Revista Colaborativa Rio Claro Online Contato WhatsApp: +55 19 9 9801.7240 | 3597.0881 contato@rioclaroonline.com.br


FB_IMG_1433907940701
10 de junho de 2015

O abrigo irá realizar um bazar beneficente e precisa de colaboração com alguns itens, como:

-Cabides,

-Arara,

-Mesa,

-Balcão,

-Banca

E qualquer outra coisa que pode ser usado para o bazar.

Precisam também de alguém que possa transportar itens que foram doados.

 

Lembre-se : “O jovem de hoje será o obsoleto de amanhã. Valorizemos nossos idosos, pois estes possuem conhecimento suficiente para suprir dúvidas sobre o passado pouco conhecido por nós.” Denis Santarém

 

 


Cuidador
24 de abril de 2015

Apoio profissional garante qualidade de vida às pessoas idosas

Com o aumento da expectativa de vida dos brasileiros, que subiu para 74,9 anos para ambos os sexos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2014, a população mais velha passou a ter necessidades de produtos, serviços e cuidados diferenciados. Nesse cenário, um dos profissionais que ganhou espaço é o cuidador de idosos.

Docente do Senac Rio Claro, Amanda Sotero Izeppe Naitzki afirma que o cuidador tem o diferencial de ser preparado para prestar assistência ao idoso, com olhar minucioso no momento da execução do atendimento, preocupado em promover a saúde e minimizar os riscos e agravos à sua condição física.

Os principais cuidados com os idosos são destinados a suprir as necessidades fisiológicas básicas como: alimentação, sono e repouso, eliminações intestinal e vesical, aporte de oxigênio e lazer.

 Amanda explica que o cuidador também estimula a autonomia do idoso por meio da participação nas ações de autocuidado do cotidiano e nas atividades sociais.

“Esse estímulo deverá ser planejado a partir de uma avaliação prévia do seu contexto de saúde, respeitando sempre o seu desejo e limitações”, diz a docente.

Quem se interessa pela área ou gostaria de se aperfeiçoar nos cuidados com esse público pode conhecer o cursoCuidador de Idosos oferecido pelo Senac Rio Claro, no qual o participante é capacitado a buscar alternativas que favoreçam o envelhecimento ativo, bem-sucedido, com dignidade, respeitando a capacidade funcional da pessoa idosa, de forma ética e humanitária.

As inscrições estão abertas. Informações sobre o curso, programa e inscrições podem ser feitas no site www.sp.senac.br/rioclaro.

 

Serviço:

Cuidador de Idoso

Data: 27 de abril a 25 de junho

Hora: de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 17h30

Local: Senac Rio Claro

Endereço: Avenida Dois, nº 720 – Centro

Informações: www.sp.senac.br/rioclaro ou telefone (19) 2112-3400

Inscrições: www.sp.senac.br/rioclaro ou pessoalmente na unidade

 

Cuidador


a
9 de março de 2015

a

 

Fonte: https://www.facebook.com/bonsfluidos

Aprenda com os mais velhos, eles tem muito a ensinar! ;)

Ensine-os também , eles tem muito a se apegar/aprender :)


Melhor idade
2 de março de 2015

O toque de carinho, de apoio nos movimentos e os abraços espontâneos estimulam o funcionamento neurológico, melhoram a circulação sanguínea e aumentam a autoestima.

Desde pequenos, necessitamos muito do toque físico, do contato dos entes queridos, do carinho aconchegante. Isso não só fortalece nossos vínculos emocionais, como define nossa identidade. Através dos diferentes toques (suave, forte, intenso, etc.), vamos aprendendo como nos relacionar com as pessoas, vamos obtendo noção de limites e, principalmente, vamos aprendendo a amar.

Melhor idade

Melhor idade

Com o idoso não é diferente, pois, enquanto os filhos e      netos estão atarefados com suas correrias diárias, às vezes,  ele está com pouca ocupação passando grande parte do dia  sozinho. Então, o toque de carinho, de apoio nos  movimentos, os abraços espontâneos, são fundamentais  para estimular o funcionamento neurológico,  melhorar a circulação sanguínea e aumentar a  autoestima do idoso.

Valem massagens com óleos e cremes aromáticos, cafunés nos cabelos macios, movimentos circulares no rosto, pequenos alongamentos nos dedos das mãos, assistir televisão de mãos dadas, e tudo que nossa imaginação inventar. A própria pessoa pode – e deve – estimular sua pele, estabelecendo um contato gostoso, conversando com seu corpo.

Com a idade, a pele vai ficando mais fina e às vezes ressecada. Então é fundamental delicadeza ao tocar o idoso, sempre respeitando o ritmo do outro. Também é muito importante a pessoa que convive ou cuida de idosos aprender a se colocar no lugar dessa pessoa e tentar funcionar como ela. Por exemplo: idosos com dificuldade de locomoção são muito beneficiados quando o cuidador ou parente mostram no próprio corpo da pessoa qual movimento desejam que ela execute. Essa informação corporal, vivencial, é mais eficiente que a intelectual.

Nosso corpo guarda através da pele – o maior órgão humano – todas as informações sensoriais que vivemos e, por isso, concentra várias emoções e sentimentos. Se tivemos desde a infância, e ao longo das diferentes fases de desenvolvimento, toques agradáveis, afetuosos, divertidos, construímos uma identidade equilibrada e socialmente empática.

Mas, se ao contrário, fomos mal tratados, beliscados ou castigados, ou, ainda, se fomos criados sem carinho físico, as memórias sensoriais serão desagradáveis e/ou ambíguas. Portanto, é fundamental conquistarmos a confiança dessa pessoa antes de tocá-la para acima de tudo, respeitá-la.

O contato físico nos inclui num grupo, fortalece as conexões emocionais, nos dá mais segurança. Vamos lembrar-nos desse importante ingrediente da saúde emocional de todos nós!

Por: Elizabeth Ventura – Psicóloga com especialização em Psicosíntese, terapeuta individual e de grupo, coordenadora do projeto ‘Permitir-se’, formação holística de base (UNIPAZ), é colunista convidada do Portal Terceira Idade

Fonte: www.portalterceiraidade.org.br