspeitas ou confirmações de Influenza.

 

Mesmo assim, é preciso que as pessoas tomem cuidados lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto, não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar locais com aglomeração de pessoas.

 

Rio Claro irá participar da campanha nacional de vacinação contra a gripe, que começa em 23 de abril.

 

Sintomas

 

Os sintomas das Influenzas A e B são febre alta e súbita, tosse, dor de garganta, dor no corpo, dor nas articulações e dor de cabeça. No caso do H1N1, subtipo da Influenza A, um sintoma que chama a atenção é a falta de ar e o cansaço excessivo.

 

É importante distinguir a gripe do resfriado comum, que é muito mais leve, com sintomas menos graves como coriza, mal estar, dor de cabeça e febre baixa.

 

 

Fonte: G1

Rio Claro teve duas mortes por H1N1 confirmadas e irá entrar na campanha de vacinação

Foto: Prefeitura de Rio Claro/Divulgação