1

O Prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, Prefeito de Rio Claro enviou para a Câmara Municipal, o Projeto de Lei nº 184/2017, que trata da Politica Municipal de Fomento e Apoio ao Desenvolvimento Local e a Economia Solidária. No Artigo 24 ele pede a extinção do Fundo Municipal de Fomento a Economia Solidária.

 

Será que a Câmara Municipal de Rio Claro – SP vai concordar com esta proposta?

A primeira votação do Projeto de Lei foi aprovada pela maioria dos vereadores nessa segunda (16).

Segunda-feira que vem (23) tem a segunda votação.

 

“Nós Empreendimentos Econômico Solidários e Conselheiros do Conselho Municipal de Rio Claro (nem fomos consultados), não podemos permitir isso!” afirma Tatiana Silva, envolvida na Economia Solidária, revoltada com a situação.

 


1

O que é caráter?

 

Caráter é um conjunto de características e traços relativos à maneira de agir e de reagir de um indivíduo ou de um grupo. É um feitio moral. É a firmeza e coerência de atitudes.

 

O conjunto das qualidades e defeitos de uma pessoa é que vai determinar a sua conduta e a sua moralidade, o seu caráter. Os seus valores e firmeza moral definem a coerência das suas ações, do seu procedimento e comportamento.

 

O que é falha de caráter:

 

As falhas de caráter são características naturais do ser humano. Errar faz parte do desenvolvimento e é graças aos erros que muitas de nossas aprendizagens, e mesmo evolução como pessoas, acontece. A falha está relacionada com consciência e busca sincera por mudanças.

 

A falta de caráter é percebida quando, mesmo errando repetidamente com os outros, causando prejuízo a terceiros, e ferindo sentimentos através de manipulações e mentiras, a pessoa insiste no ato. A falta de caráter é característica de pessoas com baixa consciência moral, uma vez que essas pessoas não objetivam melhorar, pelo menos não sinceramente.

 

Alguns exemplos de FALTA de caráter:

 

Mentiras:

 

Todos nós mentimos, quer admitamos, quer não. As mentiras podem ser coisas banais do dia a dia, como dizer que vamos para casa, quando realmente não queremos sair com alguém. (nesse caso, até uma maneira de tentar abrandar um mal-estar), como podem ser mentiras mais graves, e que envolvem consequências importantes.

 

Entretanto, como eu disse no começo, todos estamos sujeitos a um erro grave. A diferença entre uma mentira acontecer em uma pessoa normal (cheia de falhas, mas que tem consciência), e em uma pessoa com falta de caráter, será a repetição e a não correção do ato, mesmo após ter passado por situações delicadas com as mentiras anteriores. Uma, duas mentiras são aceitáveis. Entretanto, um mentiroso (a) frequente mostra sérios sinais de falta de caráter.

 


Traição:

 

Longe de ser um tópico moralista, a traição pode ser entendida como falta de caráter, quando também acontece recorrentemente em uma relação em que o pacto do casal é de fidelidade. A traição também deve ser lembrada nos contextos de sociedade, no trabalho e amizade, em que o raciocínio é o mesmo: quebra de acordos e confiança.

 

Dívidas:

 

Uma coisa é a pessoa passar por situações complexas e que impossibilitem o pagamento de suas contas, outra coisa é a má administração do dinheiro, o consumismo desnecessário e o “comprar sem ter a intenção de pagar”. Um exemplo que deve ser observado são as pessoas que emprestam dinheiro de familiares e/ou amigos e não se veem na obrigação de pagar, aproveitando-se do vínculo afetivo existente. Mais uma vez, a falta e caráter será observada na frequência das ações.

 

Tratamento diferenciado:

 

O que motiva alguém a tratar bem algumas pessoas em detrimento de outras? O que pensar de alguém que só trata bem àqueles que têm dinheiro ou que podem lhe oferecer algo em troca? A arrogância, a hipocrisia e comportamento interesseiro também são, sem dúvidas, sinais de falta de caráter.

 

Manipulação:

 

Tentar convencer alguém a pensar ou fazer algo de maneira diferente são coisas completamente diferentes de manipular pessoas a fazerem coisas que elas, se estivessem em plena consciência de seus atos, talvez não fizessem. A manipulação é um comportamento egoísta, uma vez que tira o direito de escolha do outro, e mostra falta ou total ausência de consideração pelo outro. O manipulador sempre visa driblar vontades e regras para favorecimento pessoal.

 

Falta de palavra:

 

A falta de palavra pode caminhar próximo à mentira e à manipulação. Quando alguém combina algo ou assume um compromisso, a espera social é que o mesmo seja cumprido. Mais uma vez, descartando os casos isolados, uma “Palavra” quebrada com frequência oferece sérios indícios de falta de caráter.

 

Não assumir as próprias responsabilidades:

 

Um dos maiores sinais de maturidade que pode ser encontrado em alguém é a capacidade de assumir as próprias responsabilidades. A falta de caráter pode ser observada se uma pessoa repetidamente atribui a outros a responsabilidade por atos que deveriam ser assumidos pessoalmente, principalmente, no que se refere às quebras de regras e leis que infringem com frequência.

 

Nota da página: Não é por acaso que as características acima são frequentes em sociopatas, pessoas com ausência de consciência e consideração pelos outros.

 

Fonte: Bem mais Mulher


1

Documento foi enviado aos deputados e senadores após divulgação do vídeo de Funaro

 

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer encaminhou, nesta segunda-feira, uma carta aos deputados e senadores do Legislativo na qual diz ser vítima, desde maio, de “torpezas e vilezas” e que, apesar de “jamais” ter acreditado haver uma conspiração para o retirar do cargo de presidente da República, agora enxerga esses fatos como “incontestáveis”. Um dos argumentos utilizados pelo presidente é uma entrevista concedida pelo ex-deputado Eduardo Cunha à revista “Época”. (LEIA AQUI A ÍNTEGRA DA CARTA)

 

“Começo pelo áudio da conversa entre os dirigentes da JBS. Diálogo sujo, imoral, indecente, capaz de envergonhar aqueles que o ouvem. (…) Quem o ouviu verificou urdidura conspiratória dos que dele participavam demonstrando como se deu a participação do ex-procurador-geral da República (Rodrigo Janot), por meio de seu mais próximo colaborador, Dr. Marcelo Miller”, avalia Michel Temer.

 

No texto, o presidente se diz “indignado” por ser “vítima de gente tão inescrupulosa”. Na entrevista à “Época”, Cunha diz que sua tentativa de fechar um acordo de delação premiada junto à força-tarefa da Operação Lava-Jato não foi bem sucedida porque o procurador-geral exigia que ele incriminasse o presidente da República.

 

“Esta negativa levou o procurador Janot a buscar alguém disposto”, pondera Temer no documento ao se referir às delações de Lúcio Funaro, apontado como operador do PMDB no esquema de propina: “Ressaltando que ele, Funaro, sequer me conhecia”, destaca.

 

O presidente também cita o vazamento dos áudios com conversas dos dirigentes da JBS, Joesley Batista e Ricardo Saud, em que avalia ficar claro o objetivo de “derrubar o presidente da República”. Temer pontua ainda que nos áudios Joesley diz que, “no momento certo, e de comum acordo com Rodrigo Janot, o depoimento já acertado com Lúcio Funaro ‘fecharia a tampa do caixão'”.

 

“Tudo combinado, tudo ajustado, tudo acertado, com o objetivo de: livrar-se de qualquer penalidade e derrubar o presidente da República. (…) Afirmações falsas, denúncias ineptas alicerçadas em fatos construídos artificialmente e, portanto, não verdadeiros, sustentaram as mentiras, falsidades e inverdades que foram divulgadas”, critica Michel Temer.

 

O peemedebista aproveitou para exibir índices que apontam a retomada do crescimento do país. Entre eles estão a queda da taxa Selic – que em maio de 2016 marcava 14,25% e, em setembro deste ano, chegou a 8,25% -, e o aumento do valor exportado, que acumulou US$ 164,603 bilhões desde janeiro de 2017.

 

“O Brasil não parou, apesar das denúncias criminosas que acabei de apontar”, pondera Temer ao ressaltar a agenda de reformas propostas pelo seu governo: “O País avança com o teto de gastos públicos, lei das estatais, modernização trabalhista, reforma do ensino médio, proposta de revisão da Previdência, simplificação tributária”.

 

Temer ressalta ainda que a carta tem tom de “desabafo”, e afirma que a “armação está sendo desmontada”. “É uma explicação para aqueles que me conhecem e sabem de mim. É uma satisfação àqueles que democraticamente convivem comigo”, destaca sobre o teor do documento.

 

A carta, com quatro páginas, foi enviada aos parlamentares na semana em que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara se prepara para votar o parecer de Bonifácio Andrada (PSDB-MG) pelo arquivamento da segunda denúncia feita contra o presidente pelo Ministério Público (MPF) por obstrução à Justiça e organização criminosa.

  

Foto: Presidente Michel Temer no Palácio do Planalto – Ailton de Freitas / Agência O Globo

Foto: O Globo


2

O Conselho Municipal de Saúde de Rio Claro convocou a 13ª Conferência Municipal de Saúde de Rio Claro/SP, que será realizada no dia 02 de Dezembro de 2017, em Rio Claro.

 

TEMA DA CONFERÊNCIA:
“Responsabilidade do Controle Social no SUS”.

 

Os eixos temáticos da 13ª Conferência Municipal de Saúde de Rio Claro/SP serão:

I – Entendendo melhor o Controle Social;
II – Fortalecimento da Participação Social; e
III – A população como protagonista no SUS.

 

As pré-conferências poderão ser realizadas no período de 09 de Outubro a 11 de Novembro de 2017, para tanto, pedimos a gentileza que nos informe qual a melhor data de realização enviando e-mail para: conselho@saude.rc.sp.gov.br ou conselho@saude-rioclaro.org.br

 

CONTAMOS COM A SUA PARTICIPAÇÃO!

 

1


rio-corumbatai

convite


1

Qual a diferença entre calúnia, difamação e injúria?

 

Calúnia, difamação e injúria são crimes contra a honra das pessoas, previstos judicialmente pelo Direito Brasileiro, no Código Penal (CP) e submetidos a sanções, como penas de reclusão e multas.

 

A diferença entre cada um dos crimes contra a honra está no conceito de honra que sofre acusação. A calúnia ofende a honra enquanto cidadão que é acusado de um crime, a difamação ataca a honra objetiva que é a reputação, e a injúria a honra subjetiva, que trata das qualidades do sujeito.

 

Calúnia

 

A calúnia é acusar alguém publicamente de um crime. É o artigo 138 do Código Penal Brasileiro, e prevê reclusão de 6 meses a 2 anos, além do pagamento de multa. Se o crime for comprovado, não existe condenação.

 

Difamação

 

A difamação, artigo 139, é o ato de desonrar alguém espalhando informações inverídicas. A pena é de 3 meses a 1 ano de prisão, com multa. E mesmo se a informação for verdadeira, a pessoa que sofreu a difamação ainda pode processar o outro.

 

Injúria

 

A injúria é quando uma das partes diz algo desonroso e prejudicial diretamente para a outra parte, como chamar de ladrão. É o artigo 140 do Código Penal, e tem de 1 a 6 meses de prisão, mais multa. Neste caso, a veracidade da acusação também não afeta o processo.

 

Exemplo de calúnia, difamação e injúria

 

A calúnia, a difamação e a injúria podem ser cometidos todos juntos de uma só vez. Por exemplo, em um debate na televisão durante a campanha para presidente, um dos candidatos dizer que o concorrente cometeu determinado crime, sem provas do ocorrido, e usando de palavras de calão para se referir à atitude do outro candidato. No caso, seria calúnia por espalhar publicamente, a difamação é o abalo da imagem do outro candidato, e a injúria pelos xingamentos proferidos diretamente ao envolvido, que era o adversário no debate.

 

Diferença entre os crimes contra a honra e os danos morais

 

A principal diferença entre os crimes contra a honra e os danos morais está em qual tribunal ou vara vai apreciar o processo.

 

Calúnia, difamação e injúria são crimes e estão previstos no Código Penal Brasileiro. Quem comete qualquer um dos três pode ir para a prisão, e é julgado por uma vara criminal.

 

Danos morais fazem parte do direito civil, são passíveis de indenização financeira e são julgados por uma vara cível. Mas o réu deste tipo de processo não é preso.

 

O que pode vir a acontecer é uma acusação de calúnia virar um processo de danos morais. Depois de julgado enquanto processo penal, e sentenciado a determinado tempo de reclusão, é possível que a acusação também vire um processo civil, com pedido de indenização por danos morais. Assim são dois processos, julgados por dois foros diferentes.

 

Os danos morais são situações que prejudicam a moralidade de uma pessoa. A indenização por danos morais é uma reparação pedida judicialmente pelos ataques pessoais que não sejam de forma física.

 

Calúnia 
Art. 138. Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime: Pena — detenção, de 6(seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.§ 1- Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga.§ 2- É punível a calúnia contra os mortos.§ 3- Admite-se a prova da verdade, salvo: I – se, constituído o fato imputado crime de ação privada, o ofendido não foi condenado por sentença irrecorrível;II – se o fato é imputado a qualquer das pessoas indicadas no n. I do art. 141;III – se do crime imputado, embora de ação pública, o ofendido foi absolvido por sentença irrecorrível.
 

Difamação
Art. 139. Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação:Pena — detenção, de 3(três) meses a 1(um) ano, e multa.
Parágrafo único. A exceção da verdade somente se admite se o ofendido é funcionário público e a ofensa é relativa ao exercício de suas funções.
 

Injúria 
Art. 140. Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro: Pena — detenção, de 1(um) a 6(seis) meses, ou multa.§ 1. O Juiz pode deixar de aplicar a pena:I – quando o ofendido, de forma reprovável, provocou diretamente a injúria;II – no caso de retorsão imediata, que consista em outra injúria.§ 2. Se a injúria consiste em violência ou vias de fato, que, por sua natureza ou pelo meio empregado, se considerem aviltantes:Pena — detenção, de 3(três) meses a 1(um) ano, e multa, além da pena correspondente à violência.

 

1


1

Corpo de Bombeiros controlou as chamas na tarde deste domingo (8), no Jardim São Paulo. Local estava vazio no momento que as chamas começaram e ninguém se feriu.

 

O incêndio destruiu parcialmente um buffet na manhã deste domingo (8), em Rio Claro (SP). O Corpo de Bombeiros controlou as chamas e ninguém ficou ferido. Imagens feitas por moradores flagraram o momento que o fogo destruía o local.

Incêndio no Buffet Pacheco's em Rio Claro (Foto: Vc no G1)

Incêndio no Buffet Pacheco’s em Rio Claro (Foto: Vc no G1)

As chamas começaram no final da manhã no Buffet Pacheco’s, que fica na esquina da Avenida 14 com a Rua 24, no Jardim São Paulo. O incidente assustou os vizinhos do local.

Um evento foi realizado entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo, mas não havia ninguém no local quando o fogo começou.

Os bombeiros foram chamados e controlaram as chamas durante a tarde. As causas ainda são desconhecidas e serão investigadas. Um morador fez fotos do local após o controle do fogo. (veja abaixo). A estrutura do local pode ter ficado comprometida e passará por avaliação.

Incêndio destruiu o Buffet Pacheco's parcialmente em Rio Claro (Foto: Tiago Tomazelli)

Incêndio destruiu o Buffet Pacheco’s parcialmente em Rio Claro

(Foto: Tiago Tomazelli)

Incêndio destruiu o Buffet Pacheco's em Rio Claro (Foto: Tiago Tomazelli)

Incêndio destruiu o Buffet Pacheco’s em Rio Claro (Foto: Tiago Tomazelli)

Fonte: G1


1

A marca Heineken® destina 10% da sua verba de marketing para incentivar pessoas a beberem menos

 

Promover o diálogo e a desconstrução de paradigmas, além de formar uma geração de cidadãos globais, conscientes do seu papel e engajados na construção de um mundo melhor, tem sido grandes desafios atuais. Nesse processo de transformação social, a HEINEKEN, cervejaria holandesa presente em mais de 192 países, tem se posicionado de maneira ativa: todos os anos, 10% da verba de marketing da marca Heineken são destinados para campanhas que incentivam o consumo responsável e moderado de bebidas alcoólicas.

 

Pode até soar meio incongruente uma cervejaria estimular as pessoas a beberem moderadamente, mas, na verdade, esse posicionamento faz parte dos valores da empresa: o Divertimento para a Vida. “Fazemos produtos para momentos de diversão e celebração, nunca de exagero”, explica Nelcina Tropardi, Vice-Presidente de Assuntos Corporativos da empresa no Brasil. “Por isso, não nos interessa o consumo excessivo. Acreditamos que é melhor vender uma cerveja para nove pessoas, do que nove para uma pessoa só”, diz.

 

Além disso, o compromisso da HEINEKEN em incentivar o consumo moderado é ainda um dos pilares mais importantes do Brewing a Better Word (BaBW), sua estratégia Global de Sustentabilidade. O nome brinca com os vários sentidos da palavra inglesa “brew”, que remete tanto a cerveja quanto ao processo de fermentação, ou seja, a ideia é estimular o desenvolvimento de um mundo melhor. A área também atua com foco em saúde e segurança, proteção dos recursos hídricos, redução nas emissões de CO2 e sustentabilidade na cadeia de fornecimento.

 

Bebedores Moderados – Você é um deles?

 

A primeira campanha da Heineken para incentivar os jovens a beberem menos foi ao ar em 2011. Chamada de “Sunrise Belongs to Moderate Drinkers” (O amanhecer pertence a quem bebe com moderação), trazia uma mensagem bastante clara: quem bebe com equilíbrio consegue se divertir a noite toda.

 

Em 2014, a cervejaria divulgou uma de suas mais inovadoras (e ousadas) campanhas. Chamada de “O Experimento” e com a participação do famoso DJ holandês Armin Van Buuren, ela fez uma comparação do consumo alcoólico dentro de uma danceteria. Na noite em que Van Buuren tocou, e deixou a festa muito mais animada, o número de cervejas compradas caiu quase pela metade. Com o comercial, a Heineken deixava claro que beber menos e ter controle sobre suas escolhas é o único comportamento a ser desejado.

 

Integrando com as demais marcas

 

O posicionamento de Heineken vem dando tão certo no Brasil, que, em 2016, a cervejaria começou a integrar suas demais marcas nessa estratégia de educação para o consumo responsável. A primeira ação feita em conjunto foi realizada em cidade de São Paulo e focada nas campanhas de mídias em elevadores, metrôs, ônibus e outros. Nesses meios, Heineken, Amstel e Sol Premium tiveram a imagem de suas cervejas substituídas por água — Desperados, Kaiser e Bavaria também fizeram a troca, mas no meio digital. O objetivo era surpreender o consumidor para mostrar que é possível ter uma atitude responsável no consumo de cerveja.

 

No mesmo ano, a Desperados lançou uma campanha em vídeo com a atriz Maria Casadevall, que mostrava que quem bebe com moderação se lembra da noite anterior e coleciona histórias para contar. Em 2017, foi a vez da Amstel invadir o carnaval paulistano distribuindo nove mil bilhetes de metrô e espalhando painéis interativos pela Linha 4 do Metrô.

 

“Nosso objetivo é nos diferenciarmos no mercado brasileiro de cerveja como uma empresa que valoriza seu consumidor, e se responsabiliza por conscientizá-lo sobre a melhor forma de consumo nossos produtos”, finaliza Nelcina.

 

Fonte: O Globo


motorhead-rioclaroonline14

O 1° Point do MotorHead Moto Grupo em Prol da ADERC foi um sucesso e aconteceu no último Sábado (30) na ADERC – Associação Dos Deficientes de Rio Claro – Av 8, N° 1397 – Bela Vista – Rio Claro/SP,  o Moto Clube MotorHead realizou o coletamento de novos integrantes e está desenvolvendo ações coletivas para a recuperação e replanejamento do espaço na Entidade.

 

O Evento reuniu diversos integrantes de outros moto clubes da região e a energia de solidariedade imperou.

 

A Banda Los Corleones se apresentou proporcionando um show fera para a galera que compareceu novamente para somar forças com o movimento solidário, animando a moçada, a planejar os novos passos para a arrecadação de materiais de construção conforme O Projeto do MotorHead de Revitalização do Espaço da ADERC.

 

motorhead-rioclaroonline

 

As Doações já começaram a chegar por parte de algumas empresas, a Tigre Brasil Tubos e Conexões Somou Forças com o Projeto e já realizou a sua doação! Obrigado #TIGREBRASIL

 

Participe das Próximas Ações do Clube MotorHead, a Solidariedade Prevalece e é Repassada! #MotorHead  \0/

 

O Moto Clube MotorHead está arrecadado doações através do

WhatsAPP – (19) 9 9842.4286  

e da Página do Facebook: www.facebook.com/motorheadmotogrupo

Qualquer Ajuda é Sempre Bem Vinda

Seja Voluntário!

 

motorhead-rioclaroonline-02

 

Revitalização do Espaço ADERC ;)


 


marta-fischer

“Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ONTEM e o outro se chama AMANHÃ, portanto HOJE é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver”. (Dalai Lama) “

 

O Verso do Reverso do Não Fazer Escolhas

 

“Nossos fracassos são, às vezes, mais frutíferos que nossos êxitos” (Henry Ford)

 

“Só se pode alcançar um grande êxito quando nos mantemos fiéis a nós mesmos” (Nietzche)

 

“De acordo com a Física, resiliência trata-se da capacidade de um ‘corpo’ voltar ao seu estado original, após ter submetido a algum tipo de deformação. O mesmo acontece, quando um indivíduo possui habilidades em adaptar-se às mudanças em qualquer tempo. Captura estratégias para encontrar resultados às questões que se apresentam, ainda que, convivendo com o problema. O autoconhecimento é norteador no processo de superação.

 

“Conhecer o homem – esta é a base de todo o sucesso”(Charles Chaplin)

 

As soluções para os enigmas exige muita resiliência, porque abarcam as relações interpessoais de toda ordem. Na atualidade, ser resiliente é exigência primeira para inserção no mundo corporativo, pois o mercado de trabalho preconiza o profissional que tem capacidade em adequar-se às situações-limite, sem deixar-se envolver, porquanto a aceitação é arbitrária de conformismo e falta de ação.

 

A pessoa com característica ‘resiliente’ é empreendedora e arrojada para assumir riscos e perdas. Reconhece seus pontos fortes e limitações; antecipa-se aos obstáculos, se necessário; também recua e receia diante dos problemas, mas não se detém, mantém o equilíbrio, sem desestruturar-se. Graças a sua plasticidade, enfrenta momentos adversos de crises e se fortalece com isso, porque centra nos recursos de que dispõe, sem lamentar as intercorrências; aprende com os exercícios, em vez de sentir-se derrotado durante o aprendizado.

 

“A felicidade não se resume na ausência de problemas, mas sim na capacidade de lidar com eles”

(Albert Einstein)

 

Conheça o Website da Dra Marta Fischer ;)

Sejam Bem Vindos!  – www.martafischer.com.br

 

1-2


1 (4)

A prefeitura de Rio Claro rompeu o contrato com a empresa de serviços veterinários para recolha, atendimento e tratamento de animais domésticos de pequeno e médio porte. O documento que oficializa o encerramento do contrato foi assinado na quinta-feira (27) e está sendo publicado no Diário Oficial do Município desta semana. O Diário Oficial do Estado também publica o documento.

 

O procurador geral do município, Rodrigo Ragghiante, explica que a rescisão não encerra o processo administrativo aberto pela prefeitura para averiguar a denúncia de maus tratos no canil municipal.

 

Tão logo tomou conhecimento da denúncia, o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, determinou a abertura de sindicância para a apuração de eventual responsabilidade de servidores públicos. “Não admito, não tolero e não aceito qualquer tipo de maus tratos contra pessoas ou animais”, afirmou o prefeito.

 

Com a rescisão do contrato, inicialmente os serviços no canil municipal e de atendimento aos animais passam a ser feitos pela própria administração municipal.


1

Movimentos de direita falam em pedofilia. Juiz e desembargador veem ‘histeria’. Museu diz que sinalizou sobre nudez em sala e que trabalho não tem conteúdo erótico.

 

performance de um artista nu no Museu de Arte Moderna (MAM), no Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo, gerou polêmica nas redes sociais. Um vídeo que viralizou no Facebook mostra quando uma criança de aproximadamente quatro anos toca no pé do homem. O Movimento Brasil Livre (MBL) e outros movimentos de direita falam em crime; desembargador vê “histeria”.

 

A apresentação do artista Wagner Schwartz ocorreu somente na terça-feira (26), na estreia do 35º Panorama de arte Brasileira, tradicional exposição bienal que aborda a arte no país e propõe reflexão sobre a identidade brasileira. Segundo o MAM, o evento era aberto a visitantes que estivessem no local. O museu também informou que havia sinalização sobre a nudez na sala onde a performance ocorria.

 

Artista foi atacado nas redes sociais por permitir interação de criança quando estava nu em performance no Mudeu de Arte Moderna (MAM), na Zona Sul de SP (Foto: Divulgação)

 

Artista foi atacado nas redes sociais por permitir interação de criança quando estava nu em performance no Mudeu de Arte Moderna (MAM), na Zona Sul de SP (Foto: Divulgação)

 

A performance chamada “La Bête” foi inspirada em um trabalho de Lygia Clark. “Bichos” é considerada a obra viva da artista, pois sua intenção era de que a arte ultrapassasse os limites da superfície de um quadro. A série de esculturas com dobradiças permite que o espectador se torne figura atuante na obra, e foram construídas com formas geométricas para que não se parecessem animais, mas que permitissem uma visão livre do que a peça representava.

 

Em “La Bête”, o premiado artista Schwartz, que trabalha há quase 20 anos com coreografia, manipula uma réplica de plástico de uma das esculturas da série e se coloca nu, vulnerável e entregue à performance artística, convidando o público a fazer o mesmo com ele.

 

De acordo com o MAM, o público presente na performance era formado essencialmente por artistas e, uma das pessoas que prestigiou a apresentação foi a performer e coreógrafa Elisabeth Finger acompanhada da filha. O vídeo que viralizou nas redes sociais mostra o momento em que Schwartz está deitado, e mãe e filha, tocam seus pés.

 

Reação

 

O MBL divulgou um vídeo nas redes sociais em que chama a apresentação de “repugnante”, “inaceitável”, “erotização infantil”, “afronta”, “crime”, e afirma que a criança “se sentiu constrangida”. O grupo acrescenta que o vereador Fernando Holiday (DEM) vai “tomar as providências sobre o caso da criança induzida a ato libidinoso”.

 

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) chamou os envolvidos de “canalhas” e categorizou a atividade como “pedofilia”. O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) considerou as cenas “revoltantes” e os envolvidos “destruidores da família”.

 

Em nota (veja a íntegra ao final da reportagem), o MAM informou que a sala estava “devidamente sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística”. O museu também afirmou que “o trabalho não tem conteúdo erótico e trata-se de uma leitura interpretativa da obra Bicho, de Lygia Clark”.

 

“Importante ressaltar que o material apresentado nas plataformas digitais não apresenta este contexto e não informa que a criança que aparece no vídeo estava acompanhada e supervisionada por sua mãe”, diz a nota.

Movimento Brasil Livre (MBL) reage intensamente nas redes sociais contra performance realizada no Museu de Arte Moderna (MAM) (Foto: Reprodução/Facebook)

Movimento Brasil Livre (MBL) reage intensamente nas redes sociais contra performance realizada no Museu de Arte Moderna (MAM) (Foto: Reprodução/Facebook)

Deputado Jair Bolsonaro também reagiu contra a apresentação no museu (Foto: Reprodução/Facebook)

Deputado Jair Bolsonaro também reagiu contra a apresentação no museu (Foto: Reprodução/Facebook)

Deputado Marco Feliciano também reagiu contra a apresentação no museu (Foto: Reprodução/Facebook)

Deputado Marco Feliciano também reagiu contra a apresentação no museu (Foto: Reprodução/Facebook)

  

Aspecto jurídico

 

G1 consultou o juiz Jaime Medeiros da vara da Infância e da Juventude sobre o caso. “É importante deixar claro que não acompanhei o caso, mas pelo que vi por meio da imprensa, seria adequado se houvesse restrição de idade à apresentação por conta do conteúdo. Sou um defensor da liberdade artística e de expressão, mas vejo que foi a falta de cautela que gerou a polêmica”, opinou o juiz.

“Sobre tipificar a conduta do artista como crime, não me parece adequado. Não sei como o MAM procedeu, mas vejo uma falha por não terem aumentado a idade de acesso permitida. Essas questões de exibição são sempre delicadas porque você não pode censurar de maneira nenhuma, mas a criança tem que ser protegida integralmente”, continua o magistrado.

O desembargador Antônio Carlos Malheiros, do Tribunal de Justiça, compartilhou com o G1 uma opinião similar àquela do juiz. Ele disse que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) orienta os espaços a indicarem restrição de idade sobre o conteúdo exibido.

“Chamar qualquer episódio mais insinuante de ‘pedofilia’ virou uma histeria coletiva. Isso precisa ser afastado. Agora, de fato, a criança não poderia estar presente. Não considero pedofilia, mas é uma ação absolutamente inconveniente para uma criança. Ou seja, esse artista e a própria mãe da criança que estava com ela podem ser advertidos. Mas não vamos chegar ao exagero de achar que era um comando pedófilo”, explica o desembargador.

“O ECA tem medidas protetivas às crianças, que não permitem que as crianças estejam em determinados locais onde determinadas cenas podem eventualmente chocá-las. E a cena pode, sim, vir a chocar uma criança. Nesse aspecto foi absolutamente inadequado”, continua.

“Não sei qual foi o procedimento do MAM, mas ele deveria estar ciente de que haveria cena de nudez com manipulação e restringir o acesso do público. Em caso de dúvida sobre restrição de idade, ele poderia acionar a vara da Infância e da Juventude, pedindo uma orientação”, completa o desembargador Antônio Malheiros.

  

Veja a íntegra da nota do MAM:

 

O Museu Arte de Moderna de São Paulo informa que a performance ‘La Bête’, que está sendo questionada em páginas no Facebook, foi realizada na abertura da Mostra Panorama da Arte Brasileira, em apresentação única.

A sala estava devidamente sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística, seguindo o procedimento regularmente adotado pela instituição de informar os visitantes quanto a temas sensíveis.

O trabalho apresentado na ocasião não tem conteúdo erótico e trata-se de uma leitura interpretativa da obra Bicho, de Lygia Clark, historicamente reconhecida pelas suas proposições artísticas interativas.

Importante ressaltar que o material apresentado nas plataformas digitais não apresenta este contexto e não informa que a criança que aparece no vídeo estava acompanhada e supervisionada por sua mãe. As referências à inadequação da situação são resultado de desinformação, deturpação do contexto e do significado da obra.

O MAM reafirma que dedica especial atenção à orientação do público quanto ao teor de suas iniciativas, apontando com clareza eventuais temas sensíveis em exposição.

O Museu lamenta as interpretações açodadas e manifestações de ódio e de intimidação à liberdade de expressão que rapidamente se espalharam pelas redes sociais.

A instituição acredita no diálogo e no debate plural como modo de convivência no ambiente democrático, desde que pautados pela racionalidade e a correta compreensão dos fatos.

Fonte: G1


pexels-photo-531770

Narcisismo:- É um conceito da psicanálise que define o indivíduo que admira de modo exacerbado, a própria imagem e mantém uma paixão por si mesmo. O termo é derivado do mito de Narciso – um belo jovem que despertou o amor da ninfa Eco. Mas Narciso a rejeitou e por isso, foi condenado a apaixonar-se pela própria imagem refletida na água e acabou cometendo suicídio por afogamento. Posteriormente, a mãe Terra o converteu em uma flor (Narciso).

 

De acordo com Freud, o narcisismo é uma característica em todos os seres humanos, fixação de uma fase de transição na infância, em si normal. Transforma-se em patologia quando em conflito com ideias culturais e éticas, interferindo nas relações do sujeito no meio social. Gratificações emocionais não satisfeitas, censura e depreciações, podem transformar-se em saídas psicopatológicas: Depressão; investimento narcisante, ilusório (exibicionismo na personalidade narcísica e representação de um papel na histeria); compensação oral (bulimia, toxicomania); compensação anal (pelo aumento do capital/mercantil); revolta; delinquência, construção delirante, entre outras.

 

Na personalidade narcísica, tentativas de refutar a imagem negativa que o sujeito tem de si próprio (complexo de inferioridade) é compensada por sentimentos de imponência e exibicionismo; repara pelos seus próprios meios, as insuficiências que recebeu e/ou recebe dos outros. No depressivo, os sentimentos de inferioridade são muito mais conscientes, porque apesar de pouco investido e valorizado, há um self integrado.

 

A avaliação subjetiva da autoestima é intrinsecamente associada ao narcisismo, também ao ambiente, onde o sujeito submetido às considerações de aprovação ou desaprovação, valida as crenças socialmente construídas como prerrogativas às ações, e as reproduzem, inquestionavelmente.

 

Os primeiros anos de vida constituem-se na maior reserva de amor – da conexão mãe-bebê – estruturantes à representação e compreensão que a precede, no transcorrer da existência. A questão central é que, quando crianças, para garantir proteção e amor, podemos conter a raiva, a cobiça e o espírito competitivo. Com o crescimento, vem o temor de não poder controlar tais sentimentos, pouco civilizados, que são, então, reprimidos. Mas na idade adulta, sabemos que ninguém nos protegerá dos perigos e que não mais existem sanções, nem a necessidade de aprovação e recompensas dos pais; há sim, uma tendência, a fazer descobertas que nos incitam a perceber que os sentimentos reconhecidos são mais fáceis de serem controlados do que os negados, e ao reconhecê-los, não precisamos agir de acordo com eles; a perceber que é possível nos tornar mais sensuais, criativos e compreensivos no sentido de entender, aquilo que de fato queremos; a descobrir também, que escolher não ter, deixa-nos mais livres, para pensar o que realmente é importante para nós.

 

“Faça a descoberta de si mesmo, e aos poucos você descobrirá que é mais seguro e compensador valorizar-se”.(Clarice Lispector)

 

 Sinta-se bem! Cuide-se bem!

 

 Viva a seu modo, é a sua vida, é a sua história! Autoestima preservada implica na desnecessidade de aprovação ou desaprovação dos outros.

 

 Resgate tudo que há de bom em você, explore suas aptidões naturais, seja no lar, na empresa onde trabalha, nas artes, na escola….

 

 Presenteie-se comprando flores, amar a nós mesmos, enriquece o nosso amor pelos semelhantes;

 

 Invista na imagem do corpo, sem cultuá-lo, caso contrário, não se estruturará somente com as mudanças de superfície.

 

 Aprenda com os erros, são significativos, quando reconhecidos.

 

 Não tenha compromisso com a perfeição e sim, faça o melhor em tudo a que se propõe. Somos um projeto, ainda em construção.

 

 Construa as próprias coisas, para que não precise ter inveja de ninguém. Comparar-se aos outros (sem sentir-se menos importante), pode ser apropriado no sentido de que, características benéficas de outra pessoa você poderá colocar em prática, aplicar a sua vida. Porém, considere que ninguém é melhor em alguma coisa por acaso, tenha certeza de que houve escolhas, garra, determinação, superação: Pense em um aluno, que se prepara para as provas, logo, boas notas lhe serão atribuídas; um atleta que treina para a competição, logo, muitas vitórias conquistará, assim, sucessivamente.

 

 Escreva a própria história, não delegue aos outros, a sua redação.

 

“Vencer, não é competir com o outro. É derrotar seus inimigos interiores” (Roberto Shinayashiki)

 

Por Marta Fischer – Leia mais no Website: www.martafischer.com.br


1

– Ei, tem alguém sentado ao seu lado? Esse lugar está ocupado?

 

Então, você procura com os olhos aquela pessoa que disse que estaria ao seu lado, mas ela não está por perto. Ela está em algum outro lugar, bem distante de você. Ela está longe, mas insiste que você guarde um lugar para ela. Essa pessoa quer que você pense que ela está com você, mas ela não está.

 

Pessoas assim existem e são muito danosas. Elas tornam inviável a vida amorosa daqueles que acreditam em suas falsas intenções.

 

Não é incomum acontecer que, ao dizer que existe espaço para outra pessoa em sua vida, a tal criatura sumida, que pediu para você guardar o lugar, apareça e faça questão de mostrar que você está irremediavelmente ligado a ela. E, depois de ter feito você acreditar que vocês estão juntos, ela volta a sumir, mas sempre com a promessa de voltar.

 

Muitas vezes é bastante difícil fechar algumas portas, mas apenas assim é possível seguir em frente. Não permita que volte quem nunca quis ficar.

 

Olhe bem, preste atenção, certamente existe ao menos uma pessoa interessante querendo sentar ao seu lado, querendo te conhecer melhor. Desejosa em compartilhar da sua companhia, sedenta por tecer, com delicadeza, uma intimidade bonita e duradoura contigo, mas isso nunca vai acontecer se as suas mãos permanecerem sobre o assento vazio. Se os seus olhos continuarem a buscar em algum outro canto alguém que efetivamente não está.

 

Levante suas mãos. Diga que o lugar aí do seu lado está livre. Permita-se ser feliz. Mas seja forte o suficiente para zelar por sua felicidade. Para impedir que a pessoa sumida apareça e mande aquele que realmente está ao seu lado para longe. Seja forte para dizer em alto e bom tom que você é livre para escolher. Que você cansou de esperar. Que você finalmente percebeu que merece mais.

 

Deslumbre-se com novos olhos. Deixe-se conquistar por outros sorrisos. Encante-se com o amor sincero. Permita-se o entrelaçar de mãos com quem é de verdade e não deixe voltar aquele que nunca realmente quis estar ao seu lado.

 

Acompanhe a autora no Facebook pela sua comunidade 

Vanelli Doratioto – Alcova Moderna.


unesp

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) inscreverá até 9 de outubro para o Vestibular 2018, com oferta de 7.365 vagas em 173 opções de cursos, distribuídas em unidades localizadas em 23 cidades. Os interessados deverão se inscrever pelo site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). A taxa é de R$ 170,00.

 

A lista com o resultado dos pedidos de redução de 50% da taxa já foi divulgada na página da Vunesp e no endereço vestibular.unesp.br. O pedido de redução de 50% destina-se a candidatos matriculados no ensino médio ou em curso pré-vestibular e que recebam remuneração mensal inferior a dois salários mínimos ou estejam desempregados. Estes candidatos pagam taxa de R$ 85,00.

 

O resultado dos pedidos de isenção da taxa será divulgado em 5 de outubro. A Universidade oferece 7.365 isenções para candidatos socioeconomicamente carentes. Os pedidos foram feitos até o dia 11 deste mês.

 

A Unesp oferece ainda redução de 75% aos cerca de 500 mil alunos matriculados no último ano do ensino médio da rede pública estadual paulista. O período para cadastramento destes candidatos é o mesmo da inscrição dos pagantes de taxa integral, de 11 de setembro a 9 de outubro. O valor da taxa para estes alunos será de R$ 42,50.

 

A Unesp destina mínimo de 50% das suas vagas por curso ao Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública. Este índice era de 45% no último exame, quando a porcentagem de ingressantes oriundos de escolas públicas foi de 52,6%.

 

As provas da primeira fase da seleção serão realizadas no dia 15 de novembro, em 31 cidades paulistas e ainda em Brasília (DF), Campo Grande (MS) e Uberlândia (MG). No ano passado, o total foi de 102.230 inscritos no Vestibular Unesp.

 

Sobre a Unesp

 

A Unesp, Universidade Estadual Paulista, é uma universidade pública, gratuita, que está entre as maiores e melhores do País. Está presente em 24 cidades do Estado de São Paulo com 34 faculdades e institutos, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Fundada em 1976, a instituição oferece 182 cursos de graduação e 146 programas de pós-graduação. Tem 51.311 alunos (37.770 na graduação, 13.541 na pós stricto sensu), 3.826 professores e 6.782 servidores técnico-administrativos. Possui cerca de 1.900 laboratórios e 30 bibliotecas, com mais de 1,3 milhão de livros. Oferece cursos pré-vestibulares gratuitos em suas unidades, bem como diversos programas de extensão de serviços à comunidade. Três escolas de ensino técnico são mantidas pela Universidade: o Colégio Técnico Industrial em Bauru, o Colégio Técnico Industrial em Guaratinguetá e o Colégio Técnico Agrícola em Jaboticabal.

 

Mais informações:

Informações sobre todos os cursos da Universidade no Guia de Profissões, em www.unesp.br/guiadeprofissoes

Assista um vídeo sobre a Unesp em www.unesp.br/unespvideos

Disque Vunesp – (11) 3874-6300 (de segunda a sábado, das 8 às 20 horas)

Sites – http://vestibular.unesp.br e www.vunesp.com.br


1

O ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte afirmou, nesta segunda-feira (25), que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra ao país.

 

Segundo Ri Yong Ho, diante da fala de Trump, Pyongyang se reserva ao direito de tomar medidas, inclusive de abater bombardeiros norte-americanos, mesmo que eles não estejam sobrevoando a Coreia do Norte.

 

“O mundo inteiro deve claramente se lembrar que foram os Estados Unidos que primeiro declararam guerra ao nosso país”, disse Ri a repórteres em Nova York, segundo a agência Reuters.

 

“Considerando que os Estados Unidos declararam guerra ao nosso país, temos todo o direito de adotar contramedidas, incluindo o direito de derrubar bombardeiros estratégicos dos Estados Unidos, mesmo que eles não estejam dentro do espaço aéreo do nosso país”, ameaçou.

 

Ri conversou com a imprensa pouco antes de deixar Nova York, onde participou da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, na semana passada. “Considerando a declaração de guerra de Trump, todas as possibilidades estão na mesa da liderança supresa da RPDC [República Popular Democrática da Coreia]”.

 

Sua declaração coincide com a postura da administração da Trump, que já afirmou trabalhar com múltiplas possibilidades para lidar com o desenvolvimento de mísseis e armas nucleares por parte da Coreia do Norte, que já garantiu ter armamento capaz de atingir a parte continental dos EUA.

 

Insultos

 

O final de semana foi marcado pela troca de insultos entre Trump e Ri. No sábado (23), o norte-coreano atacou duramente o mandatário americano, chamando-o de “um trastornado mental que está repleto de megalomania”, em fala na Assembleia Geral da ONU.

 

Na madrugada de domingo (24), Trump reagiu à fala de Ri. “Acabei de ouvir o ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte falar nas Nações Unidas. Se ele faz eco dos pensamentos do homenzinho do foguete [referindo-se a Kim Jong Un], eles não estarão por aí por muito mais tempo!”

 

 

Just heard Foreign Minister of North Korea speak at U.N. If he echoes thoughts of Little Rocket Man, they won’t be around much longer!

 

Também no sábado, milhares de norte-coreanos participaram neste sábado (23) de uma grande manifestação antiamericana convocada pelo regime em Pyongyang para encenar o apoio ao líder Kim Jong-un, em um momento marcado pela troca de insultos com Donald Trump, informou hoje a agência “KCNA”.

 

Segundo o texto divulgado pela agência estatal de notícias da Coreia do Norte, mais de 100 mil pessoas participaram da concentração na praça Kim Il-sung de Pyongyang.

 

Manifestação antiamericana em Pyongyang (Foto: Reuters)

Manifestação antiamericana em Pyongyang (Foto: Reuters)

 

Fonte: G1


1

SÃO PAULO – Um trabalhador que vive com um salário-mínimo teria que trabalhar 19 anos para obter o que os considerados super-ricos recebem em apenas um mês. A conclusão é do relatório “A Distância Que Nos Une”, que a organização não governamental Oxfam Brasil divulga nesta segunda-feira, com dados sobre a desigualdade socioeconômica no país. Os dados serão detalhados em entrevista coletiva no início desta tarde de segunda-feira.

 

Relatório apresentado pela divisão mundial da Oxfam, no início deste ano, apontava que as oito pessoas mais ricas do mundo acumulavam riqueza equivalente aos 50% mais pobres do planeta. No Brasil, segundo a Oxfam, a riqueza é ainda mais concentrada: apenas seis pessoas do topo dessa pirâmide têm nas mãos o mesmo que os 50% mais pobres.

 

Os dados divulgados pela Oxfam no início do ano foram criticados por economistas, que contestavam o método adotado pela organização. A riqueza é medida como o patrimônio de um indivíduo, menos suas dívidas. Segundo os críticos do estudo, indivíduos como um estudante graduado por Harvard, que contraiu dívidas para pagar seus estudos e não possui patrimônio, teria uma riqueza negativa e inflaria o número de pobres aferido pelo estudo.

 

A Oxfam rechaça as críticas. Segundo a ONG, embora algumas pessoas que não sejam exatamente pobres sejam enquadradas nesse grupo por terem dívidas líquidas, esse contingente é insignificante do ponto de vista demográfico.

 

Para Kátia Maia, independentemente da natureza e das consequências do endividamento entre os mais pobres, a situação de extrema concentração de riqueza observada na economia global é uma realidade. E é sobre esse panorama que o estudo divulgado hoje trata.

 

— O momento de lançar o relatório é para chamar a atenção a isso: que a desigualdade no Brasil não é inevitável, pode ser resolvida. Não podemos mais criar cidadãos de primeira e de segunda categoria — diz a coordenadora do estudo.

  

* Estagiário sob coordenação de Ronaldo D’Ercole

Fonte: O Globo


OAB-HOMOFOBIA

Compreendendo a cultura como práxis de valores e crenças de uma sociedade, marcada por seu próprio tempo na produção do ideal de sujeito; grupos em vulnerabilidade social não “cabem” às exigências do Instituído. Torna-se incompreensível, e não nos compete estabelecer modos de SER, pois o que caracteriza uma sociedade democrática não égarantir o direito entre os cidadãos, para uma convivência sustentável?Amar não é prerrogativa para designar o amor entre as pessoas. Há homens que amam homens, mulheres que amam mulheres, também, há quem ame igualmente gente do seu sexo e do outro. Ora, se você não gosta de negros por algum motivo, está atribuindo um valor, ao concluir que só pessoas da raça branca é gente e vice-versa. Ou, se você julga que as mulheres não são inteligentes, implica que todos os homens são inteligentes pelo fato de serem homens. O mesmo ocorre com a diferença de gêneros, se interpreta, que LGBTT são imorais, está supondo que só se pode ser moral praticando a heterossexualidade, como se não houvesse a possibilidade de ser heterossexual e imoral.

 

À representação de Jung, cada um de nós representa socialmente um papel, que ele chamava de “persona”. O papel de gênero funciona como uma personagem, criada pela sociedade, que muitas vezes escamoteia a verdadeira identidade de gênero.

 

[…] “a pessoa é masculina e feminina, não é só homem ou só mulher. De tua alma não sabes dizer de que gênero ela é. Mas se prestares bem atenção, verás que o homem mais masculino tem alma feminina, e que a mulher mais feminina tem alma masculina. Quanto mais homem és, tanto mais afastado de ti o que a mulher realmente é, pois o feminino em ti mesmo te é estranho e desprezível” (C.G.Jung)

 

As convicções político-religiosas extremadas incidem no imaginário social e funcionam como gatilho para a violência.

 

A homofobia é subjacente à produção cultural imposta ao sujeito, com inegáveis repercussões dos interesses de grupos dominantes, arbitrada em significações reproduzidas para “fazer valer” o modelo hegemônico “heteronormatividade”, hoje considerado falido e sua base ideológica desmistificada.

 

Texto editado por Dra. Marta Fischer – Psicóloga Clínica. Idealizadora do Movimento LGBTT – envolvida nas discussões acerca da Cidadania e Justiça Social, em defesa aos direitos e liberdade da população LGBTT à convivência na diversidade de gêneros.

 

OAB-HOMOFOBIA


5 (1)

O atendimento nas Carretas da Saúde começa no próximo dia 20 e a população já está sendo orientada pela prefeitura de Rio Claro sobre como o novo serviço vai funcionar. Além da distribuição de material impresso, o governo municipal também já disponibilizou as informações básicas sobre as carretas no site da prefeitura, endereço www.rioclaro.sp.gov.br/includes/folder_web02.pdf.

 

Consultas médicas de especialidades, exames e cirurgias serão feitas nas Carretas da Saúde, uma iniciativa inédita no interior paulista tomada pela prefeitura para reduzir a fila de espera na rede municipal, que é de aproximadamente 37 mil procedimentos. “Saúde é prioridade em nosso trabalho, estamos ampliando os serviços para oferecer maior atenção à população, especialmente aos que precisam da rede pública”, afirma o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

 

Para ser atendido no novo serviço, será preciso ter solicitação médica de alguma unidade de saúde municipal. A secretária de Saúde está chamando os pacientes por telefone, orientando e marcando o atendimento nas carretas, que ficarão instaladas no Espaço Mais Saúde, na Avenida Visconde do Rio Claro com Avenida 12.

 

Essas e outras informações estão no site da prefeitura, onde também estão orientações detalhadas sobre quais especialidades, exames e cirurgias terão atendimento nas Carretas da Saúde, quais documentos são necessários e como chegar às carretas – os pacientes e acompanhantes poderão usar linha especial gratuita de ônibus saindo da antiga estação ferroviária até o Espaço Mais Saúde. “Queremos facilitar o acesso das pessoas aos serviços de saúde”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

 

As carretas chegaram ao município no final de agosto e desde estão a prefeitura está cuidando da instalação de equipamentos e treinamento dos profissionais que vão atender a população. O investimento da prefeitura é inicialmente de R$ 5 milhões. A iniciativa integra o programa Mais Saúde, que tem ações como a retomada das obras em seis Unidades de Saúde da Família interrompidas na administração anterior e a Farmácia Todo Dia, com atendimento também aos sábados, domingos e feriados.


1 (2)

Na tarde do último Sábado (09) a Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, através do Departamento de Defesa Civil apoiou o Corpo de Bombeiros no combate de um incêndio de grandes proporções na estrada que liga Rio Claro ao Distrito de Ajapi.

 

Segundo informações de testemunhas o fogo teria iniciado na vegetação do acostamento da pista, se alastrado por um canavial e atingido um depósito de materiais recicláveis que acabou por potencializar ainda mais as chamas.

 

O incêndio atingiu e destruiu o galpão onde o material era separado, além de outras duas casas que serviam para área de trabalho e descanso dos trabalhadores do local. Não houve feridos nem desabrigados.

 

Várias viaturas do Corpo de Bombeiros da região foram mobilizadas, o Departamento de Defesa Civil apoiou com o acionamento de um caminhão pipa da Secretaria de Obras e também uma retro escavadeira para revolver o material para realizar o rescaldo. Também apoiaram na ocorrência várias empresas com caminhões pipas e brigadistas.

 

Com Informações

Wagner Martins Araujo

Diretor de Departamento de Defesa Civil

(19) 3534-3199 – Base DC  99142-5286 – funcional         

 

2

3


Revista Colaborativa

O seu maior objetivo é diminuir as distâncias geográficas e de estilos de vidas para um caminho mais rápido ao alcance do conhecimento, divulgar ideias, movimentos, e ações através de uma nova mídia colaborativa na cidade, com informações de causa social, uma revista eletrônica que tem como público alvo internautas com médio e alto potencial ideológico e de consumo para interagir e desenvolver a sua própria subsistência em diversas esferas da comunidade para o bem comum.