Revista Colaborativa Rio Claro Online Contato WhatsApp: +55 19 9 9801.7240 | 3597.0881 contato@rioclaroonline.com.br

Minuto de Reflexão: 11.01.2017

Novo Lojo para Igreja Destaque
11 de janeiro de 2018

“Não façam da casa de meu Pai um mercado!”, bradava. Não foi um simples rapa nos camelôs. Quando Jesus expõe a VERDADE e traz mudança, levanta-se o ódio no meio de povo Judeu. Os comerciantes faziam parte da estrutura de arrecadação do Templo. Seus animais eram vendidos para sacrifícios a preços inflacionados: os sacerdotes só aceitavam pombos e bodes “puros”, justamente os comercializados lá mesmo. E os cambistas trocavam as várias moedas que os visitantes traziam pela única aceita pelo Templo, o Shekel. Esse dinheiro, junto com os impostos anuais que os sacerdotes cobravam de todo judeu adulto, faziam do Templo mais do que uma igreja. Na prática, ele era o Banco Central da Judeia. Chegava a empregar 18 mil homens em seu processo interminável de reconstrução e guardava fortunas.

 

Era nesse vespeiro que Jesus estava mexendo. Para quem, como Ele, pregava uma sociedade igualitária, baseada na ajuda, no respeito e consideração ao próximo, Jesus como qualquer um que escolhe viver os exemplos de Cristo é perseguido…
Jesus nos ensina que o profeta não tem honra no meio do seu povo, os perseguidores e assassinos de Jesus, foram do seu sangue, seu povo…
Diante disto, prossiga sabendo sempre, que quando escolhemos viver a Paz que só Cristo pode nos dar, também seremos apontados por muitos, mas como Cristo venceu, venceremos também.

 

Pastora
Márcia Valéria

 

26239016_1889734134373462_6329769466913133005_n