1

Se estavas esperando ver um monte de imagens proibidas para menores de 18 anos você se precipitou. Mas saibam que o que realmente causa um verdadeiro orgasmo em uma pessoa adulta não é só isso, mas sim nas imagens que juntos iremos ver a seguir. A vida de uma pessoa adulta não é fácil, todos sabemos disso. São problemas de ordem financeira, de tempo, de limpeza e outras mais.

 

E quando você chega ao final do dia e consegue completar todas as tarefas com sucesso, isso sim lhe dá um verdadeiro orgasmo de tanta alegria.

 

Essas imagens além de serem simples, vão lhe dar uma ótima satisfação, mesmo para os que não estejam ainda vivenciando essas situações!

 

1.  Pagar todas as suas contas em dia e sem juros algum

 

 

2. Ver sempre a sua geladeira cheia de coisas gostosa

 

 

3. Ver a pia limpinha e arrumada

 

 

4. Saber que naquele dia, você poderá dormir até tarde

 

 

5. Chegar em uma lotérica e ter a alegria de ver ela sem fila alguma

 

 

6. Ir ao mercado e ver que a cerveja está na promoção

 

 

7. Quando sua compra feita pela net chega bem antes do previsto

 

 

8. Ver a casa sempre linda, arrumada e perfumada

 

 

9. Quando você passa o cartão e a maquineta não rejeita por ter estourado o limite

 

 

10. Tirar um bom cochilo após o almoço

 

 

São demais mesmo.

Nos dias de hoje então nem se fala.

 

 

Fonte: [Criatives]


1

Presidente da Câmara leva comitiva para encontro de presidentes de Parlamentos

BRASÍLIA – Depois de não conseguir votar a reforma política, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), viajou nesta quinta-feira para o Peru, para uma viagem oficial de dois dias, acompanhado de seis deputados. A viagem oficial será para um encontro de presidentes de Parlamentos.

 

Segundo a programação divulgada, Maia participará na sexta-feira de evento no Congresso peruano, onde será recebido pelo presidente da Casa, Luís Galarreta Velarde.

Maia viajou acompanhado de um grupo fiel de interlocutores dentro da Câmara: Benito Gama (PTB-BA), Celso Russomano (PRB-SP), Heráclito Fortes (PSB-PI), Marcus Pestana (PSDB-MG), Rubens Bueno (PPS-PR) e Rogério Rosso (PSD-DF).

 

O retorno ao Brasil esta previsto para dia 18 à noite.

 

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) 

ANDRE COELHO / Agência O Globo 16/08/2017


1

Veja o que foi destaque nessa Semana

 

RIO — Boa noite! A barbárie volta à cena, desta vez em Barcelona, onde terroristas em uma van atropelaram e mataram pelo menos 13 pessoas, além de ferir mais de cem outras. Imagens de pânico tomaram a famosa Rambla. Esta é a sexta vez que grupos como o Estado Islâmico, que reivindicou o ataque, usam veículos em atentados. O terror parece não ter fim.

 

Barcelona sob ataque

Policiais e médicos na área do atentado em Barcelona - Foto: JOSEP LAGO / AFP

Atentado com uma van em Barcelona, reivindicado pelo Estado Islâmico, deixou ao menos 13 mortos e mais de 100 feridos, levando o terrorismo a um dos principais pontos turísticos da Espanha.

 

O que sabemos

Pessoas fugiram correndo da cena – PAU BARRENA / AFP

Veja o que se sabe até agora sobre o atentado, em informações atualizadas a todo momento.

Registros do terror

Homem foge da cena com criança no colo – Giannis Papanikos / AP

Vídeos e fotos mostram momentos de pânico e desespero em La Rambla.

Solidariedade às vítimas

Nas redes, internautas ofereceram ajuda aos atingidos, enquanto outros deixam ameaças no perfil do suspeito.

 

Brasileiros no local da tragédia

Pessoas ajudam ferido após atentado terrorista em Barcelona nesta quinta-feira – Oriol Duran / AP

Em Barcelona, multiplicam-se relatos de brasileiros, contando momentos de solidariedade e medo.

Nova tática da jihad

Relembre outros cinco ataques em que veículos foram usados como armas.

Quanto vale?

Primeiros bens apreendidos na Lava-Jato do Rio são arrematados em leilão. Veja fotos.

 

‘Podem até mudar o presidente, mas o programa não muda’

O Senador Tasso Jereissati, presidente do PSDB - ANDRE COELHO / Agência O Globo

— Tasso Jereissatti, presidente interino do PSDB, defendendo programa do partido na TV que critica o presidencialismo “de cooptação”.

 

Série sobre transplantes

Ana Júlia Aleixo recebeu um novo coração após série de reportagens do GLOBO 
Foto: Michel Filho/Agência O Globo

Repórter do GLOBO ganha o prêmio GDA de jornalismo. Leia a reportagem e assista aos vídeos.

 

Crise

A fachada do Palácio Guanabara, sede do governo do Rio - Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Enquanto o Rio se mantém na lanterna das contas públicas do país, desemprego no estado registra taxa recorde no segundo trimestre do ano.

 

Crescimento

 

Economia cresceu 0,25% no segundo trimestre. País está em processo de recuperação lenta e gradual.

Míriam Leitão

O governo pretende incluir 800 mil famílias no Bolsa Família e zerar a fila para o programa.

 

Fórmula mágica

Garrafas de Coca-Cola em loja de Kentucky, nos Estados Unidos – Luke Sharrett / Bloomberg

Coca-Cola oferece prêmio de US$ 1 milhão para quem encontrar substituto para o açúcar.

Guerra no Rio

Policiais na UPA de Manguinhos, para onde um dos baleados no Jacarezinho foi levado – Guilherme Pinto / Agência O Globo

Sétimo dia seguido de confrontos no Jacarezinho deixa um morto e um ferido.

 

Depois do fuzil

Foto mostra estátua com boné da PM – Reprodução

Estátua de Michael Jackson no Dona Marta agora aparece com boné da PM.

 

Ator na cadeia

Dado Dolabella é preso por não pagar pensão alimentícia – Márcio Alves / Agência O Globo

Dado Dolabella foi preso na tarde desta quinta por dívida de R$ 190 mil em pensão alimentícia.

 

Repúdio ao racismo

Presidente do Botafogo condena atitude de torcedor e diz que não teme punição ao clube.

 

Rock In Rio, a escala

Rock in Rio – Ariel Martini

Já dá para se programar: festival divulga horário dos shows e lança aplicativo.

Os personagens ficam

O ator Paulo Silvino – Divulgação

adeus ao ator Paulo Silvino, morto em decorrência de um câncer aos 78 anos; humorista foi celebrizado por personagens como o policial Fonseca e o porteiro Severino.

 

Para pular da cadeira

Cena de ‘Annabelle: a criação do mal’ – Divulgação

O terror “Annabelle: a criação do mal” chega às telonas sob aplausos do Bonequinho. Confira salas e horários de todas as outras estreias da semana.

 

Riqueza açoriana

O farol na Ponta do Arnel, na ilha de São Miguel, nos Açores, é um bom lugar para ver o nascer do Sol – Faber/Azoresphotos/Visit Azores / Divulgação

Ilha de São Miguel reserva roteiro com lagoas, trilhas, mergulho e gastronomia em meio ao Oceano Atlântico.

 

 

Fonte: O Globo

POR PAULO MOTTA, EDITOR EXECUTIVO


1

Tribunal condenou o deputado em uma ação cível, e não em um processo criminal ou por improbidade administrativa, categorias incluídas na Lei da Ficha Limpa

 

A confirmação, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), da condenação do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) ao pagamento de uma indenização de 10.000 reais à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) em uma ação danos morais, divulgada ontem, criou uma oportunidade perfeita àqueles que criam notícias falsas a partir de notícias verdadeiras.

 

Depois que a decisão do STJ veio a público, o site Folha Brasil não demorou a inventar que Bolsonaro, autodeclarado candidato à presidência da República em 2018, não poderia concorrer ao Planalto porque a condenação o tornara inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. A informação é falsa.

 

“Acabou! Maria do Rosário tirou Bolsonaro das eleições de 2018”, publicou o blog, que, já depois de o texto ser compartilhado nas redes sociais e replicado por outros sites, mudou o título para a condicional: “Maria do Rosário pode tirar Bolsonaro da disputa eleitoral”. No link da “reportagem”, contudo, o título original permaneceu igual (veja abaixo).

 

Fake news - Bolsonaro 2018

 

 

Veja abaixo a versão original do boato:

 

A nova condenação do deputado federal Jair Messias Bolsonaro no processo movido pela também deputada Maria do Rosário tirou Bolsonaro das eleições 2018 em função das restrições da Lei da Ficha Limpa.

 

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, nesta terça-feira (15), recurso do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) contra condenação do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) por ofensa à deputada Maria do Rosário (PT-RS). Em 2014, o parlamentar disse que a colega não merecia ser estuprada por ser “feia e não fazer seu gênero”.  “Ela não merece porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia. Não faz meu gênero. Jamais a estupraria”, disse Bolsonaro. A decisão foi por unanimidade entre os ministros da 3ª Turma da Corte.

 

Com a condenação em segunda instância, Bolsonaro é considerado formalmente inelegível, nos termos da Lei da Ficha Limpa. Presidenciável que ocupa o segundo lugar do eleitorado, atrás apenas do ex-presidente Lula, nas principais pesquisas de intenção de voto (Ibope, Datafolha etc), o deputado só pode reverter a condição de inelegibilidade caso o o Supremo Tribunal Federal (STF) acolha o recurso que ele deve ajuizar contra o resultado do julgamento.

[…]

 

Quem comemorou a decisão foi o ex-presidente Lula. Com o afastamento de Bolsonaro das eleições ele estatisticamente estaria eleito como o próximo presidente do Brasil. Nos bastidores do Instituto Lula ele teria dito: Agora não tem pra ninguém, o Brasil é nosso novamente.

 

Ao contrário do que diz a lorota, a condenação de Bolsonaro pelo STJ não o torna inelegível pela Lei da Ficha Limpa porque se deu em uma ação cível por danos morais, e não em um processo criminal ou por improbidade administrativa.

 

A lei, criada em 2010 para barrar candidatos com enroscos judiciais, prevê que não possam disputar eleições aqueles “que forem condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado” em dez tipos de crime, incluindo corrupção e lavagem de dinheiro. Neste caso, portanto, a ação cível por danos morais vencida por Maria do Rosário não “tirou” e nem “pode tirar” Bolsonaro da disputa pela presidência.

 

Além desta ação em que foi condenado a pagar 10.000 reais à petista, a declaração de Jair Bolsonaro de que a colega não merecia ser estuprada porque “ela é muito feia” levou o Supremo Tribunal Federal (STF) a aceitar denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ele pelo crime de incitação ao crime de estupro, cuja pena varia de três a seis meses de prisão, além do pagamento de multa.

 

Mesmo que seja condenado pelo STF, um órgão colegiado, neste processo criminal, contudo, Bolsonaro não ficará inelegível. Segundo o advogado criminalista Gustavo Badaró, o delito do qual o parlamentar é acusado pela PGR é enquadrado no Código Penal como “crime contra a paz pública”, categoria também não prevista de punição pela Lei da Ficha Limpa.

 

Fonte: Veja


1

Saiba o que querem os diferentes segmentos da direita radical americana

WASHINGTON – A cidade de Charlottesville, no estado da Virgínia nos Estados Unidos, foi o epicentro de um protesto da extrema direita americana organizado por grupos de ideologia supremacista branca no fim de semana. Homens carregando bandeiras dos Estados Confederados da América, que representa os estados sulistas nos EUA na época da Guerra Civil, caminharam lado a lado com simpatizantes neonazistas e da Ku Klux Klan contra a retirada de uma estátua do general Robert E. Lee, herói de movimentos escravocratas, de um parque da cidade.

 

O evento foi nomeado pelos participantes de “Unir a direita”, como uma tentativa de reunir conservadores radicais contra o avanço de ideais progressistas. As manifestações foram tomadas por violência, e o governador do estado, Terry McAuliffe, declarou estado de emergência. Mas quem são os nacionalistas brancos e o que querem?

 

O QUE É NACIONALISMO BRANCO?

 

O termo surgiu como um eufemismo para supremacia branca: a crença de que pessoas brancas são superior a outras etnias e, portanto, deveriam dominar a sociedade, segundo Oren Segal, diretor da Centro sobre Extremismo da Liga Antidifamação. Os apoiadores da ideia também atuam sob outros nomes, como “alt-right” (direita alternativa), identitarianos e realistas raciais — as nominações são apenas “um novo nome para esse velho ódio”, afirma.

 

Richard Spencer, presidente do Instituto de Política Nacional, é conhecido por conceber o termo “alt-right”.

 

— Não uso o termo nacionalista branco para me descrever — esclarece. — Gosto do termo “alt-right”. Há uma abertura a isso, e é imediatamente compreensível. Viemos de uma nova perspectiva.

 

Outros grupos supremacistas brancos incluem a Ku Klux Klan e neonazistas. Mas a maioria dos supremacistas não são afiliados a grupos organizados, indica Segal. Alguns evitam se distanciar de associações reconhecidas como grupos de ódio, como a KKK. Segundo o especialista, isso dificulta o rastreamento desses indivíduos e indica uma tendência a flexibilidade desses grupos extremistas.

 

Apesar das diferenças, o objetivo é o mesmo: construir um Estado branco onde haja separação étnica, já que, para eles, a diversidade é uma ameaça. Especialistas destacam a vitimização como elemento-chave dos movimentos supremacistas:

 

— Há uma sensação de que os brancos estão sob cerco e sendo deliberadamente despojados por elites hostis que esperam guiar uma nova ordem multicultural — indica George Hawley, cientista político da Universidade de Alabama.

 

QUE IDEAIS DEFENDEM?

 

Segundo Heidi Beirich, diretora do Projeto de Inteligência do Southern Poverty Law Center, que monitora grupos de ódio e extremistas, supremacistas brancos defendem genocídio e limpeza étnica sob um sistema de governo tirânico. Para ela, a visão de futuro desses indivíduos para os Estados Unidos se parece com o que o país era por volta de 1600, ou até antes.

 

— Todos os direitos civis para não-brancos seriam removidos — indica a especialista em entrevista à CNN. — Todo poder político estaria nas mãos de pessoas brancas, em particular homens brancos porque esse movimento é extremamente masculino e, muitos diriam que é um movimento toxicamente masculino. Eles têm visões bem retrógradas sobre o que as mulheres devem fazer.

 

Segundo especialistas, a possibilidade de uma sociedade assim realmente se desenvolver é extremamente remota:

 

— Uma liderança política real está tão longe da realidade que não se encontra muito na maneira como documentos de políticas da “alt-right” detalham instruções sobre diferentes agências governamentais — avalia Hawley.

 

QUE TIPO DE AMEAÇA REPRESENTAM?

 

Como muitos não se afiliam a grupos organizados, é difícil mensurar a dimensão da ameaça que os supremacistas representam. A direita alternativa, por exemplo, não tem organização formal, e muitos atuam de maneira anônima e virtual, segundo Hawley. Já Segal indica que o movimento parece crescer, com mais adesões ao engajamento na internet que resultam na promoção de eventos como a marcha em Charlottesville. De acordo com Beirich, há mais de 900 grupos de ódio nos Estados Unidos, ante 600 em 2000.

 

— Eles querem ganhar vantagem no atual clima político, que sentem que é sem precedentes para dar boas vindas a suas visões de mundo — indica Segal. — O resultado da marcha de Charlottesville e outros eventos este ano vão dar uma ideia clara do quão bem recebidas essas visões são, e vão, sem dúvida, ajudar a moldar os planos para os próximos meses.

 

E AINDA: Democratas e republicanos criticam Trump sobre protesto na Virgínia

 

Filha de Trump denuncia ‘supremacia branca e neonazistas’

 

Charlottesville: campanha levanta US$ 100 mil para família de vítima

 

Ele afirma que extremistas de todos os tipos são sempre uma ameça, “mas quando qualquer grupo extremista se sente encorajado, isso é um sério motivo para preocupação. Muitos dos participantes do “Unir a direita” se sentem representados pelos comentários controversos do presidente americano Donald Trump sobre imigrantes, muçulmanos e mexicanos. Os supremacistas se sentem validados e de que podem fazer parte do sistema político.

 

— A história das últimas décadas de supremacia branca no país é de que eles viam tanto republicanos como democratas como uma perda de tempo. Em outras palavras, a política era um fim morto para eles. Mas tudo mudou com Trump — afirma Beirich.

 

O presidente fez comentários sobre a violência em Virgínia que foram alvos de críticas, pois ele não condenou especificamente os ataques supremacistas:

 

“Nós condenamos nos termos mais fortes possíveis essa escandalosa demonstração de ódio, intolerância e violência de muitos lados, muitos lados” disse o presidente no sábado.

 

Fonte: O Globo

Foto: Mykal McEldowney


1

Último aumento ocorreu em dezembro de 2015. Combustível e manutenção estão entre justificativas da empresa.

 

A partir desta segunda-feira (14) a tarifa de ônibus urbano em Rio Claro (SP) sobe para R$ 3,80, sendo um reajuste de 8,57% após 19 meses.

 

O aumento da tarifa, que antes era de R$ 3,50, foi aprovado após uma reunião da empresa que presta o serviço de transporte coletivo, a Rápido São Paulo, com o Conselho Municipal de Mobilidade Urbana e Sistema Viário.

 

Motivos

 

De acordo com a empresa, entre os motivos que influenciaram o reajuste estão o aumento dos materiais e serviços que incidem sobre o cálculo da tarifa, como o óleo diesel, lubrificantes de pneus, manutenção de partes dos veículos.

 

O cálculo da inflação acumulada de dezembro de 2015, último aumento da tarifa, a junho de 2017 para definir o novo valor foi feito com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

Fonte: G1

Foto: Marcelo Santos


lgbt-rioclarosp

O Sujinhos bar nesse último sábado (05) em parceria com a K.O – A Estreia, os idealizadores

 

Lucas Caetano – Yuri Apolinario realizaram uma festa maravilhosa para todos os amores e gostos.

 

A festa foi linda de se ver! Rs ;)

 

Confiram um dos posts maravilhosos pouco antes da festeeeenhaw começar \0/ \0/ \0/ ;) Rss

 

É HOJE MENINXXXXXXXXXSSSSS!!!!!!!!!

Vocês prepararam a raba????????

Últimos avisos pra todo mundo curtir gostosinho:
1- Respeitam o/a coleguinha, ok gente? respeito é fundamental! e NÃO é NÃO!
2- Cheguem cedo pra aproveitar todos os momentos da festa! Preparamos todas as músicas com muito amor pra agradar todo mundo 
3- LEVEM GLITTER!

Espero todos e todas bem lindxs!!!!!!!!!!!!   

 

Lucas Caetano – Yuri Apolinario

3

lgbt-rioclarosp

A Festa de fato deu o que falar, até agora não é mesmo?! Rss :)

 

Os dois artistas e produtores Lucas Caetano – Yuri Apolinario, apresentaram um show e demonstraram muito talento e sucesso, foi a verdadeira amostra de como é possível fazer acontecer a mudança com o amor e praticar a tolerância em todas as suas formas, um espetáculo, e nós da Rio Claro Online não poderíamos deixar de divulgar esse evento perfect!

 

Rio Claro/SP mais uma vez agradece por eventos assim, e que possam colaborar cada vez mais, voltados para a comunidade e espaços acessíveis LGBTT’s.

8b55613f-16c4-4819-a6f3-dba4993d5dfe

1

6

 

Os eventos LGBTT’s na cidade são importantes e merecem respeito, aqui fica a nossa singela cobertura e agradecimentos á todos os envolvidos. #RIOCLAROSPLGBTT’S

 

Até a próxima #movimentobrasileitolgbt

Clique aqui e veja mais sobre a festa… ;)


1

Você até não podia saber, mas segundo a psiquiatria, já existe uma espécie de tabela que pode medir o nível de maldade de alguém.

 

Segundo esse índice, é possível avaliar se um indivíduo seria capaz ou não de tirar a vida de outra pessoa, por exemplo.

 

Esse tipo de metragem, foi desenvolvido pelo psiquiatra norte-americano Michael Stone, que pertence a Universidade de Columbia.

 

E segundo ele, é possível detectar até 22 níveis diferentes de maldade em um indivíduo. Confira agora cada um deles, e descubra qual é o seu!

 

01

Nível 1- Legítima Defesa

 

O primeiro nível desta tabela, é o denominado como legítima defesa. Neste caso estamos falando de um indivíduo que não possui nenhuma desordem psiquiátrica, mas que seria capaz de eliminar qualquer um de seu caminho, caso se sentisse realmente ameaçado.

 

Nível 2- Passional

 

Talvez a maior parte da população realmente esteja nesse nível. O nível 2, comporta pessoas que geralmente são capazes de se tornais frias e agir com maldade quando sentem ciúmes por exemplo. Pessoas com esse nível de maldade, são egocêntricas, possessivas ou apenas imaturas. Quando o “sangue ferve” podem tomar atitudes ruins, as quais podem se arrepender tempos depois. Esse individuo por outro lado não possui nenhum quadro de psicopatia.

 

Nível 3- Cúmplices voluntários

 

As pessoas que possuem o 3° nível de maldade, são indivíduos que possuem traços antissociais, não se dão bem com qualquer pessoa, e sempre preferirão fazer uma atividade sozinhos do que em grupo.

 

Essas pessoas tendem a se tornar cúmplices voluntários de pessoas que realmente gostam de fazer maldades, por isso essas pessoas acabam colaborando facilmente com atitudes cruéis, apesar de nunca tomar a iniciativa para isso.

 

Nível 4- Defesa após provocação

 

Apesar do título deste nível aparentar-se de certo modo inocente, o que realmente acontece, é que as pessoas que possuem o 4° nível de maldade, são aquelas que realmente gostam de provocar, com o objetivo de agir logo após qualquer reação de sua vítima.

 

Por esse motivo, até pode parecer que se trata de uma legítima defesa, mas na realidade tudo foi arquitetado para ocorrer dessa forma.

 

02

Nível 5- Desespero e trauma

 

Esse nível pertence a aqueles que sofreram grandes traumas em suas vidas, ou se quer passaram por situações aflitivas e desesperadoras. Como consequência esse indivíduo passa agir com maldade, apresentado remorso após as suas ações.

 

Nível 6- Explosão de raiva

 

Literalmente o que acontece com as pessoas desse nível é uma explosão de raiva repentina, e durante esse momento, coisas cruéis podem acontecer por impulso.

 

Nível 7- Narcisistas

 

Assim como as pessoas que agem por legítima defesa, esses indivíduos também são capazes de passar sobre qualquer um, porém por outros motivos.

 

Neste caso não precisa ser a sua vida que se encontra ameaçada, mas sim qualquer coisa ou objeto que seja considerado seu. Uma pessoa que é capaz de matar um assaltante por exemplo, mesmo após a sua vida não estar em risco, pelo mero fato dele ter te levado alguns trocados, já se encaixaria nesse nível de maldade por exemplo.

 

05

Nível 8- Mágoas

 

Neste nível encontramos as pessoas que guardam mágoas profundas, e que podem durante uma explosão de nervos, simplesmente agir em prol de sua vingança e mágoa.

 

Nível 9- Amantes ciumentos

 

Bem, nós já falamos aqui que o ciúme pode levar alguém a cometer atos cruéis. Porém nesse caso, estamos falando de pessoas que possuem um certo grau e sinais de psicopatia.

 

Isso quer dizer, que esse indivíduo é capaz de cometer atos terríveis motivado por seu ciúmes. Geralmente relacionamentos abusivos, são compostos por pessoas que tem esse nível de maldade.

 

Nível 10- Egocêntricos

 

Esse indivíduo pode cometer maldades por uma série de fatores, mas a grande característica que o diferencia dos demais, é o fato de ser capaz de prejudicar quem está em sua volta, caso seja preciso para se defender.

 

Isso inclui dizer, que essa pessoa prejudica testemunhas de sua maldade, tornando a crueldade um ciclo sem fim.

 

03

Nível 11- Sem escolher

 

Aqui já entramos no grupo dos psicopatas, e nesse nível o indivíduo é capaz de fazer mal a qualquer um que tem potencial de atrapalhar os seus planos.  E ela a passa aos poucos, a revelar a sua real personalidade.

 

Nível 12- Sede de poder

 

Pessoas extremamente ambiciosas, e que são capazes de eliminar qualquer um em seu caminho que possa lhe impedir de chegar ao topo.

 

Nível 13- Bizarros

 

Pessoas psicopatas, violentas e bizarras estão neste nível. Aqui o indivíduo transborda a sua crueldade quando tem explosões de fúria, podendo agir normalmente em outras situações.

 

01

Nível 14- Cruéis

 

Psicopatas minimalistas, calculistas e que planejam nos mínimos detalhes as suas maldades se encontram no nível 14.

 

Nível 15- Estragos em série

 

O objetivo da pessoa que se encontra nesse nível, não é atingir ou causar mal a uma única pessoa em especifico. Na realidade o que ele mais deseja, é causar o maior estrago possível, a quanto mais gente puder.

 

Nível 16- Múltiplos

 

O psicopata gosta de ter vários atos de violência em série. Aqui no nível 16, além da quantidade de pessoas que se atinge, uma outra prioridade deste indivíduo é conseguir fazer uma maldade diferente com cada uma delas.

 

03

Nível 17- Sexualmente perverso

 

O motivo neste nível é especificado. Pessoas que agem em prol de seus desejos sexuais doentios se encontram nesse nível. Geralmente estamos falando de estupradores em série, que são capazes de assassinar as suas vítimas apenas para não serem descobertos.

 

Nível 18- Assassino torturador

 

A única motivação de sua vida é matar. Mas não antes de causar extrema dor e angústia. E é por isso, que as pessoas do nível 18 de maldade, não apenas matam suas vítimas, como também sentem prazer em tortura-las anteriormente.

 

Nível 19- Torturador estuprador

 

Esse tipo de psicopata não necessariamente precisa matar as suas vítimas. O seu prazer está intimamente relacionado ao momento que passa torturando-as e também abusando delas sexualmente.

 

02

Nível 20- Torturador psicótico

 

O torturador psicótico sente prazer exatamente em torturar, essa pessoa gosta de ouvir gritos de dor e sofre com surtos psicóticos.

 

Nível 21- Torturadores Sádicos

 

O torturador sádico tortura a sua vítima até não poder mais. Ele não comete assassinato, mas só porque gosta da sensação de poder fazer tudo de novo.

 

Nível 22- Assassinos torturadores

 

Agem prioritariamente por perversão sexual, mas realmente sentem prazer não apenas em abusar, e sim em torturar e matar as suas vítimas.

 

E então queridos leitores, de todos os 22 níveis, qual deles é o seu? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários.

 

Fonte: Fatos Desconhecidos


1

G1 detalha caminho que policiais percorrem pelos cantos mais sombrios da internet atrás de criminosos. Em 7 meses de 2017, PF fez mais prisões em flagrante do que 2016 inteiro.

 

Em sete meses de 2017, a Polícia Federal prendeu em flagrante mais suspeitos de compartilhar pornografia infantil na internet do que em todo ano de 2016. Os rastros deixados são virtuais e eles são a base da investigação dos policiais.

 

O G1 conversou com integrantes da PF. Eles descreveram como a entidade vasculha a Dark Web, a internet profunda, em busca dos computadores dos acusados para tirar da internet potenciais abusadores.

 

Na última semana de julho, a Operação Glasnost prendeu 27 pessoas em flagrante, o que levou o número de detidos no ano para 81. Em 2016, foram 75.

 

“Disseminação de material pornográfico na internet é um crime cibernético, mas não puramente cibernético. O meio é cibernético, mas o crime é outro”, diz o delegado Otávio Margonari, do Grupo de Repressão ao Crime Cibernético (GRCC) de São Paulo.

 

“Quando se investiga a divulgação, vem a produção, o estupro de vulnerável e a posse.”

 

O que é feito antes da prisão dos criminosos?

 

A prisão de suspeitos em flagrante é o ápice da operação e não ocorre sem que a PF identifique que o acusado possui em seus dispositivos algum registro de fotos ou vídeos – vale até imagens apagadas – de crianças ou adolescentes nus ou em situações íntimas.

 

E isso depende da tecnologia. Mas até chegar lá, os policiais têm de navegar pelos cantos mais sombrios da internet.

 

“As pessoas que se envolvem nesse tipo de crime procuram garantir o sigilo na maior parte do tempo. Mas tem gente que não se importa com isso, acha que, se está em casa ou no escritório, ninguém vai se importar. Geralmente os distribuidores são mais cuidadosos”, conta Evandro Lorens, diretor da Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF).

 

Membro do Serviço de Perícias em Informática (Sepin) do Instituto Nacional de Criminalística, Lorens contou ao G1 como a investigação é feita, da identificação dos alvos até a análise em laboratório dos equipamentos apreendidos.

 

2

 

Como é feita uma ronda virtual?

 

Primeiro, a PF monitora redes de compartilhamento na internet “peer-to-peer” (P2P), em que um arquivo é enviado de usuário a usuário, em vez de partir de um servidor central, como ocorre em serviços de streaming ou de download de empresas de conteúdo.

 

Durante essa ronda virtual, a polícia encontra de tudo. “Tem o cara que é curioso, que só quer ver foto e não tem contato com criança. Em geral, não é gente com muito conhecimento em informática, tem gente que troca imagem por e-mail, que é muito fácil de rastrear. E tem os caras mais agressivos e com mais conhecimento técnico”.

 

Lorens conta que o monitoramento passa a abranger outras plataformas conforme se tornam populares. Isso inclui os serviços na Dark Web, cujo acesso necessita de programas especiais pois os endereços são ocultos para mecanismos de busca.

 

“Lá, como eles se sentem mais confortáveis, porque sabem que a sua autoria está escondida, acontecem coisas mais graves”, diz o delegado. “Muitos são abusadores de crianças, produzem filmes, colocam lá para os outros, esperando o outro para fazer a mesma coisa.”

 

Ele conta que a troca de material ocorre por meio de fóruns, em que os participantes são ranqueados conforme o volume de fotos e vídeos enviados. “Quem publica mais tem mais moral perante os outros. Aí para mostrar que ele é bom mesmo e que ele se dedica àquele fórum faz as crianças segurarem plaquinhas com os nomes do fórum.”

 

As imagens trocadas pelos monitorados compõem um banco de dados. “Não é um Big Brother gigante, que pega tudo que está acontecendo”, comenta o perito, mas “é o coração do sistema” e o que estiver lá será usado para pegar suspeitos em flagrante.

 

“É muito agressivo ficar olhando para aquelas fotos, aqueles vídeos”, diz Margonari. “Você olha meio de lado, sabe que é pornografia infantil, tem bebê, umas coisas absurdas, mas isso é a materialidade, o que estou buscando é saber a autoria, quem está publicando aquilo.”

 

“Além de monitorar tráfego P2P, monitora troca de informação via chat e consegue identificar situações críticas de risco”, diz Lorens. Ele lembra que, durante os preparativos para a Operação Darknet, de 2015, agentes captaram uma conversa de um suspeito que dizia estar esperando a mulher grávida de oito meses dar à luz para abusar da criança.

 

Tem hora que não dá para esperar

 

“Nesses casos, quando a conversa é crível, a gente tem que antecipar a situação”, diz. “Antes de operações há micro operações para evitar ações em curso. Se o estuprador está abusando da criança, a gente não vai esperar.”

 

O monitoramento deixa de ser puramente virtual quando os policiais percebem que o crime pode ter repercussão internacional, com efeitos em outros países. Vira uma investigação quando obtêm informações como número de IP ou endereço físico dos suspeitos.

 

Segundo o delegado Margonari, a PF já tem ferramentas para identificar, em uma casa com vários internautas, quem foi o responsável por um download suspeito.

 

“As técnicas de investigação estão evoluindo. No passado, era raro conseguir um negócio desses. A gente sabia, na melhor das hipóteses, se aquela conexão tinha publicado material pornográfico infantil. Mas quem era? Putz, podia até ser que tivesse um Wi-Fi e o vizinho estivesse usando.”

 

Mas ele não abre como a mágica ocorre: “Se souberem como eu consegui chegar à identidade deles, vão mudar a técnica. Preciso aproveitar o que eu desenvolvi. Como? Não vou te contar”.

 

A hora da operação

 

A partir daí, a PF identifica alvos de uma futura operação e monitora o tráfego de internet deles. Durante as operações, os agentes encontram as mais diversas recepções.

 

“Quando escutou que era a polícia entrando, o cara engoliu um pen-drive. Foi o primeiro engolido cibernético da história. E ele foi preso, porque tinha mandato para ele. Ficou todo mundo esperando ele cagar pra mandar aquele pen-drive para a perícia”, diz Margonari. “Um cara jogou o computador pela janela, quebrou toda a tela, o perito foi lá, pegou o HD, espetou na máquina e tinha muita coisa.”

 

O objetivo é deter suspeitos contra quem pesam fortes evidências e apreender equipamentos que, depois de passar por análise, podem fornecer provas. Mas a PF criou um equipamento para conseguir fazer prisões em flagrante. É um software que procura no disco rígido do suspeito por imagens suspeitas. Primeiro, ele vê se a máquina possui alguma dos 2 milhões de arquivos do banco de dados. Depois, indica se há imagens que possam caracterizar pornografia infantil –um de seus trunfos é conseguir identificar se há fotos ou vídeos com alta exposição de pele de pessoas com pequena complexão física.

 

Até imagens apagadas são listadas. Se um arquivo for sobreposto a imagens deletadas, no entanto, a ação fica mais complicada, conta Lorens.

 

Tecnologia caseira

 

O nome oficial do mecanismo é Localizador de Evidências Digitais. Ele foi criado pelo perito Wladimir Leite em 2010. A criação de tecnologia dentro de caso para combater o crime é outra característica da PF.

 

“Na Operação Hashtag, não usamos nenhuma ferramenta comprada no mercado. Era tudo caseiro”, conta o delegado Margonari. Na prática, todos os grupos regionais da PF podem criar ferramentas. Mas é o Setor de Perícia de Informática, de Brasília, o responsável por centralizar a padronização de ferramentas vindas de todo o Brasil.

 

Um dos exemplos é o Iped, um sistema criado para extrair e indexar grandes massas de dados, criado para suprir uma demanda da Lava Jato. Já há serviços privados que separam conteúdo e classificam informações de um HD, mas eles não conseguiriam trabalhar na velocidade necessária para abastecer a investigação. “O peritos fizeram as contas e concluíram que passariam anos rodando a ferramenta initerruptamente”, diz Lorens. “O Iped é 20 mais rápido.”

 

E completa: “Quando não há ferramenta de mercado, fazem a concepção do zero”.

 

Fonte: G1


1

Empresas e empregados poderão firmar, por acordo, data para compensar folga

 

RIO – Quem já está planejando o que fazer nos feriados de 2018 (são pelo menos oito nacionais, em dias úteis), deve se preparar. Quando entrar em vigor, em novembro, a reforma trabalhista permitirá que empregadores e empregados negociem quando tirar as folgas correspondentes a esses dias. Dessa forma, um feriado que cai na segunda-feira, por exemplo, pode ser deslocado para outro dia da semana, ou até mesmo para outro mês, mediante acordo. Para especialistas, há chance de judicialização, caso os acordos não sejam claros o bastante.

 

A previsão está em um dos principais artigos da nova lei, aquele que prevê 15 itens nos quais o acordado entre as partes vale mais que a legislação. O advogado Luiz Marcelo Góis, sócio da área trabalhista do BMA – Barbosa, Müssnich, Aragão, avalia que há margem para que esse tipo de acordo seja contestado: como hoje a CLT não prevê normas para esse tipo de troca. Um dos possíveis conflitos, prevê o especialista, é caso um empregado trabalhe no feriado e seja demitido antes da data estipulada para a compensação. Pode não ficar claro se ele deve receber essa compensação em dinheiro ou se, como o acordo estipulou a troca do feriado, não haveria motivo para contestação.

 

— Pode ser questionado na Justiça. Ele teria trabalhado num dia que não mais é feriado (pelo acordo). Em tese não teria direito a compensação e horas extras, mas não vai ser nenhum absurdo se algum juiz decidir o contrário — afirma Góis.

 

Fonte: O Globo

Foto: Feriados – reforma permitirá troca do dia – Dafne Cholet/Flickr/Creative Commons


caixa

Banco informou que 25,9 milhões de trabalhadores foram beneficiados, o que equivale a 79% do total que tinha direito a fazer a retirada. Prazo terminou em 31 de julho e não será reaberto.

 

A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira (7) que cerca de R$ 44 bilhões foram sacados das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

 

O prazo para o saque terminou em 31 de julho e, de acordo com o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, ele não será reaberto (veja mais abaixo nesta reportagem).

 

Saiba situações em que o prazo será prorrogado

 

O banco informou ainda que 25,9 milhões de trabalhadores foram beneficiados com a medida, o que equivale a mais de 79% dos que tinham direito, pela base atualizada.

 

De acordo com a Caixa, inicialmente a estimativa era de que 30,2 milhões de trabalhadores tinham direito ao saque. Com “acertos cadastrais”, esse número subiu para 32,9 milhões.

 

Foram realizados, ainda segundo o banco, 31,3 milhões de atendimentos em suas agências.

 

Prazo não será reaberto

 

Mesmo que todos trabalhadores não tenham sacado os recursos, o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, afirmou que o prazo de saque das contas inativas não será reaberto pelo governo federal.

 

“Está descartada a possibilidade de reabrir o prazo. Não existe nenhuma possibilidade. Não é intenção da Caixa fazer nenhuma prorrogação. Tivemos mais de 30 milhões de trabalhadores indo a agências da Caixa. Mais de R$ 20 bilhões foram pagos nas agencias da Caixa”, disse ele.

 

A Caixa Econômica Federal informou que o valor sacado pelos trabalhadores representou 88% do valor disponível. Isso porque o montante inicialmente divulgado, de R$ 43,6 bilhões, ao ser corrigido pela Taxa Referencial, mais 3% ao ano (correção do FGTS), avançou para R$ 49,8 bilhões ao todo.

 

A liberação dos recursos das contas inativas do FGTS aconteceu em um momento ainda de dificuldades na economia, que, embora tenha crescido no primeiro trimestre, ainda mostra dificuldades para deslanchar.

 

“A Caixa tem feito um grande esforço para que a gente possa retomar a economia. Ao colocar R$ 44 bilhões [na economia], o trabalhador usou este valor para pagar dívidas e, o restante, para o consumo, para a poupança ou em um fundo de investimento”, declarou Gilberto Occhi.

  

Fonte: G1


1

Eu já não sou mais o tipo de pessoa que finge alguma coisa. Se sinto saudade, digo. Se sinto amor, amo. E se não tenho vontade de estar e fazer parte de algo ou alguém, vou embora. Com o tempo, aprendi que o jeito mais honesto de encontrar a felicidade é respeitando as minhas escolhas.

 

Desde que passei a conhecer e entender das minhas metades, pude admirar com sinceridade os meus inteiros. Descobri que a solidão não é ruim se você não lutar contra ela. Porque solidão não quer dizer ausência do outro. Pelo contrário, solidão é autoconhecimento e cumplicidade consigo. É ter a força e a leveza de acreditar, confiar e buscar motivos para seguir adiante. Futuro algum está escrito no presente. Deixei de lado essa arrogância de ignorar o hoje pensando no amanhã.

 

E o mesmo vale para o amor. Sou uma colcha de retalhos dos amores que tive. Não há razão para apagá-los da memória. Por causa deles, conheci o verdadeiro gosto da minha pessoa. Tive decepções e alegrias, mas sobrevivi. Continuei e continuo vivendo por enxergar o amar como uma jornada a ser escrita em muitas mãos. Desejar um limite de tempo e intensidade para o amor, é não permanecer de olhos fechados e coração aberto.

 

Quero o simples. O extravagante não me impressiona ou inveja. Valorizo os momentos em que compartilho conhecimentos. Neles, quebro ordens e paradigmas. Viro caos antes de vestir tranquilidade. Não ligo para o que pensam, contanto que respeitem os espaços permitidos. É fundamental não entrar sem convite. A menos que seja uma encomenda surpresa, com o remetente carinho e o carimbo em gentilezas.

 

Cá pra nós, preciso de muito pouco para ser. Ainda erro e tropeço em algumas emoções, não tenho problemas para confessar isso. Mas, por incrível que pareça, ando abraçando mais chegadas do que partidas. Tudo no meu próprio tempo, no meu próprio caminho.

 

Fonte: A soma de Todos Afetos

Imagem de capa: polinaloves, Shutterstock


1

Em nota, Itamaraty afirma que país vizinho confirmou ‘ruptura da ordem constitucional’

 

RIO — A votação da Assembleia Constituinte venezuelana foi enfaticamente condenada pelo Itamaraty. Em nota divulgada antes do fechamento das urnas no país vizinho, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que “lamenta profundamente” a decisão do governo de Caracas de ignorar apelos da comunidade internacional e instou a suspensão da instalação do novo órgão.

 

De acordo com o Itamaraty, “a iniciativa do governo de Nicolás Maduro viola o direito ao sufrágio universal, desrespeita o princípio da soberania popular e confirma a ruptura da ordem constitucional na Venezuela”.

 

O governo brasileiro considerou que a nova Assembleia, se for empossada, formaria “uma ordem constitucional paralela”.

 

PREOCUPAÇÃO COM VIOLÊNCIA

 

Assim como as chancelarias de outros países latino-americanos e europeus, o Itamaraty demonstrou preocupação com a escalada de violência no país — nos últimos quatro meses, mais de 100 pessoas foram mortas em manifestações. O Ministério das Relações Exteriores atribui o acirramento da crise em Caracas ao “avanço do governo sobre as instâncias institucionais democráticas ainda vigentes no país e pela ausência de horizontes políticos para o conflito”.

 

As relações diplomáticas entre Brasil e Venezuela são delicadas desde a posse do presidente Michel Temer, devido às críticas de Caracas ao impeachment de Dilma Rousseff. O embaixador do Brasil em Caracas, Ruy Pereira, foi convocado para consultas em Brasília no mesmo dia em que Maduro chamou de volta o seu embaixador, em setembro do ano passado. Pereira retornou para a Venezuela somente em maio.

 

O Brasil foi protagonista do processo de suspensão da Venezuela do Mercosul, processo que ocorreu, entre outros motivos, pela “ruptura da ordem democrática” no país de Maduro. Nos últimos meses, o governo brasileiro incentivou negociações entre o governo e a oposição em Caracas, ao mesmo tempo em que acolhe cada vez mais imigrantes. Os pedidos de refúgio saltaram de 230 nos últimos dois anos para quase 3 mil entre janeiro e abril de 2017.

 

Fonte: O Globo

Manifestante contra Maduro se senta no chão perto de barricada em Caracas – Ariana Cubillos / AP


1

Após praticamente finalizar o prédio da Unidade de Saúde da Família do Jardim Santa Elisa, a prefeitura de Rio Claro retomou nesta semana uma segunda obra que também estava paralisada. “É o nosso comprometimento com a população, que via nestas obras paradas um verdadeiro desrespeito e a má utilização do dinheiro público”, comentou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria na tarde de sexta-feira (28) durante visita à construção da Unidade de Saúde da Família do São Miguel, que estava paralisada há mais de ano.

 

“Além de sabermos que teremos o privilégio de contar com um posto de saúde em frente de casa, ficamos felizes em ter de volta a sensação de segurança, pois isto aqui era invadido para consumo de drogas e tudo o mais”, relata o morador João Ricardo.

 

Além dessas unidades do Santa Elisa e do São Miguel, existem outras quatro unidades de saúde à espera de conclusão, cujas obras foram abandonadas pelo governo municipal anterior, embora tenha recebido R$ 3,2 milhões da União para realizar o serviço. O Ministério da Saúde cobrou do município a devolução dos recursos ou o término das obras. “Temos que terminar as obras ou devolver os R$ 3,2 milhões investidos pelo Ministério da Saúde”, informa o secretário municipal de Saúde Djair Francisco.

 

As unidades em construção estão localizadas nos bairros Jardim Santa Elisa, São Miguel, Bela Vista, Jardim Progresso, Jardim Brasília 1 e Vila Verde/Mãe Preta.

 

Desde o início deste ano a Saúde passou a ser prioridade para a prefeitura. Outras iniciativas estão em andamento com o programa Mais Saúde, como as carretas da saúde, que serão instaladas no Espaço Livre da Avenida Visconde do Rio Claro, e algumas já implantadas, como a Farmácia Todo Dia, que atende também nos feriados, sábado e domingo.


1

E como merece, viu? Não há nada demais em querer alguém que respeite, cuide e admire os seus pontos fortes e fracos. Alguém que procure entender e participar da sua história. Alguém que realmente tenha a intenção de permanecer e contribuir, mesmo nos piores dias, num sincero sentimento de cumplicidade.

 

Nada de pouco. Nada daqueles amores que chegam assumindo funções e direcionando objetivos sem te consultar. Antes de tudo, nada disso é amor. Encontrar alguém especial não significa encontrar a perfeição em pessoa, mas isso não quer dizer que ela não tenha preocupações e legítimas atitudes de carinho.

 

Conhecer alguém especial é saber que ela não brinca com você. Que ela não atropela os seus sonhos para fazer valer os dela. Que ela sequer carrega essa prepotência de disputar uma queda de braço com você. E é exatamente por entendimentos assim que você não deve aturar uma vida inteira de meros vislumbres de alguém que deveria ser especial.

Pare de responsabilizar metades alheias. Esqueça essa mágoa, esse triste e solitário buraco que faz com que você se aproxime de repetidos quase especiais. É perda de tempo. Seu e delas. Porque enquanto estiver procurando janelas para aquecer o coração, porta alguma fará sentido. E entrar dessa forma, sem convite e autoconhecimento do que se espera, é o crime mais praticado pelos supostos amantes.

 

Faça diferente. Observe os espaços deixados, troque de lugar alguns pensamentos – renove-os, se for preciso. Tenha paciência e um zelo definitivo pela sua caminhada até aqui. Aos poucos, novas pessoas pediram passagem. A diferença é que agora você saberá quais delas são merecedoras da sua morada, da sua ternura.

 

Para merecer alguém especial todos os dias, você deve sentir-se tão especial quanto. Prezando, igualmente, realistas demonstrações de afetos e reciprocidades. É o mínimo nesses tempos de amores cambaleantes.

 

Fonte: A Soma de Todos os Afetos

Imagem de capa: Pinterest


1

No final da manhã desse último domingo (23), um espaço, voltado ao armazenamento de materiais recicláveis dentro da Área da Estação Ferroviária, denominado Associação Novos Tempos Dos Catadores de Reciclagens foi alvo de um incêndio.

 

O Corpo de Bombeiros e Defesa Civil se fizeram presentes no local e trabalharam no combate às chamas.

 

2

3

4

5

6

8

9

 

A Rio Claro Online entrou em contato com a Defesa Civil e foi informado que o fogo teve início nas proximidades da Estação Ferroviária e que infelizmente acabou se alastrando muito rápido até o depósito com materiais recicláveis.

 

A causa do incêndio ainda está sendo apurada. Não houve feridos.

 

A Estação Ferroviária compreende uma área grande, cerca de aproximadamente 7 ha

 estacao02estacao04

estacao05

 

 

A Rio Claro Online colheu comentários e perguntas pertinentes de algumas pessoas a respeito do Incêndio:

 

“Hoje fui na Futura Associação Novos Tempos dos catadorees de Reciclagem que agora precisam do povo de Rio Claro com material reciclavel ao lado do ECO PONTO DO INOCOOP..
Receberam a cesta verde através da Secretaria Assistência Social as 24 famílias… agora precisam de uma solução rápida e definitiva e atuante das Secretarias para poderem trabalhar e aumentar a renda …

Colaborem junto com a Presidente Jozilma e Luci Bonatti

“Hoje fui verificar a situação do local em que a Associação Novos Tempos de Catadores de Reciclagem estão ao lado do ECO PONTO DO BAIRRO INOCOOP, precisam de toda ajuda de Rio Claro apos este incendio que ocorreu na Av 8 A … precisam de agua… telhas… blocos.

Cimento… areia… Agua …

Precisam agora de material para poderem vender e conquistarem o salario das 24 familias que pagam aluguel… agua e outras despesas… Tenho que agradecer o apoio do Secretario de Segurança Bellagamba ..

Secretaria de Assistencia Social … Sepladema Penteado … mas o que realmente agora neste momento é decisão de ajudar e fazer o Barracao para estas mulheres e homens poderem conquistarem mais espaços …mas sem mais demora do poder publico..

Agora é decisão para a conclusão… Porque todos tem o sonho de crescer…. e Estarei com todos.. Presidente Jozilma e Luci Bonatti ..

Compartilhem todos precisam conhecer

Maria Do Carmo Guilherme

a11

 

 

“Esse incêndio está na cara que foi algo criminoso (…)”

Sandra Regina

 

“A Base da PM está instalada já faz um mês praticamente na Av.1 Rua 1, e o que aconteceu? Ninguém viu nada antes do fogo se alastrar? Onde estão as câmeras de segurança nessa região? Só deram conta do fogo a hora que a fumaça já estava negra no céu de Rio Claro, se via  há distância!”

José Abilio

 

“O desespero foi total, estava tomando o ônibus com a minha mulher e menina de 3 anos e a fumaça preta vindo forte em  direção a toda a Estação, não sabíamos o que seria, só´pensei em sair dali o mais rápido possível.”

Paulo César

 

INDIGNADA!!!!! INCÊNDIO CRIMINOSO NA ASSOCIAÇÃO DOS CATADORES DE RECICLÁVEIS DE RIO CLARO, NOVO TEMPO!!!!!

TANTAS FAMÍLIAS SAÍRAM DOS ATERROS POR ESSA ASSOCIAÇÃO E ASSIM QUE RIO CLARO AGRADECE…. SINTO NOJO E VERGONHA!

Luci Bonatti CONTA COMIGO VAMOS ARRECADAR ALIMENTOS E ROUPAS, PQ NÃO TEMOS A OPÇÃO DE DESISTIR…. VOCÊ E A PRESIDENTE JOSILMA SÃO REFERÊNCIA DE FORÇA E DEDICAÇÃO. SINTO MUITO!

Thais Lopes

 

“Meu e muito estranho de uma hora pra outra tudo tá pegando fogo pra mim tem coisa aí em”

Reinaldo Roots

 

“É permitido esse tipo de depósito no centro da cidade? O sepladema permite esse tipo de depósito em área central???????”

Virlaine Cyrino Pedagoga

 

“Mas o que se transformou ali,tem muito lixo.”

Bia Fabio Pereira

 

“Parabéns a todos os bombeiros”

Sergio Ricardo

 

 “Nossa nem sabia que tinha associação de recicláveis alí…que perigo, trens param com tanques de combustível aí perto…”

Leide Helena

 

“Vai vira estacionamento também”

Rodrigo Gomes


1a

Analistas ouvidos na semana passada pelo Banco Central elevaram estimativa para inflação de 3,29% para 3,33%. Mercado manteve previsões para alta do PIB e para os juros.

 

Após o governo anunciar o aumento da alíquota de PIS e Cofins sobre os combustíveis, economistas do mercado financeiro elevaram a previsão para a inflação neste ano, informou nesta segunda-feira (24) o Banco Central no relatório conhecido como Focus.

 

De acordo com os analistas, ouvidos pelo BC na semana passada, a inflação agora deve ficar em 3,33%, na média. No relatório anterior, feito com base nas previsões coletadas pelo Banco Central na semana retrasada, os economistas estimavam que a inflação ficaria em 3,29%, na média.

 

A nova estimativa interrompe uma sequência de sete quedas seguidas no indicador. Mais de cem instituições financeiras foram ouvidas pelo BC.

 

Apesar da alta, a nova previsão mantém a inflação abaixo da meta central para o ano, que é de 4,5%.

 

A meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e deve ser perseguida pelo Banco Central, que, para alcançá-la, eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia (Selic).

 

A meta central de inflação não é atingida no Brasil desde 2009. À época, o país ainda sentia os efeitos da crise financeira internacional de forma mais intensa.

 

Pelo sistema vigente no Brasil, a meta de inflação é considerada formalmente cumprida quando o IPCA fica dentro do intervalo de tolerância também fixado pelo CMN.

 

Para 2017, esse intervalo é de 1,5 ponto percentual para baixo ou para cima do centro da meta. Assim, o BC terá cumprido a meta se o IPCA terminar este ano entre 3% e 6%.

 

Para 2018, a previsão do mercado financeiro para a inflação ficou estável em 4,20% na última semana. O índice segue abaixo da meta central (que também é de 4,5%) e do teto de 6% fixado para o período.

 

PIB e Juros

 

 

Para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, o mercado financeiro manteve sua estimativa de crescimento em 0,34%. Para 2018, os economistas das instituições financeiras mantiveram sua estimativa de expansão da economia em 2%.

 

O mercado financeiro também manteve sua previsão para a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 8% ao ano para o fechamento de 2017.

 

Ou seja, os analistas continuaram a estimar uma redução dos juros neste ano. Atualmente, a Selic está em 10,25% ao ano.

 

Para o fechamento de 2018, a estimativa dos economistas dos bancos para a taxa Selic permaneceu 8% ao ano. Com isso, estimaram que os juros ficarão estáveis no ano que vem.

 

Câmbio, balança e investimentos

 

 

Na edição desta semana do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio do dólar no fim de 2017 ficou estável em R$ 3,30. Para o fechamento de 2018, a previsão dos economistas para a moeda norte-americana recuou de R$ 3,45 para R$ 3,43.

 

A projeção do boletim Focus para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2017 permaneceu em US$ 60 bilhões de resultado positivo. Para o próximo ano, a estimativa dos especialistas do mercado para o superávit caiu de US$ 47,8 bilhões para US$ 45,5 bilhões.

 

A previsão do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil, em 2017, permaneceu em US$ 75 bilhões. Para 2018, a estimativa dos analistas ficou estável também em US$ 75 bilhões

 
 
Fonte: G1


caixa

Trabalhadores com direito a sacar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) afirmam que foram pressionados por funcionários da Caixa para contratar serviços do banco como condição para a liberação do dinheiro.

 

Há também relatos de oferta inadequada de produtos para aplicação do dinheiro, como informar que planos de previdência privada são isentos de taxas e impostos.

 

O pagamento do FGTS, seja das contas inativas ou por demissão sem justa causa, é um serviço público prestado pela Caixa e não pode ser atrelado a nenhum outro tipo de contratação de produtos financeiros.

 

Por mais que Hadassa Praciano Matos, 29, tenha argumentado isso com funcionário da Caixa em agência no Ceará, quando foi sacar o dinheiro das contas inativas, não venceu a queda de braço. Acabou contratando um seguro residencial sem desejar.

 

Eram R$ 2.400 no FGTS, mas Matos deixou R$ 120 no seguro, 5% do valor do benefício trabalhista acumulado ao longo de anos.

 

“A funcionária disse que o sistema só libera o FGTS se você adquire algum tipo de seguro. Eu adquiri para sair de lá. Eu sei que não é verdade.”

 

Agora ela tenta cancelar o produto na central de atendimento e reaver o dinheiro.

 

Ana Paula Viana decidiu abrir uma poupança para receber o FGTS inativo. Como foi a uma agência em um sábado, acreditava que não poderia fazer a transferência do valor para outro banco. Era possível agendar transferências no sábado, e o dinheiro cairia na conta em outra instituição no dia útil seguinte.

 

Além de não informar que poderia fazer a transferência, o atendente condicionou a abertura da caderneta à compra de um plano de previdência, que, por sua vez, tinha um seguro embutido.

 

Quando tentou cancelar, ouvir que precisaria esperar 60 dias e mesmo assim não receberia reembolso integral.

 

O ProconSP diz que a prática de obrigar o consumidor que for sacar o FGTS a comprar ou contratar qualquer outro produto ou serviço bancário é abusiva.

 

“O banco pode até oferecer a contratação de um serviço, mas não pode vincular o saque do FGTS a essa contratação. O consumidor só aceita se for de seu interesse.”

 

O ProconSP recomenda que o trabalhador se negue a contratar qualquer produto que não deseje e que recorra aos órgãos de defesa do consumidor caso tenha pago por um serviço nessas condições.

 

Ranking de reclamações do BC mostra a Caixa como a instituição com mais queixas de clientes entre abril e junho, um salto ante a terceira posição, ocupada no começo do ano, quando o dinheiro do FGTS começou a ser liberado.

 

OUTRO LADO

 

Procurada, a Caixa disse que “os casos não coincidem com a política de atendimento do banco” e que “não vincula ou condiciona, sob nenhuma hipótese, a liberação dos recursos do FGTS à aquisição de outros serviços ou produtos financeiros”.

 

O Banco Central diz que não recebeu reclamações relacionadas a saque do FGTS.
O que é preciso para sacar o FGTS inativo?

 

Ter contratos de trabalhos antigos, dos quais pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2016.

 

O prazo para saque das contas inativas se encerra em 31 de julho. Depois disso, o dinheiro só poderá ser acessado seguindo as regras gerais do fundo de garantia, como a compra da casa própria, na aposentadoria ou em caso de doenças graves.

 

O dinheiro pode ser transferido para outro banco?

 

Sim. A transferência é gratuita. Durante o horário bancário, as transferências são feitas via TED, e o dinheiro cai na conta no mesmo dia. Se for feito DOC, o dinheiro fica liberado no dia útil seguinte.

 

O prazo de retirada é o mesmo para todos os clientes, e funcionários do banco não têm o poder de antecipar ou atrasar a liberação do dinheiro.

 

O atendente pode oferecer produtos da Caixa quando eu for sacar o benefício?

 

Sim. No entanto, ele não pode condicionar a retirada do dinheiro à compra de serviços do banco.

 

Quando oferecer o produto, ele é obrigado a explicar todos os custos envolvidos em produtos financeiros e condições de carência, caso o cliente desista da compra, seja um seguro, um plano de previdência privada ou algum tipo de investimento.

 

Contratei um serviço que não desejava. O que eu faço?

 

É preciso fazer uma reclamação nos canais de atendimento (fale-conosco.caixa.gov.br ou 0800-726-0101).

 

A queixa também pode ser feita na ouvidoria (0800-725-7474).

 

É possível entrar com uma reclamação nos Procons, que ajudam no reembolso do valor cobrado.

 

Cadastre sua queixa no Banco Central (ligue 145).

 

Tentei e não consegui sacar o FGTS. Vou ficar sem o dinheiro?

 

Há dois casos distintos. Quem não conseguiu sacar o dinheiro porque o empregador não deu baixa na carteira precisa levar o termo de rescisão de contrato de trabalho até o dia 31.

 

Já quando há um problema na Caixa, o trabalhador poderá receber depois do prazo se fizer o pedido até o fim do mês. Depois, a Caixa terá mais um mês para solucionar o problema.

 

Devo sacar o FGTS inativo?

Sim. O dinheiro parado no FGTS tem rentabilidade baixa (de 3% ao ano mais TR), abaixo da inflação.

 

Mesmo na poupança, que é considerada uma opção ruim de investimento por especialistas, o dinheiro renderia mais -6,17% ao ano mais a TR.

 

Se o objetivo for usar o dinheiro para a compra da casa própria, juntar dinheiro vai ser mais fácil se ele render mais.

 

1. Como saber quanto tenho na conta
É possível fazer a consulta pelos seguintes canais de atendimento:

 

APLICATIVO FGTS para smartphones

TELEFONE 0800 726 2017 (ligação gratuita)

TENHA EM MÃOS
Número do CPF e número do PIS


amanda

Nosso corpo nossa casa. Habitat é lugar de morar, de repouso. Para o Projeto Habitats, o corpo nu simboliza esta morada e se despir se torna o ato de interiorização e contato com este lugar. Só há vida em um corpo habitado pelo etéreo, pela ternura, pelo sofrimento, pela alegria. Márcia Tiburi escreveu: “se há verdade no mundo, ela é a nudez”. Inspiradas neste movimento, e depois à luz desta frase, as divagações da fotógrafa foram ao encontro ou na busca de um movimento de desconstrução das relações tão repletas de defesas, onde panos que cobrem o corpo são parte deste distanciamento.

 

Captar as sensações de quem se despe para o projeto, faz com que a fotógrafa também se sinta despida de defesas e distancias, resultando em imagens que contém alta carga sentimento. Entre risos, olhares, conversas, histórias, com-tato, as imagens de dentro destas casas vão se revelando. Singularidades vão surgindo, mas com um efeito em comum: estes corpos já não são mais os mesmos. Assim como quem fotografa já não o é. Em meio esta troca o Projeto Habitats vai se construindo. Projeto porque nunca será definitivo, sempre haverá de se transformar e se reconfigurar. A fotografia é uma troca, entre quem está atrás da lente e quem se permite ter uma fração de segundo de si capturado em uma imagem. A nudez proporciona esta sintonia fina.

 

Estes ensaios já são uma pequena mostra mais de duas mil imagens já capturadas. Estes corpos casas exibidos nesta exposição representam um brinde às relações humanas, que só são possíveis quando acontece o reconhecimento de si. É de dentro para fora que as conexões acontecem.

 

O projeto se iniciou no final de 2015 e continua, com previsão para ser finalizado até meados de 2018, cujo final será brindado com uma exposição e uma publicação.

 

Quem tiver interesse em posar e não ter as fotos publicadas, pode falar com a fotógrafa também. Ela faz ensaios particulares.

 

Link do Projeto – Veja mais: Projeto Habitats

Contato: Jhen Scalco +55 19 983274180


1

Com reforma no setor, Eletrobras pode privatizar até 14 usinas hidrelétricas

 

BRASÍLIA – A Eletrobras pode privatizar até 14 usinas hidrelétrica antigas pertencentes às subsidiárias Chesf, Furnas e Eletronorte, se a reforma nas leis do setor elétrico avançar da forma como o Ministério de Minas e Energia propôs no início deste mês. Esse movimento deve afetar as contas de luz de todos os brasileiros, mas tem potencial de reforçar o caixa da estatal e as contas do governo. Para diluir os aumentos e preparar o sistema elétrico para uma nova forma de comercializar a energia produzida pelas usinas, o governo avalia colocar todo esse volume à venda de maneira escalonada.

 

Juntas, essas usinas têm hoje capacidade instalada de 13.907,51 megawatts de energia e geram eletricidade suficiente para atender a de 20 milhões a 25 milhões de residências. As 14 usinas da Eletrobras que podem ser vendidas operam cobrando apenas os custos de operação e manutenção, com preços predefinidos, pelo chamado regime de “cotas”. No total, a estatal conta com 47 hidrelétricas.

 

Entre as principais hidrelétricas que podem entrar na lista para concessão ao setor privado estão o Complexo de Paulo Afonso (na Bahia) e Xingó (entre Alagoas e Sergipe), operadas pela Chesf; e usinas de Furnas, como Marimbondo e a Hidrelétrica de Furnas (ambas em Minas Gerais).

 

Caso prossigam as mudanças de regulação das elétricas, com a privatização, a estatal poderá trocar o modelo adotado nessas usinas, de preço fixo em cotas pelo preço de mercado, definido de acordo com a demanda.

 

MODELO PARA ATRAIR INVESTIDOR

 

Atualmente, a tarifa das cotas é de cerca de R$ 60 por megawatt-hora (MWh). Nos contratos do mercado regulado, firmados em leilões, por sua vez, a Eletrobras apurou a tarifa média de R$ 200/MWh em 2016. É daí que vem o aumento na conta de luz. Caso todas as usinas sejam privatizadas de uma só vez, o impacto previsto pelo próprio governo nas contas de luz de todos os brasileiros é de uma alta de até 7%.

 

Por isso, as hidrelétricas devem ser ofertadas ao mercado de maneira escalonada, tanto para reduzir os impactos nas tarifas, quanto para preparar as distribuidoras para a nova realidade do sistema.

 

À venda

Hidrelétricas ficam nas regiões Norte, Nordeste, Centro Oeste e Sudeste

 

A mudança na forma como a energia dessas hidrelétricas é comercializada tem o objetivo de deixá-las mais atraentes para investidores. Dessa forma, a interpretação é que elas poderiam ser vendidas por preços maiores. O modelo representa o abandono das regras estabelecidas pela medida provisória (MP) 579, publicada no governo Dilma Rousseff, que criou o regime de cotas. Com essa MP, que mudou regras com a promessa de reduzir a conta de luz, a Eletrobras passou a receber apenas uma receita para operação e manutenção desses ativos, que representam cerca de um terço da sua capacidade instalada total.

 

O governo atual alega que a mudança é inevitável e que a Eletrobras vai ganhar com as privatizações. O baixo preço da energia vendida pelas 14 usinas é apontado como uma das causas do fraco desempenho financeiro da estatal nos últimos anos. Só no ano passado a empresa voltou a gerar lucros, após quatro anos seguidos de prejuízos (2012 a 2015), período em que acumulou perdas de R$ 30 bilhões.

 

A venda das usinas da Eletrobras não é unanimidade entre especialistas do setor elétrico, apesar de a notícia ter sido bem recebida pelo mercado. Roberto D’Araujo, diretor do Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Elétrico (Ilumina), avalia que as usinas da Eletrobras exercem funções sociais que vão além da geração de energia. Ele diz, também, que o impacto nas contas de luz ainda não está claro.

 

— A Eletrobras não é uma empresa de governo, é uma empresa do Estado brasileiro. Há um aumento de tarifa que não está sendo explicitado corretamente. Os R$ 60 são o que nós pagamos. Ali já tem imposto, tarifas de conexão de energia. O preço que realmente é vendido para as distribuidoras é muito mais baixo. Se ocorrer a venda, o aumento será monstruoso — disse o analista.

 

No Nordeste, a Chesf, por exemplo, é responsável por sistemas de irrigação que atendem a dezenas de produtores locais. Para Fernando Umbria, consultor da LPS Consultoria Energética, no entanto, a energia gerada por essas usinas precisa voltar a ser competitiva.

 

— O modelo sempre foi aquele que olha para geração de energia como um segmento competitivo, e não como um segmento regulado. A ideia é recuperar o modelo do setor e levantar recursos. Os últimos anos foram ruins para a Eletrobras. Ao abrir mão de usinas, ela vai se tornar uma empresa menor, mais enxuta, com quadro mais adaptado, para se tornar uma empresa viável — disse Umbria.

 

TESOURO PODE FICAR COM MAIS RECURSOS

 

Para aumentar o valor das usinas, o governo também deve recalcular a chamada garantia física das hidrelétricas antigas da Eletrobras antes de colocá-las à venda. A garantia física é o total de energia que as usinas podem negociar com o mercado de energia elétrica. Em alguns casos, a garantia assumida é calculada sem levar em conta o quanto a usina pode oferecer. Se a operação estiver superestimada, a hidrelétrica recebe mais dinheiro do que o necessário para operar. Caso contrário, a usina gera mais energia e recebe menos pelo que é produzido. Em todos os casos, os custos são repassados ao consumidor. A intenção, agora, é recalcular o quanto essas usinas podem vender ao mercado e deixá-las mais atraentes para investidores.

 

O governo, porém, ainda não tem estimativa de quanto poderia ser levantado com as outorgas, que poderiam superar R$ 30 bilhões. Esse valor já despertou atenção da equipe econômica. Por isso, o Ministério de Minas e Energia admite rever a proposta de dividir igualmente entre Tesouro, Eletrobras e a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE, um fundo setorial) os recursos que seriam gerados com a venda dessas usinas.

 

Por pressão dos ministérios da Fazenda e do Planejamento, a maior parte dos recursos pode ir para o Tesouro. Com necessidade de aumentar a arrecadação diante da queda nas receitas, a equipe econômica defende que a maior parte dos recursos arrecadados com a venda das usinas fosse destinada às contas públicas. Mesmo assim, as propostas foram colocadas em consulta pública com a divisão em partes iguais, o que pode ser revisto. Para a Eletrobras não sair perdendo, posteriormente a estatal receberia recursos por meio de aumento de capital por parte da União.

 

A consulta pública ficará aberta até agosto. A intenção é levar as mudanças ao Congresso Nacional, por medida provisória ou projeto de lei, em setembro. E, pelos planos dos técnicos do governo, tudo estará em vigor em janeiro de 2018.

 

Fonte: O Globo

Amanhecer chuvoso em frente ao prédio da Eletrobras, no Centro do Rio (RJ)

Pedro Teixeira


Revista Colaborativa

O seu maior objetivo é diminuir as distâncias geográficas e de estilos de vidas para um caminho mais rápido ao alcance do conhecimento, divulgar ideias, movimentos, e ações através de uma nova mídia colaborativa na cidade, com informações de causa social, uma revista eletrônica que tem como público alvo internautas com médio e alto potencial ideológico e de consumo para interagir e desenvolver a sua própria subsistência em diversas esferas da comunidade para o bem comum.